1. Spirit Fanfics >
  2. Inevitably (BEAUANY) >
  3. Pressentimentos

História Inevitably (BEAUANY) - Capítulo 58


Escrita por:


Notas do Autor


Volteiiii minha gente, como o prometido.

Não vou me prolongar então boa leitura viu😘

Hoje só tem pov #Deles

Ps= SOMOS 190 FAVORITOS GENTEEEEE E O SURTOOOO VEEEEMMM

( Erii, menina... Acredita que eu fui ver que tu atualizou TS agora? Oxi.)

Capítulo 58 - Pressentimentos


Fanfic / Fanfiction Inevitably (BEAUANY) - Capítulo 58 - Pressentimentos

Pov Noah Urrea:

* Los Angeles, dia seguinte *

 

- como eu sou um ótimo chefe, vou dar um extra.- os dois me olharam com tédio e eu sorri com todos os dentes

Lamar- trabalhamos que nem um condenado, é o mínimo.

Sabina- falou tudo priminho.- pegaram seus salários e eu me joguei no sofá, sem nada para fazer

- já pensaram que Harry Styles tem uma voz dos anjos?

Lamar- não. Sou mil vezes Zayn Malik.- arregalei os olhos ao ouvir uma bobeira dessas, já basta a Joalin, agora ele? Que traição é essa?

Sabina- pronto, agora o poodle vai virar um cachorro de verdade..

- a sua sorte é que eu não to afim de pegar meu caderno e falar para você os 156 motivos que fazem Harry Styles o melhor de todos.

Lamar- você não escreveu, escreveu?

- tá duvidando? Ontem mesmo eu mostrei para minha filha!

Sabina- aposto que ela durmiu.

- ela não dormiu, só disse que tava cansada.- resmunguei e eles riram, mas depois pararam

Recebi uma mensagem e me levantei rapidamente.

Lamar- Aonde vai?

- meu mozão me mandou mensagem.-peguei minha carteira, porque sempre esquecia essa merda e a culpa é da Sina que fica falando que isso é coisa de velho

Ela não sabe de nada.

Sabina- a Sina?- entortei o nariz

- não. O Josh!- eles fizeram um coro de "ahh" e eu rolei os olhos

Lamar- pensei que eu fosse seu mozão, traíra!

- o Josh prefere o Harry também, você que é o traíra! Bye bye babys.- mandei dois beijos e sai do meu bar, trombando sem querer com uma pessoa na entrada

- Mel?- segurei ela, surpreso

Mélanie- oi, preciso beber.- ok, entendi= briguei com Diarra, de novo.

Essas duas são mais enroladas que eu era antigamente para sair da cama de uma garota no dia seguinte.

Isso foi um péssimo exemplo.

- vê se não exagera cacheada.- baguncei seu cabelo me despedindo e fui até meu carro, dando partida.

Nesse meio tempo Nour me ligou e eu atendi, quase perdendo o controle do carro como sempre.

- fala.- coloquei as mãos no volante novamente, desviando do carro

Nour- ainda tá brabo comigo?

- eu não estou brabo.

Nour- Noah...

- se Josh já te perdoou, não tem porque eu ficar brabo. Só acho que você não pode descontar sua raiva nas pessoas. Eu também estava com raiva, eu também queria explodir por não ter o bem mais precioso da minha vida comigo, mas em nenhum momento eu pensei em xingar alguém, porque todos que estavam ali estavam preocupados com a nossa filha.- quando eu falo de assuntos sentimentais, é impressionante como Shakespere simplesmente brota na minha boca

Nour- eu só queria voltar no tempo

- não foi sua culpa, isso uma hora iria acontecer.

Nour- fala do sequestro dela?

- o passado sempre volta, não dá para tampar o sol com a peneira.- respondi acelerando um pouco mais

Nour- tá falando sobre a Any ou o fato de que seus pais ainda não sabem que você é pai?

- também.

Nour- Noah! Você tem que contar!

- olha, você não conhece a minha mãe. Ela é meia preconceituosa e antiquada, iria querer que eu me case com você ou pior.

