História Inexplicable Feelings - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags A Barraca Do Beijo, Amizade, Badboy, Bullying, Comedia, Drama Adolescente, Escolar, Festa, Inocencia, Irmãos, Romance, Violencia
Visualizações 18
Palavras 1.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um capítulo amores❤❤

Capítulo 10 - Revelações


Arlene: quem é, não me diga que é ...

 

Jacque: Adam - Arlene fica assustada

 

Arlene: meu deus você apaixonada pelo seu meio irmão

 

Jacque: sim

 

Arlene: mais você não odiava ele?

 

Jacque: odiava mais hoje tive a certeza que estou apaixonada por ele

 

Arlene: como fez para saber se estava apaixonada

 

Jacque: ele ta namorando uma garota

 

Arlene: foi assim que você descobrir que estava apaixonada

 

Jacque: sim meu coração se partiu em pedaços quando vi eles dois de mãos dadas, quando ele não tinha me dito uma coisa no hospital não sabia que tinha esse sentimento estranho por ele, ele e meio assim, sem ele eu não vivo - Arlene fica com a boquiaberta

 

Arlene: meu deus! Estou passada, mais o que foi que ele disse a você no hospital

 

Jacque: ele disse assim que a vida dele sem mim não teria sentido e que ele se sentiria culpado se eu tivesse morido de hemorragia por ele não ter pedido ajuda logo para me socorrer, que também disse que eu era a menina mais bonita que ele já tinha visto na vida, e também disse que eu era muito importante para ele, e também que não queria ficar longe de mim.

 

Arlene: nossa, menina ele se declarou para você

 

Jacque: foi - falo confusa

 

Arlene: foi sim

 

Jacque: mais ele disse que metade do que ele disse era brincadeira

 

Arlene: já eu acho que ele falou isso só para você acredita que ele não está afim de você eu conheço os homens

 

Jacque: sera

 

Arlene: e sim

 

Jacque: e se foi verdade o que ele me falou isso ficou gravado no meu coração e agora estou apaixonada

 

Arlene: ah deus o amor e lindo

 

Jacque: ah, mais eu não tenho chances

 

Arlene: por que

 

Jacque: a nova namorada dele

 

Arlene: e você vai desistir fácil

 

Jacque: não sei

 

Arlene: não desistir sua boba

 

Jacque: mais eu não tenho chance a garota com quem ele está namorando e super linda alta eu não tenho chances alguma com ele

 

Arlene: pois eu não acho, queira ser você nestas horas, você iria ver o que eu iria fazer para ficar ao lado da pessoa que eu amo que ele estava com quem esteve eu daria meu jeito

 

Jacque: nossa agora quem está te invejando e eu, você tem muita coragem

 

Arlene: obrigada, sou Arlene Nara Fwoler Kendrick eu sou especialista em namoro

 

Jacque: Hahaha

 

Arlene: mais e verdade querida, mais só uma coisa te digo não desistir fácil porque depois que você quiser correr atrás vai ser tarde demais

 

Jacque: e não posso dizer que e mentira e verdade

 

Arlene: então escute a sua prima que já namorou muitos gatinhos como o Adam

 

Jacque: ei fale baixo ele dorme no quarto ao lado

 

Arlene: sério

 

Jacque: sim

 

Arlene: não sabia, ele está com a sua rival

 

Jacque: sim está, eles acabaram de chega no quarto

 

Arlene: hum... Tive uma ideia genial

 

Jacque: o que está quarendo aprontar

 

Arlene: não vou aprontar nada só uma ideia de gênio tive aqui agora, só me responda uma coisa ele está trazando com essa garota ai no quarto ao lado

 

Jacque: não sei ele fez um acordo comigo que ele não tranzaria em casa em quanto eu esteve-se em casa

 

Arlene: argh você não consegui ouvir não

 

Jacque: mais como vou ouvir se nos estamos falando

 

Arlene: ta vamos fazer silêncio então

 

( Silêncio )

 

Depois de minutos

 

Jacque: ta vendo nada

 

Arlene: eh, vai ver eles então dormindos juntos ou então estão tranzando em silêncio

 

Jacque: sera

 

Arlene: só pode ser, agora vou te dizer minha ideia genial

 

Jacque: ok me fale - falo desanimada

 

Arlene: o quarto dele tem janelas?

