1. Spirit Fanfics >
  2. Inevitable >
  3. O fingimento já pode acabar!

História Inevitable - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Ola, capitulo daqueles em. Como faltam poucos capítulos para o fim da maratona, vou postar dois hoje e mais dois amanhã. Espero que gostem e boa leitura❤

Capítulo 23 - O fingimento já pode acabar!


Hoje decidi passar o dinheiro inteiro em casa, precisava acompanhar os passos da Lúcia e do meu pai de perto e para aproveitar marquei um jantar com nossa querida família dizendo que tinha notícias maravilhosas mas tudo não passa de um plano para desmascarar eles dois. Temos todas as provas possíveis para acusar eles, então hora da juíza aqui entra em ação.

Ligação on:

- Sn Álvares

- Senhorita desculpa ligar mas sua irmã entrou em uma briga e tivemos que entrar em contato com você

- Tudo bem, onde ela está agora?

- Na minha sala junto ao colega Davi Cólon

- Estou indo agora para aí

- Ok, desculpe mas uma vez

- Não se preocupe, até mais!

Ligação off

No colégio:

- Sou Sn Álvares

- Senhorita Álvares me acompanhe

- Obrigada

- Sn que bom que chegou- Duda

- O que aconteceu?

- Nada demais, eu só dei um soco na cara da menina

- E isso é nada demais Duda?

- Sim, ela veio falar merda comigo. Merecia muito mais que um soco

- O que ela falou com você?

- Éeeee

- Duda diga!!!- Davi

- Não me pressione

- Davi, querido pode sair por favor. Quero conversar com ela a sós

- Tudo bem

- Agora me fala o que foi

- Ela falou que ninguém da minha família me desejava e que eu logo seria abandonada novamente. Seria jogada na rua e morreria sozinha, ninguém nunca iria me querer

- Aí irmã, claro que isso não é verdade

- Claro que é Sn, o Maurício me odeia, a Celeste só me adotou por pena e vocês me escondem as coisas ou acham que eu não percebi que andam com tantos segredos? Isso me doi sabia, me sinto descolocada mais uma vez

- Duda olha para mim, eu sou tua irmã e eu te amo. A nossa mãe te ama e tudo que fazemos é para te proteger, sei que já é madura e sabe se cuidar mas para mim sempre vai ser minha princesinha que precisa de cuidados e eu nunca te abandonaria jamais entendeu?

- Sim

- Confia em mim?

- Sempre

- Então não insista nessa história e me deixa te proteger

- Ok, tudo bem mas prometa que logo vai me contar a verdade

- Prometo minha menina!!!!

- Não me trate comi uma criança

- Hahahaha para mim você sempre vai ser um bebêzinha como a Clara é

- Já sou uma mulher

- Humm, já rolou?

- Rolou o que?

- Você sabe Duda

- Sn!!

- O que? Eu quero saber

- Não!!! Mas quase

- O que acontece?

- Sinto medo

- De doer?

- Não, de não ser boa o suficiente

- Pensava exatamente igual a você hahahaha, e para te falar a verdade o Erick teve que esperar muito

- Sua primeira vez foi com o Erick?

- Sim, Erick foi o único homem na minha vida e quando aconteceu minha primeira vez me senti segura com ele. Conversamos muito e ele foi o melhor possível comigo e diga-se de passagem foi maravilhoso, então converse com o Davi e decidam juntos

- Vou fazer isso e um dia quero detalhes da sua primeira vez em

- Um dia irmã, um dia! Vamos agora, seu namorado deve tá uma pilha de nervos la fora

- Hahahaha com certeza

- Tá tudo bem?

- Tudo ótimo, vamos vou levar vocês para casa e aproveitar e visitar seu tio, Davi

- Sei seu tipo de visita

- Duda!!

- O que? Eu só tô falando hahaha

- Isso não vale em

- Só tô usando as mesmas armas irmã

- Do que estão falando?- Davi

- Nada não hahahaha

Já a noite:

- Bom, vejo que hoje teremos um jantar em família- Lúcia

- Será um jantar maravilhoso titia, para celar a paz da família Álvares

- Que bom, mas a paz só será celada quando você largar o Cólon

- Isso nunca vai acontecer pai, estamos pensando até em nos casar acredita tia Lúcia?

- Que coisa boa minha sobrinha mas acha apressado demais

- Não, já esperamos demais e temos até filhos juntos. Então está mais que na hora

- Matteo não é seu filho Sn

- De sangue não pai, mas de coração sim. O amo como meu filho, como se eu mesma tivesse o gerado

- Filhos são importante Maurício, deixe a Sn em paz

- É pai, me deixa criar meus filhos em paz

- Se pelo menos fosse de outro pai e como tem tanta certeza que o Cólon é pai deste garoto

- Pelo exame de DNA isso foi provado né papai

- A Mara pode ter falsificado

- A Mara ou você em pai?

- Do que tá falando? Ficou maluca?

- Deu já né, o fingimento já pode acabar. Sei que você mandou falsificar o exame de DNA, sei que você é o pai do Matteo e que é casado duas vezes

- Você enlouqueceu Sn?

- Nunca estive tão sã, sabe que é crime não sabe? Você pode ser preso, imagine o grande Maurício Álvares preso que escândalo

- Quem te disse isto, aquele bastardo está colocando coisas em sua cabeça né?

- CHEGA, NÃO OUSE FALAR DO ERICK ENTENDEU E VOCÊ EM LÚCIA? Deve isso de filhos e abandonou as duas filhas que teve, as coitadas podem estar por aí sofrendo sem ninguém

- Não estão não, estão muito bem e bem ricas. Uma logo vai para faculdade e a outra é juíza acredita?

- O que?

- Sei que você não é burra e já entendeu Sn

- Lúcia não!

- Sim, minhas filhas estão ótimas e bem aqui na minha frente!


Notas Finais


Por essa ninguém esperava!!! Até mais!!! 7/10


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...