1. Spirit Fanfics >
  2. InFamous - Evergreen >
  3. Policial ruim e policial pior ainda.

História InFamous - Evergreen - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 2 - Policial ruim e policial pior ainda.


   Como seu trabalho exigia, vez ou outra tinha que acordar no meio da noite. Ser da criminalística não é algo facil como vemos na televisão, alguns dos casos extremamente cruéis terminavam sem nenhuma solução,  e acabariam engavetados. 

  Eli se arrumou tão desleixadamente quanto um bêbado, mas percebeu que tinha de prestar mais a atenção nas coisas que estava fazendo. Desceu as escadas da casa nova vendo caixas por toda parte, e saiu pela porta da frente sem nem nesmo se alimentar. Pegou seu carro e partiu.

   Eli havia vindo de Seattle há três dias pois precisava sumir dos "radares" por algum tempo. Evergreen não era a cidade perfeita, mas ele sabia que ninguem que o conhecia exceto seu chefe, quem o transferiu, o acharia ali.

   Chegou no local vendo apenas uma viatura, o caso era um ataque ou possivelmente uma tentativa de homicídio. Claramente Eli era um novato o que o tornava um alvo de ensinamentos para o delegado, este era o motivo de terem o chamado. 

 Saiu do veiculo indo até o delegado Standall que converdava com outros dois policiais: 

    -  ...quero a filmagem das câmaras da Farmacia, perguntei ao dono da loja de conveniencia mas eles não possuem câmaras entao vou pegar um relato. - viu Eli chegar. - Vejo vocês depois. Bom dia, Eli! - o comprimentou.

   - Bom... Dia ou note, sei lá. - retornou o cumprimento.

    - Vai por mim, o dia começa bem cedl em Evergreen. Nem mesmo na primavera, quando seus filhos ficam ocupados com o baile. - riu Standall.

      - Mas, então. Oque temos aqui? - perguntou Eli.

      - Um garoto, Clay Jensen. Foi atacado aqui há algumas horas, ninguém viu quem foi. - disse encaminhando Eli para o beco entre a loja de conveniencia e o muro que velho cheio de pichos.

     - Você conhece o garoto? - Eli perguntou. 

       - Clay? Sim, ele é amigo do meu filho. - disse cruzando os braços. - Esse garoto é como um imã para encrencas, há alguns anos a amiga se suicidou. O irmão adotivo, Justin veio aqui há algum tempo, foi ele tambem quem encontrou o garoto e o socorreu. 

 Hiviam manchas vermelhas no chão, oque mostrava que a vitima andou até a rua derrubando certa quantidade de sangue.

   - Você viu se o garoto, Justin. Pegou algo, ou mecheu no local? - Eli perguntou.

     - Bom, não que eu tenha visto. Foi ele que me disse tudo o que entãoão presenciou. Mas então ele foi embora. -  Stanndall respondeu. 

  Eli andou pelo local, analisando tudo o que podia ser tocado. Mas não encontrou nada além de lixo.

    - Senhor. Preciso interrogar o irmão de Clay Jensen. Sabe onde posso encontra-lo o quanto antes? - Eli perguntou se levantando.

   - A casa dos Jensen fica ha aluns quarteirões daqui. Posso te passar pelo GPS da delegacia. Se não encontra-lo lá, ira acha-lo no Liberty.

    - Obrigado Standall! Te vejo depois. - disse Eli saindo do beco e partindo com o veiculo.

   "Policial Eli, eu esqueci de falar antes. Mas acho que não ira encontrar ninguém na residencia dos Jensen. Da ultima vez que os vi estava no hospital com o garoto." a voz saiu do radio no painel. Eli pegou o interfone e o pressionou para responder.

     - Entendido! Mas vou dar uma "passada" lá. - deligou o equipamento continuando a dirigir. 


Notas Finais


Calma la.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...