Nour- credo.- fiz uma careta.

Eu seria um ótimo marido okay?

- pois é. Cadê minha camundongo?

Nour- achei que Sina tinha conseguido te convencer que chamar nossa filha assim é ofensivo.

- não é! É fofo sua invejosa!

Nour- invejosa?- riu alto

- você tem inveja porque eu tenho os melhores apelidos e porque minha filha é mais parecida comigo do que você. Beijinho no ombro.

Nour- você é um brasileiro perdido.

- obrigado.

Nour- Miley tá dormindo depois de ficar o dia todo brincando com o Yian.

- quem é esse?- manobrei o carro

Nour- sobrinho do Jaden.

- a Willow já é mãe? Não vi isso nos sites de fofoc..

Nour- não Noah, o irmão dele por parte de mãe tem um filho mais velho e ele tem um filho.- agora faz sentido.

- escuta, Sina tá me ligando então eu vou desligar feiosa.

Nour- me respeita que eu sou a mãe da sua filha!

- lindona?

Nour-

.- rimos juntos

Era incrível a conexão da Miley e da Sina.

Elas tinham uma coisa tão maternal, que eu ficava olhando as duas interagindo por horas igual um idiota.

- sinto cheiro de ciúmes hein

Nour- vai te fuder.- desligou na minha cara e eu ri, atendendo o ligação

- fala amor.-estacionei na frente da empresa do Josh e sai do carro, pegando meu celular

Heyoon- não é a Sina, Noah.- parei de andar ao ouvir isso

- Yoon? Tá tudo bem?- perguntei já preocupado com a minha loirinha

Heyoon- a Sina desmaiou e como ela tava comigo, eu trouxe ela para o hospital.

- o que?? Ela desmaiou?- peguei minha chave antes que o manobrista pegue

Heyoon- calma, ela tá bem.- soltei o ar, aliviado

- porque ela desmaiou? Vocês já sabem?

Heyoon- é melhor você vir aqui.

- você conseguiu me deixar nervoso anã dos infernos!- baguncei meu cabelo realmente nervoso com isso

Heyoon- fica calmo, não é ruim.

- e ela desmaiou porque respirou?- debochei

Heyoon- vai começar com o deboche Noah Jacob Urrea?- engoli seco, quando ela me chamava assim o negócio fodia para o meu lado

Eu sei que não devia ter medo de uma pessoa que nem um metro completo tem direito, mas a Heyoon me assusta num grau absurdo.

- eu tô indo aí. Deixa só eu avisar o Josh antes.- desliguei o celular e entrei na empresa rápido, já vendo ele na entrada

- e aí cara.- abracei ele, ignorando uma senhora nos olhando torto

Oxi, ele é meu marido sim, aceita e engole teu preconceito.

Josh- eu vou viajar.- franzi o cenho e soltei ele

- pra onde?- o mesmo tava com olheiras no rosto e o cabelo todo bagunçado, mas mesmo assim continuava o meu mozão, Any que lute.

Saudade dela cara...

Josh- Reino Unido.- colocou as mãos no bolso

- porque?- tinha algo a ver com a Shawty, tenho certeza

Josh- eu tive uma ideia e falei com o Bailey, que falou com o pai dele, então estamos indo pra lá agora.- só agora eu notei uma pequena mala com ele

- mas.. Você já comprou as passagens assim do..

Josh- vamos no meu avião particular.- deu de ombros

- pisa menos cara.

Josh- eu te chamei aqui para perguntar se você vai junto comigo.

- claro cara, jamais vou te deixar na mão. Eu só preciso passar no hospital antes.- saímos da sua empresa

Josh- hospital? Porque?- parou na minha frente, me olhando sério como se soubesse que foi com sua irmã

Conto ou não conto?

- ahh a Yoon...

Josh- não mente para mim.

- Sina desmaiou.- só depois que eu fui me ligar do que eu falei

Sou muito dado, credo.

Josh- como?- ficou preocupado

- mas a Yoon disse que ela já está bem e que não é para se preocupar.- tentei tranquilizar ele

Josh- minha irmã não desmaia do nada. Agente passa lá. Ta de carro?