 

Jacque: acho que não

 

Arlene: argh você mora aqui e não sabe

 

Jacque: mais eu cheguei faz pouco tempo

 

Arlene: e verdade, ah então deixa, aaaha

 

Jacque: que foi agora

 

Arlene: que tão você bate na porta dele e ai você ten tempo de dar uma olhadinha no quarto dele

 

Jacque: acha mesmo que ele vai me atender

 

Arlene: pode ser que sim pode ser que não

 

Jacque: não sei não

 

Arlene: vamos lá bata

 

Jacque: não vai você

 

Arlene: mais ele nem me conhece direito

 

Jacque: mais bate

 

Arlene: vai logo Jacqueline

 

Jacque: não

 

Arlene: então vai por mal

 

Ela pega meu braço e me puxa para fora do quarto e chegando lá ela me joga na porta

 

Jacque: você ta doida - falo baixinho

 

Arlene: não quero saber faça atuação de pessoa que precisa de ajuda

 

Jacque: e claro que não - contínuo falando baixinho

 

Arlene: vai logo

 

Ela chega perto de mim e me joga no chão sentada e bate na porta e correr rápido para o quarto, logo Adam abre a porta

 

Adam: quem está ai - logo ne assusto com a rapidez dele de abri a porta

 

Jacque: ah eu - faço voz de pessoa que está tucindo

 

Adam: que foi Jacque - ele se agacha na minha frente

 

Jacque: ah estou presiçando de ajuda - faço voz de tucindo

 

Adam: venha comigo vou te ajudar - ah ele me pega no colo, ah nossa que homem forte ainda vai fazer eu ficar toda derretida - ta tudo bem

 

Jacque: agora sim estou completamente - do um sorriso tímido para ele

 

Adam: você estava brincando com minha cara não é - ele me coloca no chão

 

Jacque: não estou mal olha - forço minha de tose

 

Adam: não tem graça - ele entra novamente no quarto

 

Jacque: ah droga ele não acreditou, e parabéns Arlene - Arlene sai do quarto envergonhada

 

Arlene: ah desculpe Jacque não sabia que ele não gostava de brincadeiras

 

Jacque: - suspiro - ta tudo bem vamos para o quarto - eu e Arlene entramos no quarto novamente ficamos lá conversando sobre os garotos sobre as três garotas que encontrei na esquina e sobre músicas

 

 Quebra de Tempo

 

Jacque: tchau Arlene

 

Arlene: tchau Jacque e deculpe mesmo o acontecimento de agora a pouco

 

Jacque: ah isso já foi esquecido

 

Arlene: então ta - ela me da um abraço forte e acena para mim

 

Jacque: - suspiro

 

Charlie: filha

 

Jacque: sim pai

 

Charlie: venha quero falar com você em particular

 

Jacque: e alguma coisa pessoal

 

Charlie: sim venha comigo - eu saio com ele até a cozinha - então filha o que eu tenho para te dizer e muito familiar

 

Jacque: familiar, tem alguma coisa a vê com minha mãe

 

Charlie: não, sua madrasta

 

Jacque: minha madrasta

 

Charlie: sim

 

Jacque: vamos me diga

 

Charlie: quero saber se sua madrasta te tratou mal até agora

 

Jacque: não nois nem se falamos ao menos

 

Charlie: e mais isso mudar daqui para frente - ele pega uma caixinha do bolso - vou pedir sua madrasta em casamento

 

Jacque: não pai você não pode fazer isso

 

Charlie: porque eu amo a Rachelle

 

Jacque: mais você eu não gosto da Rachelle

 

Charlie: mais nada Jacqueline quem manda na minha vida e eu e ninguém mais

 

Jacque: ta pai desculpe - droga lá se foi minha chance de conquista o Adam

 

Charlie: filha entende eu já estou ficando velho que preciso de ter alguém para cuidar de mim

 

Jacque: mais tem eu

 

Charlie: não filha não e assim, você vai crescer e vai querer arruma um namorado e se casar e agora te pergunto como vai ficar seu pai

 

Jacque: não sei - falo meia triste

 

Charlie: e você precisa saber de uma coisa também...


Notas Finais


Espero que tenham gostado❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...