História Inesperado Amor - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Huang Zitao "Z.Tao"
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Huang Zitao (Tao), Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Min-seok (Xiumin), Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Personagens Originais, Zhang Yixing (Lay)
Tags Kaihun, Mention!chanbaek, Mention!kaiho, Sekai
Visualizações 15
Palavras 1.853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


É, as coisas não estão nada fáceis para o Jongin... Vamos torcer para que Sehun possa perdoa - lo logo.

Boa leitura!

Capítulo 27 - Capítulo 27


Acordei com o som do celular tocando, na pressa nem olhei o nome no visor, tinha esperança de ser Sehun, mas não era ele, era a minha mãe, disse que estava ansiosa e não via a hora de que os filhos estivessem junto dela, conversamos um pouco, ela perguntou por Sehun, então eu desconversei, esperava que ela não tivesse desconfiado. Decidi ficar um pouco mais na cama, não tinha mesmo nada pra fazer. Quando levantei tomei um banho e fiz café. Liguei a tv para ver o que estava passando, acabei achando um filme sobre alienígenas, me lembrei de Sehun, ele gosta desse tipo de filme.

À noite Belinda me ligou perguntando se Sehun e eu não iriamos ao bar hoje, decidi lhe contar o que aconteceu - quando nós assumimos o namoro, Belinda não pareceu gostar muito e se afastou de mim, mas depois de um tempo voltou a conversar comigo normalmente - ela ficou tensa e preocupada com Minseok, que estava gostando de verdade de Selena, também lamentou pelo fim do meu namoro.

- Jongin é melhor você vir pra cá, para contarmos a verdade ao Minseok. – disse ela

- Tem certeza?                                              

- Tenho, precisamos desmascarar essa garota.

- Tá. – não estava muito animado, mas me ocorreu uma ideia, as coisas poderiam mudar - Belinda, você pode ligar para o Sehun?

- Claro. O que quer que eu diga? – ela se mostrou solicita

- Chama ele para ir ao bar, mas não fala que eu vou está lá.

- Ok, pode deixar. – encerramos a ligação

Um pouco mais de meia hora cheguei ao bar, olhei em volta pra vê se via algum rosto conhecido, estava meio cheio, era fim de semana, alguém tocou meu ombro, me virei dando de cara com Carly, nos cumprimentamos e fomos procurar nossos amigos. Chanyeol, Baekhyun, Minseok, Selena e Belinda já estavam sentados numa mesa, Belinda foi a primeira que se levantou para nos cumprimentar.

- Eu mal consigo olhar na cara dela. – abraçada a mim Belinda falou próximo do meu ouvido

- Calma. – pedi antes de me afastar

- Vocês agora estão andando juntos, Carly? – questionou Selena nos fuzilando com o olhar

- Não entendi. – disse a ruiva

- Você e o Jongin nunca chegaram juntos. – observou Selena nem fazendo mais questão de fingir

- Eu não sei onde quer chegar. – o clima começou a ficar tenso - O Jongin tinha acabado de chegar ao bar e eu cheguei logo em seguida.

- Por que o interesse Selena? – a provoquei, todos olharam para ela.

- Por nada, apenas pensei que Sehun não iria gostar de vê - lós chegarem juntos. – ela desconversou dando de ombros

- Falando no Hun, cadê ele? – Chanyeol perguntou pra mim

- Boa noite a todos! – disse um homem ao se aproximar da mesa, interrompendo no exato momento em que eu não tinha nada a falar.

- Boa noite. – respondemos em coro

- Não quero atrapalhar, mas vocês são da banda Citrus? – o homem sorriu - Desculpem nem me apresentei, sou Heechul, produtor musical.

