1. Spirit Fanfics >
  2. INDOMÁVEL - Klaroline >
  3. Hipótese...

História INDOMÁVEL - Klaroline - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Vorteiiii
Não vou nem comentar né
Acho que vcs vão gostar desse kKskks

Boa leitura

Capítulo 6 - Hipótese...


Depois do incrível acontecido, Caroline praticamente expulsou Klaus do próprio quarto, ela não Rio deixar acontecer de novo, queria muito, mas não ia deixar

Incrivelmente o tempo passou rápido, já passado quase um mês e meio da visita de elena e Damon, a relação deles estava melhorando gradativamente ignorando a tensão sexual entre eles que tinha vários picos durante a semana

A faculdade já havia voltado das férias do final de ano e por uma coincidência enorme, as aulas quase se encaixavam certinho, o estudos dele começavam 50 minutos antes que a dela, e a dela terminava 50 minutos depois, então eles ficavam se esperando assim podiam ir e vir com o mesmo carro ( pois só tinham aquele, que Damon havia dado para Klaus)

O tempo ia passando e a loira adoeceu, pegou um atestado da escola e até do trabalho que começou a pouco tempo

Klaus fazia de tudo para ela se sentir melhor pois se preocupava com ela e nutria um sentimento que tinha medo que não fosse reciproco, ele realmente gostava da loira que fingia fazer pouco caso dele, mas ele já sabia que ela sentia, nem que fosse uma gota de amor pelo loiro

Mas como não se apaixonar por uma loira daquela? Ela era simplesmente linda, todos seus traços reluziam uma beleza incandescente, ela emitia uma luz que, sinceramente, Klaus precisava

Caroline sabia que sentia uma paixão por Klaus, mas a loira teimosa iria negar até não querer mais, ela sentia que desde a primeira troca de olhares naquele avião algo começou mudar na vida dela

✴✴✴

Caroline estava deitada na sala com um pressentimento estranho, ela não estava bem, vômitos, dores de cabeça e inchaço nos pés já eram comuns

Mas estava com um pressentimento, como se algo diferente fosse acontecer, iria realmente mudar sua vida

Ela já sabia, lá no fundo, o que era, mas não queria de jeito nenhum acreditar naquele pressentimento tosco que ela havia imaginado

E então Klaus chegou do trabalho mais cedo que o habitual

Eram umas quatro e meia da tarde quando o loiro abriu a porta com dificuldade pois trazia varias sacolas de supermercado

-- Então, o que você trouxe para a doente da casa? – a loira já disse se sentando no sofa

-- Boa Tarde pra você também sweet, e já que perguntou, eu cheguei antes por que o meu chefe quis me dar dois dias de folga por que eu trabalhei ontem e antes de ontem até tarde – o loiro cumprimentou

-- vamos ao que interessa Klaus, o que você trouxe – ela respondeu drasticamente

-- Frutas, suco e uma barrinha de chocolate pra mim – a cinismo na cara dele era inevitável

-- pra você? Nem a pau, você não está doente – a loira praticamente gritou

-- então, como se diz? – ele provocou

-- me da logo isso Klaus – ele fazia sinal para que ele jogasse

-- acho que você não aprendeu ainda... – ele falou

-- Me joga logo que negocio, por favor? – ela disse ficando nervosa

-- agora ta melhor...

Ele disse jogando a barrinha de chocolate em direção da loira que pegou rapidamente

Ela lançou um sorriso para ele que retribuiu

Caroline ainda martelava uma ideia na sua cabeça, e tudo estava correndo bem para que aquela ideia estupida desse certo

Querem saber a hipótese?

Pois bem, Caroline estava com vômito principalmente de madrugada e de manhã, inchados nos pés, e um mal estar dos infernos

E pra completar a sinfonia

Sua menstruação estava atrasada

O que indica bem o que vocês estão pensando

Gravidez

Ela como não queria deixar nem uma hipótese passar, resolveu fazer a maior bobagem da sua vida, pedir para Klaus lhe comprar um teste de gravidez

✴✴✴

A tarde estava quase terminando quando ela realmente tomou coragem

-- o que você vai fazer agora? – ela perguntou enquanto ele estourava o resto de pipoca na panela

-- eu vou sentar ali no sofá e vou assistir o campeonato que vai passar agora, e nem vem com maus favorzinhos – ele respondei rapidamente

-- eu só preciso de mais um, mas é difícil dizer – ela começou a ficar com medo de se pronunciar

-- então como você quer me pedir algo se nem sabe pedir – ele estava ficando curioso

-- pedir eu sei, mas talvez você não saiba escutar... – ele começou a tremer pouco

-- ta vendo as minhas orelhas? – ele apontou para as mesmas

-- ta bom – Caroline respirou fundo e juntou toda a coragem que havia dentro de si – precisodeumtestedegravidez – ela falou tão rápido e baixinho que ele não ouviu

-- fala pela boca Caroline – ele insistiu

-- eu preciso de um teste de gravidez...


Notas Finais


Eaeee
Preparados?
Baby Klaroline vindo aeeee

Até a proximaaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...