História Infantil, li isso - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 507
Palavras 4.112
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura :3

Capítulo 2 - 2


Fanfic / Fanfiction Infantil, li isso - Capítulo 2 - 2

 ontem foi cansativo, Jung, ou o Srzinho Irresponsabilidade, ficou até tarde fazendo um trabalho que era pra ter já sido entregado. ele sabia que ia se foder, só não sabia como ia resolver isso ou qual entidade teria que invocar pra se dar bem.

Ele? era alguém que poderia muito bem viver sem trabalhar. seus pais tinham uma empresa bem legal na capital e em Hong Kong, de divulgação. nao era aquela coisa tipo "oh, meu deus. que grande!" estava mais para "ah, eu conheço essa empresa. ela é boa" mesmo assim, ele prefere morar sozinho, sem ajuda dos pais, ou seja: nada de opiniões deles sobre a vida de Jungkook.

05:40

já era tarde da madruga,  JJ ficou na frente do notebook a noite toda. teve que comer mais daquela pizza salgada que comprou mais cedo e a de quatro dias ele ia jogar fora. Ninguém quer um corpo perambulando por ai, ne non?

Jj não tinha dormido nadinha, resolveu fazer logo o trabalho porque sabia que se deixasse pra fazer depois, ele ia ter preguiça e ia esquecer de como se pega numa mera caneta. 

jungkookie???! - uma voz ecoou pelo apartamento do moreno que dormia de olhos abertos. pensou que seria um fantasma ou um ladrão,  um 007 ou um 008, mas lembrou que era só Taehyung.é melhor eu ir lá, o moreno disse baixinho e saiu do quarto

tivemos um Sr Sonolência que esfregava as mãos nos olhos cansados e foi indo para a sala. lá viu o pequeno enrolado no quentinho cobertor branco veludo, com aquela carinha confusa e todo assustado olhando para o lado oposto de Jungkook

jk: é o que? - jungkook ficou olhando o garoto que, depois de séculos, finalmente o viu também

TaeTae está com problemas - o mais novo apertou forte sua mochila de ursinho marrom

jk: que...- bocejou — tipo de problemas, coisa?

"coisa"? - 

porra? jungkook. Vai ficar chamando o garoto de ''coisa'' mesmo? ?  perguntou a si mesmo, mas deu de ombros porque ele não ligava muito pra nada. 

jk: num é nada não - jungkook riu — mas então, qual é o problema?

TaeTae não consegue dormir. sonhou com coisas estranhas. ele está com medo - fez uma expressão de medinho e que ninguém não podia negar, ficou fofo

e estranho, o que esse garoto tem de errado pra falar assim?

jk: pesadelo? - o menor confirma balançando a cabeça freneticamente —é só dormir de novo

não é bom aqui - o mais novo encolhia-se pelo frio daquele lugar.

não é bom ali? Não  bom ali??essa coisa só pode estar de brincadeira! nao era nem pra ele estar aqui. E se pudesse, Jungkook iria embora e fazer um bilhete escrito "me desculpe,pô.", colaria na geladeira e deixaria Taehyung sozinho. voltaria só quando tivesse barba e cabelos brancos pela velhice

é, talvez ele seja exagerado, mas só um pouquinho.

jk: como assim não é bom? - ergueu as sobrancelhas. talvez seria o sofá, ele é bom mas, acho Taehyung  não tenha gostado de dormir ali. E quem não  preferia algo melhor? — você quer dormir no quarto então?

sim! Sim! - falou como criança

jk: está bem. pode me seguir - jung o chama pelas mãos. o maknae logo tiro o quentinho cobertor veludo de si, o deixou no sofá e não solta sua mochila. o que tinha ali pra esse garoto não soltar? Dinheiro?! , jungkook se perguntava

E no apartamento de Jungkook, só tinha dois quartos espalhados por ai.  o dele e outro para qualquer coisa-que-nao-sei-bem, mas ele decidiu que o outro quarto seria seu pequeno ''escritório''. lá foi preenchida por amontoados de livros sobre música, sobre quadrinho, porque o moreno amava super heróis, e  era uma bagunça arrumada la, pra assim dizer

lá não tinha cama, o projeto de Irresponsabilidade alugou o apartamento mobiliado mas preferiu não ter a cama ali,   já deduzia ser sua salinha especial. e que se foda se alguém o iria visitar, que fosse dormir na sala! mas Taehyung não iria dormir ali, ele tem pesadelos constantes sobre monstros que ele jurava que iam puxar seus pés enquanto dormia e por isso dormia protegendo os pés.  E por isso o seu lema de sempre é: como for ou seja o que for, em primeiro lugar você tem que cobrir seus pezinhos! 

jk: você pode deitar na minha cama .-  apontou para sua grande cama de casal. Que exagerado! Só  ali, caberia 1000 Kim TaeTae's e uns 7000 JJ's!então, animado pelo tamanho daquela coisa,o maknae, ainda sonolento, colocou suas mãozinhas na cama pra dar impulso e poder subir. como se fosse pequeno mas sua altura era boa, colocou seus pés e depois se encolheu abraçado a mochila

jk: eu vou ver o que tem naquela mochila so por curiosidade.. - jungkook falou a si e depois voltou a fazer o trabalho. É, ele é sacana mesmo.