- Somos sim. Sou Chanyeol, ela é a Carly, Belinda e Minseok, só está faltando o Sehun que ainda não chegou. – falou o mais alto enquanto apresentava os membros da banda

- O rapaz que toca violão e canta. – não foi uma pergunta

- Ele mesmo, mas como sabe? – sondou Belinda

- Bom, eu venho procurando por novos talentos, soube que uma banda se apresentava nesse bar todos os fins de semana, então resolvi vir conferir. Assisti a um show semana passada, gostei e aqui estou novamente. – Minseok pegou uma cadeira para Heechul sentar enquanto falava - Vocês são muito talentosos e o público adora. Já pensaram em seguir carreira?

- Já, nos conhecemos através da música e desde então tocamos juntos. – explicou Minseok depois de receber olhares aprovadores dos companheiros de banda

- E já pensaram em gravar cd?

- Isso seria incrível. – disse Carly animada

- Cada um de nós tem uma vida paralela, mas nosso sonho coletivo sempre foi à música. – Chanyeol sorriu

- Ótimo ouvir isso. Eu vou deixar meu cartão com vocês, podem me ligar para conversarmos melhor. – Heechul tirou um cartão do bolso e entregou ao mais alto

- Pode deixar, nós ligaremos.

- Bom show pra vocês! – desejou Heechul antes de se levantar e ir embora

- O que foi isso?! – falou Carly - Sério, alguém me belisca.

- Eu não estou acreditando. – disse Minseok não mesmo estado que ela

- Pois acreditem. Acho que nossas vidas estão prestes a ganhar um novo rumo. – sorriu Chanyeol

- Meu namorado é uma estrela da música. – brincou Baekhyun abraçando o mais alto e o beijando no rosto

- Isso merece um brinde. – falei erguendo o copo, todos fizeram o mesmo - Ao sucesso da banda.

De vez em quando eu olhava para a entrada do bar, será que Sehun não viria? Belinda queria contar logo a verdade para Minseok, mas Selena não desgrudava dele e ficava lançando olhares furtivos pra mim. Em vinte minutos não tivemos chance e eles já tinham sido anunciados no palco, teriam alguns minutos para se prepararem na checagem de som, quando Belinda levantou me puxou junto pelo pulso, olhei pra ela, que assentiu.

Seguimos Minseok, quando percebemos está fora do alcance de visão de Selena - o lugar cheio ajudou – Belinda o puxou pelo braço e fomos os três para um canto, ela começou contando e eu completei. O rapaz aparentemente estava calmo, às vezes interrompia com alguma pergunta ao final ele pareceu pensativo e foi em direção ao palco, logo sendo seguido por Belinda. Fiquei preocupado com ele, de repente saber que a namorada não valia nada, Minseok é uma boa pessoa, não merecia isso. Voltei para a mesa, Selena tinha sentado na cadeira ao lado da minha, respirei fundo antes de me aproximar.

- Espero que não se importe de eu sentar aqui, daqui dá pra ver melhor. – ela justificou se fazendo de inocente

- Tudo bem. Fique a vontade. – me sentei perto de Baekhyun do outro lado da mesa, longe dela.

- Está tudo bem Jongin? - perguntou ele em um tom de voz baixo

- Sim.

O show começou - e nada de Sehun aparecer - as pessoas se acomodaram como puderam pra curtir, muita gente ficou em pé. Após a quinta música ao invés de marcar o tempo com as baquetas Minseok desistiu e se levantou seus companheiros olhavam para ele sem entender nada, ele veio para frente e pegou o microfone da mão de Belinda.

- Pessoal quero aproveitar essa noite linda pra apresenta - lós a uma pessoa especial, Selena. – ele apontou na direção da namorada, que se levantou hesitante e sorriu - Por que não vem até aqui amor. – Minseok esperou paciente por ela até subir no palco, todos aplaudiram pensando em se tratar de uma declaração de amor - Vejam como ela é bonita, também me encantei com ela. A vida é tão engraçada, te apresenta pessoas em determinados momentos, você se ilude até que quebra a cara. Foi o que aconteceu, descobri que Selena não vale nada, que por trás dessa forma angelical se esconde uma serpente venenosa.