- tô. Mas espera, não vai atrasar...

Josh- o avião é meu, quem decidi a hora que eu vou ir, sou eu.- entramos no meu carro e eu larguei correndo

- voltou o mesmo Josh arrogante de antigamente?

Josh- não acordei bem essa manhã. Algo está acontecendo.- abriu a janela do carro nervosinho como sempre

- sabe que a chance de você sentir que ela está mau é quase nula não é?- eu achava bonito isso, mas era estranho

Da onde se viu sentir que a pessoa está mau sendo que está longe dela?

Josh- eu não sei o que é, mas ela não tá bem. Eu sinto isso e preciso achar ela.- me ignorou legal agora

- não sabemos aonde ela está.

Josh- Joe deve saber e é por isso que eu estou indo atrás dele.

- quem?

Josh- o pai dela.- arregalei meus lindos olhos verdes agora

- COMÉQUIÉ???

Josh- não grita.

- o cara é barra pesada! Cê tá ficando louco cara? Quer morrer filho de uma égua?

Josh- que?

- nada não. Amo sua mãe.

Josh- a polícia é inútil, ele é minha última opção.

- ele não tá nem aí pra Any cara, com certeza vai cobrar alguma coisa em troca, se nos ajudar! E se quiser que você de toda a sua grana pra ele??

Josh- então eu vou dar.

- mas e se... E se ele quiser sua vida em troca tipo a Joia da Alma? Uma alma por uma alma?- devo dizer que eu chorei no cinema nessa parte?

Josh- então eu me mato.- sua resposta não me surpreendeu

- eu já perdi pessoas demais cara. Não posso perder você também.

Josh- e eu não posso perder ela.- o resto do caminho foi estranhamente em silêncio.

Eu queria puxar papo com ele, mas Josh estava preso no próprio mundo dele e de alguma forma isso me machucava.

Ele passou 25 anos da vida dele sendo sério, introvertido e arrogante, aí quando conheceu a Shawty ele virou o oposto de tudo isso, era comum ouvir ele rindo e alegre.

E agora que ela não está aqui, ele voltou a ser o mesmo Josh.

Sério, introvertido e arrogante.

Assim que chegamos no hospital eu já fui até a minha loira.

XxX- senhor calma, não pode ir aí!- uma garota me segurou

- sabe quem eu sou? Eu sou o melhor amigo da Heyoon Jeong! Cadê aquela anã infernal?- coloquei minha mão na cintura encabulado, Krys estaria tão orgulhoso de mim agora!

XxX- Ãnn..

Heyoon- tá tudo bem, Julie. Eu assumo daqui.- ela confirmou com a cabeça e se foi

- obrigado viu!- acenei para a garota e ela me olhou estranho, me fazendo abaixar a mão e tirar o sorriso do rosto

Josh- como tá a minha irmã?

Heyoon- meu deus Josh, você tá horrível!- foi até ele preocupada como sempre, ela se preocupa até com o ar que todo mundo respira

Josh- não foi isso que eu te perguntei, Heyoon.- tirou as mãos dela do seu rosto e eu aproveitei que eles estavam de papo e fui até as escadas, procurando o quarto da minha loirinha.

Fiquei meia hora procurando ela e quando vi, faltava dois quartos no sétimo andar, bem pouquinho.

Respirei fundo cansado e abri a porta, fechando em seguida ao ver duas pessoas trepando em cima da cama.

XxX- que merda! Cê tá maluco?!

- eu não queria ãn..- fui até o outro quarto e entrei rapidamente, ficando aliviado ao ver ela no quarto

Sina- Noah?- me olhou surpresa e eu tranquei a porta só por precaução

- o que você tem baby?- me aproximei da sua cama preocupado

Sina- eu tô bem.- abriu um sorriso e eu admirei ela sem maquiagem

- você é tão linda sabia?- tirei seu cabelo do rosto, ela tinha cortado e agora batia um pouco à cima do ombro, deixava ela tão... Maternal.

