1. Spirit Fanfics >
  2. INDOMÁVEL: Oscar Diaz >
  3. .XI. - Nós.

História INDOMÁVEL: Oscar Diaz - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


:):

Capítulo 11 - .XI. - Nós.


pov: Ariane

Depois de passar algumas horas ajudando meus pais a prepararem suas malas eu finalmente tinha um tempo livre, resolvi que iria mecher na parede do meu quarto e pinta-la de cinza e montar a prateleira que eu tinha comprado.

Quando eu estava quase terminando e coberta de tinta com o cabelo bagunçado escuto a campainha tocar, e para meu azar era o Oscar, ao me ver ele ri:

- Bela hora para aparecer Spooky - eu falo secando o suor que insistia em ficar ali na minha testa. - já que está aqui vem comigo preciso de ajuda.

Ele me olha com um sorriso sarcástico no rosto e me segue até o meu quarto:

- O que vamos fazer em? - ele diz malicioso.

- Não é nada do que você está pensando não, você vai me ajudar a montar minha prateleira. - depois escuto ele suspirar.

- Acha que eu sou seu empregado, Ariane? - ele fala.

- Claro que não, você é meu ajudante. - eu falo rindo.

 (...)

No final aquelas horas que ele passou me ajudando foram bem divertidas e acabamos por pintar todas as paredes do meu quarto de cinza e não apenas aquela que eu tinha começado.

Mas num momento ele chegou bem perto de mim me olhou e limpou alguma sujeira que eu tinha no rosto, então eu mergulhei meu dedo na tinta e passei no rosto dele:

- Quem você pensa que é? - ele diz rindo depois faz o mesmo.

Nos sujamos um pouco, mas depois terminamos tudo que tinha que ser feito, em algum momento ele pegou meu celular, desbloqueou a tela e entrou na minha galeria, e novamente para minha grande sorte ele viu um semi-nude que eu tinha tirado quando comprei uma lingerie:

- Olha só... - ele diz virando o celular para mim, eu estava muito distraída arrumando algumas coisas que não percebi ele mexendo no meu celular.

- Mas que merda Oscar! Não era para você ver isso! - eu falo tentando pegar o celular, eu era alta mas ele era mais ainda e estica sua mão. - Me devolve agora!

- Vai fazer o que?! - Ele diz aproximando seu rosto do meu.

- Isso! - eu falo dando um soco em sua barriga que o faz abaixar o braço.

Pego meu celular e saio correndo, como era de se esperar ele me alcança e me pega no colo e rindo me joga no sofá, por um momento ele fica parado me observando rir e continua lá até que eu paro de rir, ele se posiciona no meio de minhas pernas se inclina e me beija.


Notas Finais


espero que estajam gostando :):


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...