História Inexplicable twist -imagine jungkook- - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Kook
Visualizações 378
Palavras 1.193
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Prazer!!


Último capítulo...

[...]

-quer saber,eu me recuso a sentar com ele…

SP-ei,ei calma, vocês não podem brigar assim…

-e porque não??*cruzo os braços*

SJ-como vão casar brigando desse jeito??*paraliso na hora*

JM,S/n-CASAR???_____________________________________________

Capítulo atual...


-com ele eu não caso!!*retruco olhando para o meu pai*

SJ-filha,eu e o senhor Park fizemos uma parceria…isso é necessário!!

-mas comigo??por que não com o Jae??*falo simplista*

SJ-porque o senhor Park não tem filha menina…

-ta,mas nunca ouviram falar em "homossexual"???*olho para o Jimin, discretamente*

JM-ei,eu não sou gay não!!

-bem ,em nenhum momento eu falei que VOCÊ era gay…então não coloque palavras em minha boca…

JM-mas você olhou para mim!!

-meu olho tá na cara pra que,querido??*digo irônica*

SP-vocês dois parem!!*nós calamos e olhamos para o senhor Park*

SP-minha empresa está perto da falência, então conversei com o seu pai que me ofereceu um contrato de casamento…

-peidei…*sussurro e levo um chute no tornozelo do meu pai*

SP-precisamos do seu sobrenome pra fazer nossa empresa voltar…

-caguei mesmo!!*sussurro fazendo apenas meu pai escutar,que me olhou bravo*

JM-sabe…até que não seria uma má ideia…*diz pensativo*

-isso Jimin!!*bato em seu braço*

-é uma péssima ideia,será que você pode falar para eles??*digo com irônia*

JM-é sério S/n!! Seria como realizar um sonho de criança…

-é o que??*digo incrédula*

JM-sempre gostei de você desde que éramos crianças!!

-ok…ja deu*levanto da mesa*-quero ir pra casa pai…

SJ-mas S/n,nem comemos…

-sabe pai já são…*pego meu celular e olho*-21:00,nossa!!tá tarde né??ainda mais que amanhã começo minha faculdade…*finjo um bocejo e vejo eles me olhando confuso*-nossa que sono,vamos paizinho*puxo o braço dele,fazendo ele se levantar*

-tchau senhor Park…*abro um sorriso simpático,olho para Jimin e fecho este sorriso*-tchau…*puxo o braço do meu pai para fora, não deu nem tempo dele se despedir,ele manda o cara pegar o carro,e assim esperamos*

[…]

*Estava um silêncio no carro até que….*

SJ-isso foi inadmissível,S/n…

-iihh,começou...*apoio meus cotovelos no vidro do carro*

SJ-você tem noção da vergonha que eu passei??agora terei que me desculpar…

-ta pai,se desculpe mais eu não me casar com ele,eu nem gosto dele,o senhor nunca pensa em meus sentimentos…*falo e ele entra na garagem e desliga o carro*

SJ-sinceramente!!cada dia você está mais parecida com a sua mãe!!!

-então como ela era,hein??a sua idade?? Ou até mesmo como ela morreu??*digo alterada com os olhos cheios de lágrimas,ele fica em silêncio,apenas olhando para minha cara*

-quer saber, não enche pai…so quero ficar em paz!!*saio do carro e fecho minha porta com força,e sigo em direção ao meu quarto,me jogo na cama assim afundando o meu rosto no travesseiro,e só escuto a voz do meu pai,antes de eu cair no sono*

SJ-você vai casar com ele,querendo ou não…

[…]

TRIMMM TRIIMMM TRIMMM

-AHH DESPERTADOR DESGRAÇADO…*me sento na cama e desligo, coço meus olhos e levanto indo em direção ao banheiro,me olho no espelho e começo a rir da minha aparência*

-se o Jimin me visse assim ia desistir na hora…*lavo meu rosto e vou para o box,assim tomando um banho relaxante,saio do mesmo e coloco uma roupa despojada,já pra não dá impressão de riquinha no primeiro dia, senão só se aproxima as interesseiras,arrumo meu material e desço para tomar café,vejo os empregados do meu pai todos agitados, até estranho,chego na cozinha e a dona sook fez meu prato predileto (____ sua escolha)*

-huumm,a senhora sabe como alegrar meu dia!!*digo começando a comer*

SK-ainda bem né amor??*diz com seu sorriso meigo,que alegra minhas manhãs*

SK-ahh,seu pai disse que quando você terminar ir esperar ele na garagem,que ele faz questão de te levar na faculdade…

-serio??*digo incrédula e ele concorda com a cabeça,a minha única resposta foi uma virada de olho*

[…]

SJ-tenha um bom primeiro dia…

-valeu!*digo seca prestes a abrir a porta do carro*

SJ-hoje não estarei em casa,denovo,mais se lembre mocinha,os empregados estarão viu??

