História (Inequações) Revisada - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões, Como Treinar o seu Dragão, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Valente
Personagens Anna, Astrid, Banguela, Bruxa, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Coelhão, Dente-de-Anzol, Elsa, Flynn Rider, Fúria da Noite, Gothel, Hans, Jack Frost, Jamie Bennett, Kristoff, Lorde Dingwall, Lorde MacGuffin, Lorde Macintosh, Mérida, Olaf, Pascal, Perna-de-Peixe, Rainha Elinor, Rapunzel, Rei Fergus, Sandman "Sandy", Soluço, Stoico, Valhallarama
Tags Flynnzel, Jelsa, Mericcup
Visualizações 22
Palavras 2.290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


NÃO POSTO CAP É
TOMA UM DE 2.000 PALAVRAS
booooooom

Tá parei
É o seguinte
Faltam 3 caps para acabar o block Mericcup então eu tenho que fazer caps grandes não me julguem
Eu gostei bastante desse cap tbm ,mesmo ele tendo demorado tanto
Olha o Hiccup não sabe que o Jack e a Meri são irmãos ainda por isso o que ele fez nesse capítulo
Só lendo pra saber
Rs

Capítulo 11 - Cupcake


∅Chapter 10-Cupcake


Hiccup


Os minutos que se passaram martelavam na minha cabeça como uma obra que atrapalha seu sono.

Porque eu me iludi tão fácil?

Aqueles olhos,depois de anos,assim de repente voltarem a aparecer.Era muita coincidência

Eu só não entendo como eu me entrego tanto pra ela,eu sou dela.Ela faz e fez o que quiser comigo.

Ela brinca com meus sentimentos sem nem saber.

Mas só ela faz isso.

Só ela

Não é muita surpresa ela estar com Jack.Aquele dia que ela fugiu com ele acabou comigo,Rapunzel me ajudou muito.Me fazia ficar feliz às vezes,Astrid só apareceu depois,não posso mentir ela me fez feliz,sim.Mas não como Merida me faz.

Astrid me fez esquecer meu romance com Mérida,mas quando ela me traiu foi como se minhas memórias voltassem.

Encontrar ela só piorou isso.

Por um instante eu achava que ia dar certo,que eu ia sentir ela de novo.

Mas parece que Jack não saiu da vida dela

Foi eu quem saiu.

Paguei o típico táxi amarelo de Nova York que me deixou em frente do meu apartamento.

Nova York parece não ter casas, puft.

Parei na porta do apartamento,parecia que fazia séculos que não entrava lá,a chave tinha um chaveiro de um dragão,peguei ela e já fui abrindo a porta,como se a Rainha estivesse me esperando do lado de dentro com uma boa dose de vinho pra escutar minhas reclamações.O cheiro do piso de madeira aumentou quando eu abri a porta,junto com ele,a poeira subiu.O Flynn não limpou mesmo isso aqui?

Percebi que a casa estava silenciosa e sem nenhum solo de guitarra tocando,o que significa que Flynn havia saído.Fui pra cozinha,vendo Banguela dormindo do lado de dentro do cantinho dele,abri o portão que separava a porta da lavanderia para a cozinha o que acabou acordando ele,os olhos verdes se abriram e foram até mim.Meu Deus meu gato é muito fofo

—Oi amigão!-Disse passando a mão no pelo negro dele,ouvindo um leve ronronar que significaria “Olá” se ele soubesse falar

Fui para meu quarto,minha mente relutava bastante para não me lembrar que dormia com Astrid ali mas relutava ainda mais para não se lembrar que Merida-e Jack-voltaram a me atormentar.Com todo esse fuzuê na minha cabeça eu acabava misturando as coisas.Um leve  perfume invadiu meu nariz.Esse cheiro é da Merida ou da Astrid?

Muitas pessoas acham fácil confundir as duas até porque a teimosia das duas é quase na mesma porcentagem.