Sina- o que?- soltou um riso, provavelmente da minha aleatoriedade

- eu poderia ficar horas te olhando e eu não iria cansar. Sou apaixonado nas suas perfeições e nos seus defeitos. Baby, você tem noção do quanto você é gostosa? De todas as mulheres do mundo, você é a única que eu escolheria sem pensar duas vezes antes do Harry Styles. Tirando a minha camundongo.- ela riu, mesmo eu falando sério

Sina- porque tudo isso? Tá romântico porque?- me deitei do seu lado nem aí para o espaço e olhei todo seu rosto, eu era muito xonado nessa garota.

- em uma hora eu posso me deitar com você.- segurei sua mão delicada, sentindo aquele mesmo choque que sentia toda manhã

- ... E na outra eu posso acordar e você pode não estar do meu lado.- deixei um beijo na sua bochecha realmente com medo de algo acontecer com ela enquanto eu estiver fora

Perder a Shawty já está doendo, nem consigo imaginar perder ela.

Sina- é mais provável eu acordar e não te ver na cama, igual da última vez que eu te encontrei as cinco horas da manhã no meio da sala cantando Falling.- rimos juntos, cúmplices.

- quer casar comigo?- disse a primeiro coisa que eu pensei e ela parou de rir

Sina- o que?

- tô brincando.- ela soltou o ar aliviada e eu ri

Sina- idiota.- me empurrou de leve

- Eu sei que você desistiu de muita coisa por mim e eu mudei por você e pela minha filha. Você é a mulher que eu escolhi para passar o resto da minha vida Sina Beauchamp. Futura Urrea.- pisquei um olho e ela riu alto, me fazendo beijar seus lábios doces sem pensar duas vezes.

Sina- Noah...- separou nossos lábios com aquele sorriso

- o que foi baby?- brinquei com o seu cabelo

Sina- eu não sei bem como isso foi acontecer, mas a verdade é que eu..

Heyoon- Noah!- bateu na porta e eu me levantei rapidamente

- calma aí anã! Você o que?- olhei Sina novamente

Sina- eu tô grávida, Noah.- pisquei meus olhos duas vezes, tentando aceitar o que ela falou.

Minha mãe sempre disse que eu não ouvia direito porque eu ouvi a música muito alto, então talvez eu não tenha ouvido direito.. Não, ela tá me olhando com aquela carinha de quem tá falando sério.

- ah, que legal.- soltei um riso colocando as mãos na cintura, sentindo tudo rodar

Sina- legal? Só isso?- é impressão minha ou tinha duas Sina's na cama?

- é.- abri um sorriso nervoso sentindo meus olhos arderem, aih porra

Sina- você tá bem? Você tá pálido.- se levantou da cama e venho na minha direção

- eu tô ótimo. Eu vou ser pai.. De novo. Josh vai amar saber que eu... Engravidei a irmã dele.

Sina- Noah, você não vai desmaiar né?- me segurou e eu ri, não aguentando mais as lágrimas

-e eu lá sou homem de desmaiar? Sina meu amor, me segura!

Sina- NOAH!!

 

Pov Josh Beauchamp:

 

- ele tá bem?- me aproximei da Heyoon, vendo o idiota do Noah deitado na sala dela

Heyoon- tá, só desmaiou e caiu em cima da Sina.- respondeu fazendo uma careta

- o que ela teve para desmaiar assim?- perguntei o que ninguém ali queria me dizer

Heyoon- ãn.. Eu acho que não cabe a mim dizer isso.- sorriu e eu entendi tudo, ficando um pouco nervoso

- ok. Fala para o Noah que eu tô indo.- não tinha tempo para esperar a madame acordar

Heyoon- aonde vai?

- viagem de negócios.- fui até o quarto da minha irmã e vi ela sentada na cama, lendo seu livro.

Sina- você vai viajar assim do nada?- levantou a cabeça e me olhou, séria

- não preciso dos seus conselhos. Só vim aqui me despedir.- beijei sua testa

Sina- Josh... Não faz besteira por favor.- segurou meu pulso

- tá querendo dizer o que com isso?