-o que você quer dizer com isso?*o olho incrédula *

SJ-nada…e o beijo do papai??

-eu ainda tô brava com você!!*digo abrindo a porta do carro e saindo,escuto as risadas do meu pai de fundo,quando piso meus pés na faculdade,o olhar de todos se voltam para mim,e começam os comentários*

"Nossa,Jung S/n,aqui!!"

"Pensei que ela estudasse em casa"

*Apenas ignoro tudo e sigo meu caminho,percebo o olhar de três meninas sobre mim,apenas continuo seguindo até a secretaria,chegando lá,um trilhão de pessoas vem me atender quase que eu falo "gente sou so a S/n,e não Jesus …",uma moça tomou a frente e começou a explicar as regras da escola,prestei atenção em nada,apenas concordava com a cabeça*

TTTRRRRIIIIMMM

*O sinal bate,ela chama uma das alunas,e pede para ela me mostrar a minha sala,a metade do caminho foi em silêncio até que ela finalmente fala*

??-jung S/n…na mesma sala que eu!!é uma honra…

-que isso,sou apenas uma pessoa normal…*digo tímida*

??-meu nome é Manuella!!

-Manuella??*digo tentando reconhecer de que origem era aquele nome*

MN-sou brasileira!!

-ahh claro,bem acho que nem preciso me apresentar...*solto um riso fraco*

MN-também está cursando designer??

-sim,sempre gostei destas coisas…

MN-eu também,estou vendo que vamos nos dar muito bem…*ele para em frente a uma sala*

MN-chegamos,se prepare para virar a estrela da sala…*ela abre a porta e vejo as pessoas todas conversando,mas de repente os olhares se voltam para mim,e eu já está me sentindo constrangida*

-vem cá,senta aqui na minha frente…*ela puxa meu pulso e eu me sento em sua frente,logo entra na sala a professora,e assim começa a aula*

[…]

TRRIIMMMMMM

MN-aahhh finalmente podemos sair!!*ele diz arrumando seu material,e eu faço o mesmo*

MN-quer ir comer algo??

-aceito…*pego minha bolsa e a sigo, até chegar em um lugar onde vendia comida,pegamos o que queríamos,eu pedi um x-burger e um refrigerante(porque eu tô diet,kkk),escolhemos uma mesa e nos sentamos…

*Com o tempo a praça foi esvaziando, até que sobraram poucas pessoas,as pessoas que trabalhavam lá já estavam recolhendo os pratos, até que sinto a presença de três meninas,as mesmas que me encaravam na hora da entrada,elas vinham passando em minha direção, até que um rapaz,que aparentava ter a minha idade,moreno,alto,ia cruzar o caminho delas,ele estava com um prato na mão,quando ele passou rente a mim elas colocaram o pé na frente dele,fazendo ele cair*

??-olha só,nem para isso serve…*dizia uma delas rindo do garoto no chão*

-qual é o seu problema??*digo me levantando e ajudando o mesmo a se levantar*

??-olha,a riquinha chega achando que manda em tudo aqui…vai me dizer que você esta defendendo esse pedaço de lixo??*diz rindo*

-pode até ser,mas pode ter certeza que esse "pedaço de lixo" tem mais utilidade que você…*a mesma me olha incrédula*

??-pensei que você fosse diferente…*diz ofendida*

-diferente como??ser uma merdinha que fica rodando a escola inteira que nem você??se esse for o seu conceito de diferente, então trate de mudar ele agora…

??-garota você quer arranjar briga??

-arranjar briga com você??é capaz de você se preocupar mais com suas unhas com medo de quebra-las…*ela me olha com desprezo*

??-você deveria seguir o conceito do seu pai…

-bem…eu até poderia,mas apesar de estar na família dele,eu tô pouco me fodendo pra isso…*todos me olham incrédulos,porque eu acabei de falar palavrão*

??-quer saber,perdi tempo demais com você…*ela diz saindo com as "amigas" delas,e somem da vista de todo mundo,me viro para o garoto que me olhava atentamente*

-deixa que eu te ajudo…*digo dando um sorriso e abaixando para pegar os pratos*

??-não, não precisa…*ele diz o inseguro,sem olhar nos meus olhos,se abaixando rapidamente*

-te entendo…"aahh Jung S/N!!briga com ela não,se não o pai dela contrata um pistoleiro e mata sua família"…é sempre assim…*digo de um jeito engraçado e ele ri,um sorriso fofo,quase que me derreto na frente dele*

-prazer,Jung….

??-S/n!!eu sei…*ele solta uma risada fraca*

??-me chamo Jeon Jungkook…*ele estende sua mão e eu o comprimento*

JK-e o prazer é todo meu…S/n…*abre um sorriso sem mostrar os dentes*




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...