Mas mesmo assim, é ridículo falarem que elas são iguais

Astrid não tem muito amor pela família dela,assim como eu ela não se entendia muito com o pai,eu lembro das brigas deles,lembro também do dia que ele a expulsou como se ela fosse algum tipo de praga.A partir daí,Astrid passou a se virar.Começou a se destacar na escola, nos esportes e até nos relacionamentos.Ela se esforçava tanto pra mostrar pro pai dela que ela era capaz que nem ao menos chorou no enterro dele.Era difícil de se ver como ela se fechava com isso.Depois que nos formamos,quando Merida me abandonou ela se mostrou uma verdadeira amiga,acabamos esquecendo dos outros problemas e começamos a namorar, Astrid liga tanto para honra,nunca imaginei que me trairia.

Já Merida,hum.Totalmente imprevisível e provocante.Ela não liga pra data,hora,ano.Completamente diferente de mim.Merida se dá muito bem com sua família,menos com sua mãe,mas ela nunca comentou sobre isso.Percebi quão Merida era diferente quando ela defendeu o conceito de liberdade tão bem e com tanto significado...Passou uma semana de detenção depois das respostas que dera ao professor,sem medo.

Merida é como um pássaro que você vê quando criança,que quando quebra a asa,você cuida  dele e passa a amá-lo até que,quando a asa se recuperar,ele voe para longe,Mérida é livre não posso amarrá-la

Vi o horário,já eram 20 horas,não podia faltar na festa da Heather às 22,minha colega de faculdade,mandei uma mensagem para Flynn dizendo que ia o encontrar lá mesmo,ele só respondeu com um emoji, típico.

~∅~


Consegui distinguir onde era a festa a uns 100 metros da casa da Heather,as luzes saiam da janela eram bem fortes assim como as batidas da música

É,parece que Nova York tem casas sim

Desci do carro,e arrumava minha jaqueta enquanto passava pelo jardim da frente da Heather,as pessoas sentadas na grama pareciam anões de jardim.

—Hiccup, oi!-Me virei ouvindo meu nome e dando de cara com Heather na porta da sua casa-Veio pra minha festa,que milagre!

—Ei,nunca faltei em nenhuma das suas festas…-falei,fingindo estar ofendido

—Milagre você ter saído,isso sim,agora vem,entra!A festa tá começando ainda,nem chegou muita gente-Ela disse enquanto escancarava a porta,as luzes eram mais fortes do lado de dentro,mas a música tocava de fundo,num tom mais baixo,vi de relance que um garoto que não parava de falar espanhol mexia no som,devia estar arrumando.Algumas pessoas já estavam na pista de dança,outras já ficavam no mini bar improvisado na cozinha dos Berserker

—Ei,e o seu irmão?O Dagur,como ele tá?-Me lembro do Dagur,ele me tratava como se eu fosse da família

—Ah,ele tá bem,tá ajudando na empresa sabe com é,ele chega depois-Percebi o tom de preocupação na voz da Heather,trazer Dagur de volta pra nós foi bem difícil.

—Vamos aproveitar a festa, então!

—Alguém disse aproveitar a festa?-Uma nova voz entrou,olhei para o lado, encontrando um moreno com um cavanhaque ridículo ,que chamo de melhor amigo

—Flynn,cara.Oi-Falei pausadamente até que ele me olhou

—Hiccup,é tu!Como que foi a viagem?Ficou do lado de uma mina gata no avião?Hum?-Tipico do Fynn

—Na verdade,fiquei sim-Falei com cachos ruivos invadindo minha memória

—Hum,acho que eu vou ver se alguém chegou-Heather disse se poupando do nosso papo

—Quem?Pegou o número da gata né?-Flynn parecia que não tinha nenhum problema falando assim

—Merida,lembra dela?Aquela que eu te contei-Vi seus olhos se transformarem em dois pratos em segundos

—Aquela Merida?A Merida do seu passado?A Merida que você não esquece e que fugiu com um tal de Jonh?