Sina- você não tá bem, da para ver isso de longe. E você tá.. Tenso e estressado. Não sei aonde você vai, mas não perca a paciência.- concordei com a cabeça e me soltei dela

- fica bem. E depois, agente resolve isso.-me virei pronto para ir

Sina- resolver o que?- me virei e olhei ela sério, isso era um negócio que agora eu não tenho tempo para resolver

- o Noah tem que aprender a deixar dentro da calça de vez enquando.

Sina- como você sabe?- corou nervosa

- quando eu voltar, diga para o idiota do seu namorado que nós temos assuntos pendentes.- sai do seu quarto, descendo as escadas sem paciência para elevador e indo embora do hospital.

- eu chamei só você, não a tropa toda. Vaza.- abri a porta da frente e Sabina me olhou feio

Sabina- grosso!- saiu do banco da frente e eu me sentei, precisava comprar meu carro urgentemente

Diarra- eu tive que passar no bar do Noah e encontrei com a Mel e nos resolvemos, aí você me ligou com essa idéia maluca e eu vim atrás de você junto com a Sabina, minha namorada e o Lamar.

Lamar- e aí cara.

- e aí.- batemos nossas mãos e minha irmã correu com o carro, para o meu alívio

Sabina- sabe que você vai morrer se falar com esse cara né?

- eu não tenho medo dele.

Mélanie- mas é perigoso, Josh.

Diarra- deixa ele garotas.- agradeci minha irmã com o olhar

Lamar- você concorda com isso?

Diarra- não, mas se Mélanie sumisse eu faria de tudo para encontrar ela.- olhou ela pelo retrovisor, compartilhando um sorriso cúmplice.

Ok, Mélanie tá aprovada.

Sabina- fiquei com diabetes agora.

Lamar- invejosa.- o caminho todo foi Lamar sendo surrado pela mexicana enquanto Diarra e Mélanie conversavam como duas garotas apaixonadas.

Não que isso seja ruim, era bom ver minha irmã feliz, mas... Deixa pra lá.

Chegamos no local aonde estava meu avião particular e eu saí do carro, vendo eles saindo do carro junto

- não. Vocês não vão ir comigo.- deixei bem claro, olhando minha irmã firme

Sabina- como meu namorado sumiu, agente vai junto sim.- puxou Lamar e eu rolei os olhos sem paciência

Diarra- não vamos te deixar na mão.- se aproximou de mim

- não quero você envolvida no meio daquilo.

Diarra- não tenta me contradizer que não vai conseguir porque eu vou ir junto com você.- ia negar novamente, mas ela me calou com o olhar

- teimosa.- bufei e ela riu

Diarra- obrigada.- foi até sua namorada e conversou com ela, acho que Mélanie não iria e eu agradecia por isso.

Menos uma para me preocupar.

Depois delas se beijarem se despedindo e eu virar o rosto nessa parte, nós entramos no avião.

XxX- boa tarde senhor Beauchamp.- comprimentei o piloto que era um grande amigo da família e olhei para trás, não acreditando ao ver Joalin e Krystian ali.

- o que vocês estão fazendo aqui?- olhei Bailey incrédulo

Bailey- eu tentei.- sorriu amarelo e eu voltei meu olhar para eles

Krystian- Ele não manda em mim, chefinho.

- nunca mais te dou folga em dia de semana. E você...- olhei minha irmã irritado já

Joalin- nem vem, senta a bunda em uma cadeira e relaxa.- colocou seus óculos escuros e eu bufei novamente, não é possível que só tenha irmãs teimosas e que só Sofya me obedecesse

- quando agente chegar vocês duas não vão sair do meu lado e vão me obedecer, estão ouvindo?- disse para minhas irmãs

Joalin- como se..

- eu não estou indo para brincadeira, Joalin. É sério. As pessoas que eu vou conversar são sérias e andam com armas! Eu não quero que nada aconteça a nenhum de vocês, principalmente a vocês duas, então quando chegarmos lá vocês vão me ouvir entenderam? Ou eu mando vocês embora agora mesmo.- cruzei meus braços e elas se olharam

Diarra- ok.- olhei a loira

Joalin- aahh tá.