Aquilo não demorou tanto, só mais quinze minutos e já tinha terminado tudo. teria que imprimir e organizar pra entregar ao professor, mas isso poderia esperar. -  fechou o notebook e se espreguiça. Ah e se xinga mentalmente por Taehyung está na sua cama, então ele teria apenas o sofá da sala.

foi logo indo, se jogou no sofá e no mesmo lugar onde o pequeno dormia antes. já tinha um cobertor ali então era só deitar e morrer. Dormie**

jk: -pegou o quentinho veludo cobertor e se cobriu. nao pode nao notar o perfume de bebê ali.

mas só dormiu, aquele cheiro nao tinha o incomodado, e quem se incomodaria??

7:00

Jungkook é acordado por Taehyung, que o cutuca incesavelmente. E isso nos leva a ditar as três  regrinhas ( se você tiver um Jeon Jungkook dormindo na sua casa). Vamos lá, 1: não  o acorde. Foda-se se você está tendo uma arritmia cardíaca ou um infarto fulminantes.

jk: é o que que é, coisa?! Merda, porran.... - falou bravo por ser acordado

Taetae está com fominha, Gukkie. - tocou sua barriga e fez um de suas carinhas  triste

jk: então vá pegar a pizza da geladeira e esquenta! - fechou os olhos.

mas Taetae num sabe fazer isso - voltou a cutucar o mais velho.  Caso, por ventura da vida,  você acorde um Jeon Jungkook, você pode correr para os lados ou fugir  janela janela: kook jurou que queria cometer um crime. tipo matar aquele garoto por o acordar. e por acordar de novo. Entao teremos um Kim TaeTae morto duas vezes. 

jk: aprenda. - voltou a fechar os olhos. Já que o Hyungnim ao menos o olhava, o pequeno fez uma carinha triste enquanto colocava a mão na barriga e coçava seus cabelos. o som da barriga era mostrando que ele estava com fome.

sem saber o que fazer, foi tentar achar a cozinha. abriu até o banheiro da sala achando que era a cozinha, e era só olhar ali direito que via a cozinha , mas ele estava com tanto sono e com tanta fome, que não entendia onde ir

jk: que raiva, puta que pariu.... - se levantou ao perceber que Taehyung não tinha nem ao menos achado o banheiro. garoto tapado! 

Segunda regrinha: se você nao sabe o que fazer, apenas nao faça e o deixe dormir. Se vira. o mesmo,  com aquela cara carrancuda, apenas foi saindo pra cozinha e Taehyung entendeu que era para o seguir

abriu a geladeira e procurou a pizza para o Sr Fominha, a pizza de ontem e não a de cinco dias atrás...

mas não achou - tampou os olhos, incrédulo.  tinha lembrado que até deixou duas fatias para o café da manhã de Taehyung, mas comeu na madrugada por estar acordado. Dai, sem pensar muito, pegou a a última fatia que restava daquela pizza antiga. a colocou no microondas e ficou esperando

enquanto isso, Taehyung  ficava balançando os pés, esperando ansiosamente pra comer.

jk: -tirou a fatia por microondas já tinha apitado. —ai! - geme baixo pela queimada do prato

jungkookie está bem??- 

jk: estou. - colocava o prato na frente do castanho e se virou para ver se tinha algo pra beber, pelo menos isso deveria ter, não é? e tinha. o refrigerante de ontem, mas estava quente, sem gás algum mas mesmo assim colocou num copo e deu para o garoto.

E temos nossa última regra: se, por ventura da vida, Jj se arrepender, ele vai ter que ceder  e levantar. Bom... contando com o garoto, essa foi a 1 total vez que Jung fez isso.

quando Taeh ia abocanhando aquela pizza, que deveria estar amarga, Jungkook o para: — não come! - falou rápido para que o castanho não comesse

por que? -

"pô, eu sou um filho da puta. o muleque vai passar mal se comer isso kk" - jungkook pensava na vida.

jk: não está bom - pegando o prato da frente do pequeno, jogou fora. com tudo, prato, talher, tudo. pegou também o copo do refrigerante e largou na pia, só de raiva

Taehyung, faminto, apenas olhava. Depois voltou a colocar a mão na barriga, alegando sua fominha

jk: me segue, coisa - chamou Taehyung e o menor o seguiu.

  foi até seu quarto, abriu o  escuro guarda-roupa e pegou um moletom branco, uma calça meio larga e colocou sobre a cama também, perguntando:

jk: você tem roupas ai?

tem sim. - Taehyung pegou sua mochila de ursinho marrom e a abriu. tirou primeiro um urso de pelúcia dali que era branco, não o tirou das mãos mesmo com dificuldade para encontrar a tal roupa. e a demora fez jungkook ficar sem paciência

jk: você escolhe ai que eu vou ali -pegou suas roupas e a toalha.

enquanto o moreno estava pensando na vida, ainda em seu banho, Taehyung achou uma boa roupa: pegou logo uma camisa simples de mangas curtas, uma calça azul com pequenos desenhos animados. Do jeitinho que el2 gosta! 

então foi fazer o que fazia quando a mãe dele o pedia pra ele pegar uma roupa, ou seja, tomar um banhinho. 