—Jack-Disse corrigindo-o

—Ele vai chamar Joseval agora

—Flynn,sabe.Parece que o mundo tá conspirando contra mim-Eu disse já fazendo do Flynn meu psicólogo particular

—Vocês podem tentar voltar e..

—Ela ainda tá com o Jack,Flynn.E ela ta linda..-Eu disse,com o tom de voz um pouco alto por causa da música que aumentara de novo

—Com o Joseval?Filho de uma..

—Cupcakes?-Heather apareceu que nem uma assombração com uma travessa de cupcakes enfeitados,recusei ainda recuperando o fôlego do susto.

—Mas ela não deve ser tão bonita assim-Flynn disse tentando usar a famosa técnica de rebaixar a ex,passei os olhos na multidão que já se formava na sala da Heather,mas uma coisa me chamava atenção

—Tipo,bonita, bonita ela não deve ser.Aposto que ela peida quando tá dormindo e…

Os cachos ruivos já se distinguiam dos outros,meus olhos pousaram nela,que usava um top preto com uma saia rodada preta,os dois com uma faixa branca na lateral e no cinto da saia.Me virei vendo que Flynn ainda falava

—Ninguém é 100% bonito e..

—Flynn,é ela ali-Eu disse apontando para a ruiva

Vixi Hiccup ,você tá ferrado



Merida

—E a minha surpresa Jack?-Eu disse o vendo se sentar entre mim e a Elsa com a panela do resto do sorvete caseiro que a Elsa fez de manhã

—Ah,pera tô ocupado-Ele disse com a colher na boca

—Muito ocupado,sei

—Esse sorvete tava aqui pra eu comer ué-Jack disse enfiando mais uma colher de sorvete na boca

—É,a louça também tá lá,especialmente pra você-Elsa disse,arqueando a sombrancelha

—Ok,vou mostrar-Jack se levantou,junto com Elsa e os dois foram para o meu quarto

—Hm,a surpresa tá aí?-Eu perguntei vendo os dois abrindo meu armário

—Sim,aqui,achei-Elsa pegou um conjunto lindo,e olha que eu não sou fã de moda.

—Esse conjunto é...Uau-Eu disse pegando a roupa do cabide aveludado

—Comprei para você,e soube que você tem uma festa pra ir…-Elsa disse depois que a abracei

Ah é

A festa

~∅~

Uma festa seria bom pra distrair um pouco minha cabeça,tenho que arrumar tudo e ajudar Jack com a viagem dele e da Elsa pra Moscou.

A música aumentava a cada degrau que eu subia do jardim de frente da Heather,uma amiga minha e do Jack.Ela é quase uma versão feminina do meu irmão,só faltou os cabelos brancos.

A vi, assim que entrei na casa,ela parecia animada enquanto oferecia cupcakes para os convidados

—Heather,oi!-A morena se virou com um belo sorriso no rosto

—Meri,você veio!E o Jack e a Elsie?-Neguei com a cabeça lembrando dos dois bobocas

—Não vieram,sabe como é,tão planejando a viagem

—Acho que você vai ganhar sobrinhos!-Demos risadas,até que sobrinhos não seria nada mal,Jaaack-Cupcake?-Ela me ofereceu e eu aceitei de bom grado,dei a primeira mordida vendo ela se afastar até perder ela de vista.

Meus olhos agora se voltavam pra festa em si,uma luz roxa enfeitava a casa,de dentro a fora,havia cartazes com os dizeres “Queen Heather’s Party” por todo o lugar,também tinha poche e cerveja,várias pessoas que eu não conhecia tentavam conversar com a música alta,fui até o menino,que deve ter uns 16 anos pedir pra abaixar o som,mas ele parecia mais perdido que eu

—Hm,oi?Tem como você abaixar um pouco o som, moço?-Ele me olhou,tinha olhos castanhos claros e cabelos escuros,parecia bem mais novo que eu ou do que qualquer pessoa na festa

—Hola,estou tentando arrumar el som,mas ele não para de cambiar sozinho!Soy Míguel Rivera a propósito,prazer senõrita…

—Merida-Continuei a fala dele,sem ter a menor ideia do que era “cambiar”-Quer ajuda para diminuir o som?

