História Indignada !!!! - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 25
Palavras 504
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Festa
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Não me acorda porra


Mano hoje tava tendo um sonho tão bom... chega ser engraçado o que eu sonhei e algumas partes meio nada a ver mas foi bom... 

Como tudo que é bom acaba, minha mãe se deu o trabalho de me acordar na melhor parte!!! Ai eu falei pra ela que tava tendo um sonho bom, daí ela perguntou o que eu sonhei e eu não respondi porque... né kkkkk.

Eu sonhei que tinha encontrado meu pai na porta da barraca vendendo cachaça, o que não faz sentido, meu pai morreu a 8 anos e ele nem bebia ou vendia bebida. Mas essa não é a parte boa

Passei por ele, dei um tchauzinho e fui chegando na casa da minha avó, beleza por enquanto.

Daí o casalzão mar bonitinho dali tava la ( minha prima e o namorado dela). Eles estavam conversando ai do nada saiu pra fora do portão da casa da minha tia  (a casa da minha vó e do lado da da minha tia) um oppa muito lindo Mano kkkkk. Falei poucas coisas com ele ai chegou outro, muito Branco e de cabelos laranja, ele era mais baixo do que o outro. Com esse eu falei bastante e viramos Frends.

Daí eu descobri que os dois eram gays e namorados, eles ficaram se pegando no quintal enquanto eu e meu primos ficávamos de vela.

O clima entre os dois estava quente e chegou uma hora que o de cabelo Preto começou a masturbar o de cabelos laranja por cima da calça  (Mano só penso merda kkkk).

Daí ficaram lá se pegando, a gente olhando, até que eles foram pra dentro da casa (sabe lá o que fizeram lá )

Sai pra fora e fui pra igreja tipo nada a ver, acho que o sonho achou que eu tinha que me purificar. Cheguei na igreja dobrei o joelho fiz a oraçãozinha e depois meti o pé com o culto rolando. Quando desci da igreja meus primos todos estavam sentados na calçada na frente da casa da minha tia. Ai a gente foi brincar de pique esconde e daí paramos um pouco pra descansar.

Ai a moça maconheira que mora lá do lado da casa da minha tia saiu de casa junto com uma outra Noia. Daí ela tava descendo a rua e falou pra um dos meus primos a frase "Daddy compra la cigarro pra mim" eu lembro perfeitamente, ela falou assim. 

Esse meu primo ficou muito confuso falando o que essa drogada ta pensando. Daí a gente ia começar a brincar de novo (tava de noite) daí eu tive a ideia de chamar o casal lindo da POHA!. Tava pensando como ia falar com eles, criei um diálogo na minha cabeça, eu ia pedir eles se poderia chamar eles de oppa. Tavares entrando e já tava ouvindo os gemidos kkkkkkk (preciso me purificar) ai quando eu abri a porta minha mãe me acordou.

Cara eu tô muito pistola. Eu queria ver o que os oppa tava fazendo mas minha mãe me acordou!!!! Aaaah nunca mais vou ter um sonho bom desse



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...