- ótimo.

 

Pov Noah Urrea:

Abri meus olhos e me sentei na cama, com uma pequena dor de cabeça.

Sina- oi.- tomei um susto e olhei para o lado, vendo ela com óculos de grau lendo um livro, sentada no sofá que tinha no quarto

- Baby, eu tive um sonho bem louco. Você não vai nem acreditar!

Sina- não foi um sonho Noah, eu realmente estou grávida.- desci da cama e fui até ela

- eu sei e eu tô muito, mas muito feliz com isso. Nós vamos ser ótimos pais.- sorrimos um para o outro e eu inevitavelmente olhei sua barriga, não tinha nenhum sinal que ela estava crescendo, mas mesmo assim, eu já queria ela com uma barrigona reclamando que estava muito feia e gorda, só para mim poder dizer todos os dias o quão maravilhosa ela era.

Sina- será que a Miley vai aceitar?

- vai ficar ciumenta por não ser mais a mascote do grupo, mas vai aceitar sim. Ou eu coloco ela de castigo.- olhei seus olhos azuis e ela riu alto

Sina- você não coloca ela de castigo, é mais fácil ela te colocar de castigo.

- ei!- fiquei no meio das suas pernas, ajoelhado no chão

Sina- eu jurava que você iria surtar sabe... Obrigada, por estar comigo.- tirei o livro da sua mão e abracei sua cintura

- eu sou o pai, sempre vou apoiar você. Te amo baby.- beijei seus lábios sentindo meu coração acelerar com a idéia de ser pai.

Era diferente porque eu ia acompanhar o nascimento, coisa que eu não tive com a Miley.

Será que ia ser menina ou menino?

Será que ia ter meus olhos ou da Sina?
 

Eu tenho que ensaiar ele (a) desde pequeno a gostar do Harry Styles, porque a Miley de bandiou para o Shawn Mendes, por culpa da Sina.

Eu tenho tantas coisas na mente que sentia que iria explodir de tanta idéia.

Sina- eu também te amo, Jacob. Espera.. Sonhou com o que?- separou nossos lábios e eu sorri, lembrando do sonho

- sonhei que estava todos nós em um sítio, unidos, felizes e em paz. Todos nós estávamos casados com alguém e tínhamos filhos, menos Krys, ele tava casado surpreendentimente com uma mulher. Foi tão.. Surreal sabe. A Shawty tava lá com uma barrigona, enquanto o Josh segurava o outro filho deles no colo. Eles estavam tão alegres, igual agente. Acredita que a Miley tava grande e era rockeira e namorava uma garota?- rimos juntos

Sina- foi um belo sonho.- massageou meu cabelo

- foi mesmo. Eu só queria que isso fosse real. Merda! Espera, eu preciso fazer uma coisa..- me levantei do chão

Sina- o que você vai...

- EU VOU SER PAI PORRA!!- gritei na janela feliz pra caralho enquanto a mulher da minha vida ria

Sina- seu bobo..- me puxou para trás, me beijando.

Aih cara, essa é a minha mina.

- por você eu sou.- cortei o beijo, beijando sua bochecha

Sina- Noah.. Você precisa ir atrás do Josh.

- Josh! Esqueci totalmente dele!- a essa hora eles devem estar longe

Sina- eu sei, você precisa ir. Não estou com um bom pressentimento.- confirmei com a cabeça, meio triste

- porque eu acho errado ir para longe de você agora?

Sina- eu tô bem. O Josh não está bem e seja lá o que ele vai fazer, tem haver com a Any e nós dois sabemos que quando se trata dela, ele não pensa nas consequências.- confirmei com a cabeça novamente

- eu ao menos comprei a passagem...

Sina- a sua família tem um monte de jatinhos, pega um deles.

- se minha mãe fica sabendo, ela me mata.- respirei fundo, também não era bem assim.

Precisava de um piloto, autorização, era uma chatice só.