—Ah,sí,muchas gracias

~∅~

Me despedi de Miguel indo pra dentro da festa que parecia estar mais agitada do que antes,tinha muitas pessoas na pista,dançando uma música que eu acho que se chama “Sorry not Sorry”,mesmo assim, tinha um lado da festa menos agitado,o lado dos nerds como Jack diria,passei o olho em cada um imaginando as piadas preconceituosas que nós dois faríamos se ele estivesse aqui,até que reparo em um rapaz,alto,moreno,e até mesmo com a luz roxa impedindo a visão consegui ver os olhos verdes indiscutíveis dele

Eu iria para lá?

Falar com ele?

Uau,ele está tão bonito…

Espera…

Ele virou

Ai meu Deus ele me viu

Ele me viu olhando pra ele ainda,argh

Mas porque eu ainda tô olhando que nem uma jumenta?

—Merida!Ér.. oi

Me virei para Hiccup com o meu maior sorriso falso.

—Hiccup...oi,você por aqui-Seu sorriso aumentou o que fez minhas pernas bambearem

—Coincidência né?Nos encontramos duas vezes no mesmo dia-Agradeci mentalmente ao Míguel por ter conseguido abaixar o volume para eu ouvir a voz rouca dele de novo.

—Sim,conhece a Heather?Uau,isso é coincidência.

—Ah,sim,ela fez faculdade comigo,sabe como é. -Ele parecia meio confuso,notei a  longenck de cerveja na sua mão

—Bebendo,senhor Haddock?-Perguntei recebendo um olhar divertido de Hiccup

—Sim,ei você pegou minha garrafa!-Ele disse tentando pegar a garrafa de volta enquanto eu bebia.

—Tem bom gosto pra cervejas-Eu sussurrei ,como se falasse de um segredo,não sei porque estava fazendo isso,mas era interessante observar o Hiccup tão indefeso

—E para namoradas também-O olhei incrédula,ele nunca teria coragem de falar isso..antes.É, Merida ele mudou

—Concordo, Astrid era bem bonita-Disse entrando no jogo dele.

—É,ela era.Mas...eu prefiro ruivas,sabe-Senti sua respiração perto do meu pescoço quando ele sussurrou a última parte.Ele estava diferente

—Acho que já deu de cerveja para você-Disse tirando novamente a garrafa da mão dele-Quantas tomou?Deve ter tomado umas 3 pra ficar assim e…

—Essa foi a minha primeira,não estou bêbado senhorita Dunbroch,só estou falando a verdade.-Se a luz roxa não me fizesse abrir e fechar os olhos várias vezes,pensaria que estava dormindo.

—Ah...bem,érr-Eu me sentia indefesa,Hiccup estava mudado,mais confiante,o olhei quando ele começou a rir.

—Não posso flertar agora que você acha que estou bêbado?-Ele ria de novo, se eu não amasse tanto aquelas risadas eu estaria socando ele,na verdade acho que vou fazer mesmo isso-Ai,nem falei que a ruiva era você-Ele disse quando eu dei um soco (leve) no braço direito dele

—Quantas ruivas você já beijou ,Hiccup?-Eu perguntei,vendo seu rosto ganhar cor,ele parecia pensativo,demorou um pouco até responder

—Duas-Ele disse colocando as mãos atrás das costas

—Sua avó não vale-Ouvi um resmungo dele,parecia um menino de 14 anos de novo

—Então-Ele disse me virando de frente para ele-Só foi uma-Conseguia ouvir a respiração dele quando Hiccup me puxou para mais perto,meu coração pulava,gritava.Não sei como ele ainda não ouviu meus batimentos desesperados.Uma ideia veio na minha mente enquanto aqueles olhos verdes me encaravam,abri a boca ainda receosa,minhas pernas tremiam tanto que eu só esperava o baque com o chão quando eu caísse

—Hiccup...eu

Cupcake?-Heather apareceu e eu me afastei de Hiccup num salto,meus batimentos que já estavam acelerados viraram o Bolt de tão rápidos-Ah,Merida..e...Hiccup?Me desculpe,não sabia que vocês se conheciam tão...bem,hum...tchau

Olhei para a silhueta de Heather se afastando antes de voltar a minha posição inicial,Hiccup estava diferente,parecia bravo,talvez só foi o susto

—Como eu ia falando…

—Merida isso é errado-Ouvi ele dizer,ele estava falando sério?