- Por que está falando assim comigo? – Selena olhou pra ele assustada

- Para de fingir. Eu já sei quem você é, sei que se aproximou de mim por causa do Jongin. – ele alterou sua voz a encarando - E você não tava mais nem se dando ao trabalho de esconder isso, todos perceberam seu ataque de ciúmes meia hora atrás. Eu tô terminando com você, não quero mais te ver de jeito nenhum, não se aproxime de nenhum dos meus amigos, se não você vai se vê comigo.

Selena olhou em volta aflita, parecia não saber o que fazer, derramou algumas lágrimas, Minseok já tinha abaixado o microfone, então não deu para ouvir o que falaram na sequencia, mas a deixou furiosa, ela desceu do palco e andou em direção à saída, empurrando a todos os que via a sua frente, só parou quando viu Sehun próximo a entrada, o empurrou antes de sair. Sehun me viu, por um instante fiquei sem reação, ele logo saiu do bar também, fui atrás tendo que vencer alguns obstáculos pelo caminho. O vi quase virando a esquina e corri para alcança - lo.

- Sehun precisamos conversar. – falei ao me aproximar, ele continuou andando como se não tivesse me visto nem ouvido, o acompanhei - Não pode me ignorar pra sempre. – Sehun parou e virou - se pra mim - Viu o que aconteceu a Selena?

- Infelizmente vi, e achei lamentável se quer saber.

- Está defendendo ela? – franzi a testa

- Não, mas humilhação pública já é demais pra qualquer um.

- Agora todos já sabem quem ela é, contei ao Minseok o tipo de gente que ele estava se relacionando.

- Então fez isso de caso pensado. – a ficha de Sehun caiu, tudo o que eu dizia só piorava ainda mais as coisas para o seu lado - A ligação da Belinda foi armação, não foi?

- Não vou mais mentir pra você. Eu pedi para ela ligar sim, mas o resto não tenho nada haver. Só contei a verdade ao Minseok, não sabia o que ele planejava fazer. – confessei

- O que ele falou sobre a Selena querer se aproximar de você, é verdade? – Sehun hesitou antes de perguntar

- É. Descobri que ela tinha interesse em mim desde a época em que eu estava com Junmyeon.

- Aconteceu alguma coisa entre vocês?

- Não. Eu só soube dessa obsessão dela há dois dias atrás. – Sehun ficou pensativo e decidiu ir embora

Pra minha surpresa, não que eu esperasse que tudo ia ficar bem e nos beijaríamos como num final feliz, mas fiquei frustrado, ele defendeu até Selena, mas eu não. Dizem que na vida colhemos o que plantamos, ela recebeu o que merecia, quanto a mim talvez tivesse me enganado e plantado coisas ruins... Fiquei o observando partir, Sehun entrou no seu carro que estava estacionado quase na metade da rua e deu partida, com ele se foi minha esperança e o meu coração.

Fiquei em dúvida se voltava pra casa ou para o bar, lá devia está um caos, mas Minseok iria precisar dos amigos nesse momento, então resolvi voltar. O show não foi cancelado, três dos membros da banda estavam se apresentando no palco normalmente enquanto Minseok estava na mesa sendo consolado por Baekhyun, me aproximei deles.

- Desculpa ter te colocado no meio daquilo, falado seu nome na frente de todos. – ele pediu assim que me viu sentar do seu lado

- Não precisa pedir desculpas nem se preocupar. – coloquei a mão no ombro dele - Estaremos aqui com você.

- Valeu gente. – Minseok nos agradeceu e se dirigiu a mim - Onde está o Hun?

- Ele veio, mas já foi embora. – informei com certa lamentação

- Aconteceu alguma coisa? – preocupou - se ele

- Aconteceu, mas não quero falar sobre isso agora nem é o momento. – desviei um pouco o olhar - Você entende?

- Sim. – Minseok assentiu - Sinto muito.


Notas Finais


Assistam aos vídeos do EXO!
Link "Dancing King": https://www.youtube.com/watch?v=4EiNsoTc9kk
Link "Power": https://www.youtube.com/watch?v=sGRv8ZBLuW0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...