História Individualidade - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bottom!jungkook, Bottomnochu, Depressão, Jikook, Jimin, Jungkook, Menção Namjin, Menção Taeyoonseok, Mpreg, Top!jimin
Visualizações 276
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui está mais um capitulo, espero que gostem. Desculpe os erros, eu não tive tempo para revisar. E pra quem quiser tem um grupo, o link vai estar nas notas finais

Capítulo 14 - Capitulo 14


*Jimin*

Confesso que estava bem nervoso, em relação ao Sehun, o mesmo estava bem serio, mas ao mesmo tempo estava ‘feliz’. O sorriso que ele esboçava, era macabro e sombriu, eu conseguia sentir um leve calafrio ao olhar diretamente aos seus olhos. Seu olhar era penetrante, frio e também parecia que ele estava analizando cada um.

Fiquei pensando nisso bastante. O que ele quer falar para todos? Quando ele disse isso, eu tenho quase certeza que ele estava planejando algo muito serio contra Jungkook. Eu conseguia ver isso nitidamente em seus olhos enquanto o analizava minimamente. O mais estranho é que ele não tirava o sorriso da cara e a todo o momento olhava para sua mochila, que estava ao seu lado direito.

-Jimin, o que você tanto olha o Sehun? Tem algum problema? –Perguntou Jin controlando as ondas sonoras, para que somente eu e ele ouvisse. Percebi que ele não queria que os outros escutassem, nem mesmo Namjoom, o que me deixou um pouco surpreso, porém não questionei. Era melhor nimguém ouvir nossa conversa mesmo.

-Eu só estou preocupado com o que o Sehun disse sobre o ‘anuncio’. –Falei para o mesmo que novamente controlou as ondas sonoras para que nimguém ouvisse. Nem precisava me preocupar em olhar para Jin, era bem melhor assim, pois no caso poderiamos disfarçar, caso o professor nos pegasse conversando.

-Mas por que? Digo você notou alguma coisa diferente? –Perguntou olhando discretamente para Sehun que ainda tinha um sorriso nos labios, como se ele tivesse acabado de ganhar na loteria.

-Eu notei que ele não parava de sorrir desse modo estranho, um sorriso um tanto quanto sombrio, maldoso, eu onseguia sentir que ele estava com um sentimento de odio e remorso. E o que eu achei mais suspeito foi que quando ele terminou de falar que iria ‘anunciar’ alguma coisa na hora do intervalo, pude perceber o olhar dele no Kookie. Admito que eu até fiquei com um certo medo, por um curto periodo de tempo. –Falei para o mesmo que estava concentrado em cada palavra que dizia enquanto fuzilava Sehun com seu olhar. –Além do mais ele não para de sorrir e olhar a mochila que esta do seu lado, isso é um tanto esquisito, pelo menos eu acho. –Falei para o mesmo que assentiu em concordancia a minha fala.

-Tem razão, isso é muito estranho, é melhor ficarmos de olho nele. –Disse Jin encerrando o assunto ai.

 

(...)

Após finalmente o termino da terceira aula, chegou a hora que ‘todos’ esperaram. Eu pudia notar que Jungkook estava bem nervoso, já que suava frio e tremia como se estivesse no meio do atlantico sem roupa alguma. Suas mãos estavam tremendo e um pouco suadas, eu pudia ver nitidamente sua boca bater uma na outra, como se estivesse com muitissimo frio.

Notando que o mesmo já estava com dificuldade para respirar, por causa nervosismo, me aproximei ainda mais do mesmo e o abracei. No mesmo instante pude sentir suas pequenas mão segurarem minha blusa, como se estivesse procuran um refugio. Já me desesperando ao ver o estado do mesmo, o abracei ainda mais forte tentando lhe passar segurança.

-Esta tudo bem Kookie. Eu estou aqui, eu vou te proteger. –Falei afagando seus cabelos com calma, ouvindo o mesmo ronronar e esfregar sua cabeça contra a minha mão levemente.

-Obrigado Miniie. É que eu to com medo do que o Sehun pode fazer, ele já me machucou bastante, enquanto estava aqui. Me sinto desesperado. –Falou enquanto seus olhos marejavam. Eu podia ver com clareza e dor suas lagrimas se formarem nos olhos. Aquilo de certa forma doia o meu coração, pois eu sentia o mesmo apertar de um modo extremamente doloroso.

-Calma tá. Eu vou te proteger, custe o que custar, e não só eu, mas os meninos também. Você tem o Jin, o Namjoom, o Tae, o Suga, o Hobi e a mim. Você não está sozinho, pelo menos não mais. –Disse pára o mesmo e senti minha camisa ser apertada mais ainda, logo senti a mesmo molhando um pouco, também pude ouvir os soluços e as fungadas baixas e fofas que o mesmo dava. Seria bem fofo, se não fosse trágico.

-Obrigada por me passar mais confiança Jiminie-ah. Eu agradeço por tudo que esta me fazendo. –Falou baixo, corando e abaixando a cabeça, olhando diretamente para o chão de forma fofa, por estra extremamente envergonhado.

-Você é tão fofo bebê. –Disse para o mesmo. Só depois de zer que percebi o que eu havia dito, agora avez de ficar corado era minha, porém Jungkook já poderia fazer cosplay de tomate, de tão vermelho e fof  que o mesmo estava.

-B-be-b-beb-bebê? –Falou timido ainda mais corado, apesar do mesmo ainda estar de cabeça baixa, eu ainda conseguia ver o tom extremamente rubro nas bochechas de Jungkook.

-Sim, bebê. Meu lindo e fofo bebê. – Falei na intenção de deixar ele ainda mais corado que agora, coisa que eu achava bem dificil de acontecer, porém o mesmo estava tão rubro que suas orelhas estavam vermelhas também. Confesso que achei bem fofo, ele realmente parece e é um bebê na minha opnião. O meu bebê.

-Aigo, para com isso Jiminie hyung. –Falou o mesmo pondo suas pequenas mão no rosto, na intenção de cobrir o mesmo de mim, coisa que não funcionou, já que eu mesmo retirei as mãos do mesmo de seu belo rosto e ergui o queixo do mesmo, para que pudesse ver melhor o tom rubro em suas bochechas branquinhas, porém levemente rosadas anteriormente. Porém a mesmo já estava tão vermelha que parecia que ele entrar em combustão.

-Você é tão fofo, que da vontade de morder você todinho. –Falei, não de forma maliciosa, mas sim carinhosa. Eu realmente estou apaixonado por esse ser humano lindo e maravilhoso. Era tanta perfeição que acho que ele é um anjo,por que não pode ser.

-Para Hyung. Vamos logo para o refeitorio, os meninos devem estar  nos esperando. –Disse de forma timida e baixa. Muito fofo.

Nos dirigimos ao refeitorio com calma. Eu estava abraçando o Kookie, enquanto o mesmo tentava não demonstrar seu nervosismo.

-Finalmente chegou quem eu mais estava esperando. Jeon Jungkook. –Falou Sehun de forma debochada, enquanto nos via entrando no local. O mesmo estava com um sorriso sinico.

 

Estou com um pessimo pressentimento sobre isso. Mas se ele ousar fazer algumas coisa com o Kookei e vai engolir os proprios dentes, de tanto murro que darei no mesmo.


Notas Finais


Então é isso pessoas, espero que tenham gostado. <3

Link:
https://chat.whatsapp.com/CemJ8yEqd15LweI4f7Yqrc


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...