Sina- dá o seu jeito. Agora vaza daqui.- me empurrou até a porta

- mas... Eu não tenho que receber alta?- franzi o cenho e ela riu

Sina- você só desmaiou garoto. Vai logo.- me deu um selinho

- espera! E você? Quando vai ter alta?- perguntei preocupado

Sina- eu já tive. Só estava esperando o pai do meu bebê acordar.- sorri igual bobo ao ouvir isso

- vai voltar com a Heyoon?

Sina- sim, o horário dela já está acabando. Enquanto isso eu fico esperando na sala dela.

- é a sala dela? Achei que fosse um quarto normal..

Sina- tchau.- eu tinha um bilhão de coisas para perguntar, sobre o médico dela, o que ele receitou, de quantas semanas ela estava grávida, mas ela simplesmente fechou a porta na minha cara.

- eu também te amo.- sai do hospital, não encontrando a anã no caminho.

Peguei meu carro e fui para o meu apartamento, eu mau ia nele na real.

Vivia na casa da Sina, ou no bar, ou atazando todo mundo.

Cheguei rápido e fui de elevador, não contendo o sorriso.

Eu ia ser pai e minha vontade era de gritar isso para todo mundo ouvir.

Mas eu acho que não seria legal.

XxX- até que enfim você chegou.- sai do elevador e fiquei confuso ao ver um cara na minha porta

- e você quem é?- me aproximei dele e ele estendeu a mão, as pessoas ainda se comprimentam assim?

XxX- sou Nick Anderson.- apertei a mão dele

- okay, sou Noah Urrea. Agente se conhece?

Nick- então..

- eu já peguei a sua irmã?

Nick- não.

- sua esposa?

Nick- não!

- você?- tentei lembrar do seu rosto e ele arregalou os olhos

Nick- felizmente não. Noah, eu vim aqui para um assunto sério e creio que não seja adequado falar disso no corredor.- afirmei com a cabeça e abri a porta da minha casa, pelo menos ainda lembrava da chave.

- então, o que você quer falar?

Ele se sentou no sofá e simplesmente falou tudo, eu ouvia de queixo caído tudo o que ele falava.

Se minha cabeça não tinha explodido antes, agora com certeza explodiu.

- calma, calma aí.- interrompi ele, com a mão na cabeça

- você tá me dizendo que é um investigador da polícia e que esta de olho no Lucão a anos e acompanhou todo o caso da Any.- recapitulei

Nick- exato.

- você disse que pode provar a inocência dela, da acusação que ela matou um cara.- o que para mim era mentira, mas pensar na Any com uma arma, parecia bem bad girl.

Nick- sim.

- você disse que podia achar ela. Como?- me sentei na cadeira, olhando ele

Nick- traficantes se ferem toda hora e com isso eles têm um médico próprio, que vai até a casa deles e ajuda com os ferimentos. Eles fazem isso porque não podem ir no hospital.

- ok.

Nick- então, Lucas tem um médico próprio, o nome dele é Pietro Solokov e ganha muito bem inclusive.- me mostrou a foto de um cara alto, com barba bem feito e cabelo para trás com gel, bem cara de russo

- e o que ele tem haver com isso?

Nick- eu conheço uma pessoa que tem o número dele, se agente achar ele e colocar um valor, ele diz exatamente aonde Lucas está e aonde consequentemente Any está.- assenti com a cabeça sorrindo, finalmente tínhamos um modo de achar ela

- porque está nos ajudando?

Nick- digamos que é pessoal. Eu tinha um irmão mais novo e ele infelizmente se perdeu no mundo das drogas, ao ponto de dever. Lucas matou ele sem dó nenhuma e eu quero matar ele do mesmo modo.

- eu e você vamos ser ótimos amigos.


Notas Finais


Josh= o Noah tem que aprender a deixar o mini Noah dentro das calças as vezes

Eu= ENFIM, A HIPOCRESIA!


Amores, chega né? Eu vou dar dois spoilers do proximo= Baby Beauany em perigo e irmãos Beauchamp's unidos.

Fuuiii✋🏾


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...