—O que?

—Não quero que você se sinta tão incomodada por verem você comigo, aliás,isso seria ruim para o Jack não é?-Juraria que ele estava brincando se ele não estivesse tão sério

—Jack?-Perguntei lembrando do meu irmão-Ele é ciumento,mas isso não vai atrapalhar a gente-Hiccup parecia mais confuso que eu agora

—Merida,você tá se ouvindo?Eu acabei de sair de um relacionamento que eu fui traído e você quer trair o seu namorado comigo? Ótimo,parece que eu tenho um gosto peculiar para as namoradas mesmo.

          —Namorado?Que namorado?-A imagem do Eret se fez na minha mente,seguida de quando ele me traiu-Eu terminei com o Eret…

—Jackson Frost.Seu namorado

Segurei a risada depois que Hiccup me olhou sério,ele pensava que Jack era meu namorado?

—Esse é o problema?-O vi assentindo com a cabeça e depois bufar,não consegui resistir aquele Hiccup com ciúmes

Juntei meus lábios nos seus numa forma delicada,um beijo bem rápido já que Hiccup relutava um pouco

—Merida o que está fazendo acabei…

Shhhh-Tampei os lábios dele com meu dedo

Não consegui ver a reação dele depois que o beijei de novo,dessa vez ele não relutou

Não se afastou

Suspirei sentindo ele morder meu lábio inferior.Todo meu corpo se arrepiava como se eu tivesse levado um choque.Minhas mãos passeavam pelo cabelo dele,enquanto as dele apertavam minha cintura, diferente do nosso primeiro beijo,dessa vez o beijo foi delicado mas preciso,eu sabia que ele queira ele tanto quanto ele sabia que eu queria aquilo

Afastei somente para recuperar o ar,Hiccup ainda de olhos fechados estava ali na minha frente,tão perfeito quanto o pôr do sol que vimos quando ele me pediu em namoro

Porém de repente,ele abriu os olhos,parecia zangado,confuso.Insistia na minha mente que ele não continuasse com aqueles pensamentos

E com todo aquele barulho ao redor

Com toda aquela festa

Eu ouvi o que eu menos queria ouvir no momento

—Sai de perto de mim







































Notas Finais


Cara eu precisava colocar a Heather aí
Ela é uma personagem muito boa de spin-offs de Como Treinar o Seu Dragão
Alguém mais reparou na presença especial do Miguel Rivera de Viva?
Gente eu assisti esse filme ontem
Eu tava com medo de ser uma cópia de "Festa no céu" mas não é não
Pra quem não assistiu, assista,tu vai chorar rios
Agora vamos para o cap de hoje
Eu sei,eu sei
Hiccup tristonho de novo,todo filosófico,daí chega essa festa e ele faz o que?BEIJA A MÉRIDA
Na verdade foi ela quem beijou ele,mas blz
O seguinte é,ele não é bipolar gente
Mas como ele disse no começo do capítulo, ele se entrega muito fácil para a Mérida e por causa disso a relação deles deu errado,mas agora
Com nosso Hiccup crescidinho
Ele sabe ficar no controle,pq manas,quem ficava no controle antes era a Meri,ela quem mandava
Eu gosto de colocar na Mérida esse poder de sedução,não tô falando só de sedução sexual rapaziada,ela consegue que as pessoas façam o que ela quiser só falando com elas.E o Hiccup era uma dessas pessoas
Maaaaaaas parece que o jogo virou não é mexmo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...