Jungkoookie? - perguntou abrindo a porta do banheiro.o moreno? logo se assustou, fechou o chuveiro e pegou a toalha. ele estava no box e Taeh nem tinha entrado, mas ele não sabia então se cobriu

jk: o que faz aqui?!

Não é para TaeTae tomar banhozinho? -

jk: se você quiser...

Tudo resolvido,  ligou o chuveiro mais uma vez pra tirar apenas o aromático shampoo  de seus cabelos negros, pra poder sair e Taehyung poder tomar o banhozinho dele em paz 

mas não foi isso que o menor fez, ele entrou no banheiro e ficou esperando jungkook terminar pra poder pedir algo. 

jk: pode ent...- parou de falar ao ver o menor( com a cara de pau de desferir uma cara inocente) no banheiro -o que? ora, não seja maluco. eu pedi pra esperar eu sair daqui!! -  bravou

então o pequeno se encolheu  todo todo e olhou jungkook com medo, retrucando:   — TaeTae não é maluco! não fala isso, não gosto! - bateu os pés

jk: para de agir como criança! vai logo tomar seu banho! -  praticamente ordenou e saiu do banheiro. fechara a porta bravo, se secou rápido e teve que se vestir no banheiro da sala ou o maknae poderia aparecer.  Sei la, vai que ele é mutante...

me coisa importante ontem?

Jiminiee Safadão teste surpresa, abiguinho 

me QUE? NÃO MENTE. pô, ce ta de brincadeira comigo??

Jiminiee Sensação estou mesmo. idiota! aprende a não faltar mais hihihihi :3

jungkook só não taca o celular no chão porque era dele, se fosse de outra pessoa e se ele estava pegando emprestado, com certeza jogaria pra quebrar. Jimin é um sacana, quase mata o rapaz

jk: Taehyung-ah?! - gritou pela demora do mais novo

que não responde nada, então o moreno teve que ir lá: — aconteceu alguma coisa? - escorou na porta do banheiro pra tentar ouvir algo

mas não ouviu nadinha, então abriu a azul porta  e não viu o castanho ali. ia gritar mais uma vez porem viu o maknae encolhidinho no chão. —aconteceu algo, Taehyung? - abaixou seu tom de voz porque viu que tinha feito merda

n-nada... - o pequeno limpava umas lágrimas que caiam com o braço

jk: aconteceu sim...fui eu, ne? - ergueu as sobrancelhas e fez uma cara óbvia — foi mal. nao vou mais gritar com voce, mas agora levanta e toma seu banho.

Tae não sabe. - 

jk: não sabe o que?

tomar banhinho. - se levantou

é o que?! É  o que? não sabe tomar banho? E qurm não sabe? Até  uma formiguinha!  ora, esse garoto tem problema mental ou o que? 

jk: como não sabe?

num consigo. num sei fazer issu - disse manhoso e Jungkook ri pela fofura demasiada

jk: tudo bem. eu te ajudo, coisa.

que coisa? -

kook nem responde, vai que magooa. vai logo ligando o chuveirinho e para porque Taehyung tampa os ouvidos e diz que tem medo desse som alto

 jk: prefere banheira?

yeahh! -

tudo bem que Jk-Babá tinha usado aquela banheira branca só duas vezes na vida! mas não tinha problema, ligou a torneira prateada e esperou ficar nem rasa, nem alta —você tira suas roupas e se deita ali. se senta, na verdade... - se enrola nas palavras  depois você passa esse sabonete no corpo todo e é só tirar o sabonete com a água dali.

Tae não entendeu, Jungkookie.. - colocou o dedo na boca

jk: tira esse dedo dai...enfim, só entra la! tira a roupa

Com essas instruções? Quem não  aprenderia?? O menor então faz o que o moreno pediu, começou a tirar sua camisa branca, sua calça que tinha uns desenhos azuis, mas Jungkook o para:

jk: não é agora, você faz quando eu tiver saído do banheiro...- coçou a cabeça

mas tae num sabe fazer isso! - 

Jk: - bufou. meu deus, acho que a mãe dele esqueceu de falar alguma coisa importante... ele teve que explicar três vezes como se toma banho ao pequeno- castanho-que não entendia. mas no final, Jeon não explicou mais também. 

enquanto isso, tentou ligar para mãe. perguntar que problema aquele garoto tem mas só dava ocupado aquele troço

E

já eram 9:00h, ou seja, pouco para ele ir trabalhar. mas nem sabe se vai, não vai deixar o garoto com fome, ne? 

ligou a TV pra passar o tempo, os 100 anos-luz, esperar o menor sair dali para poderem ir comprar alguma coisa

ligou logo nos filmes loucões que eram de ficção científica, então fera-jungkook logo se acalmou. nao tanto, seu estômago logo roncou e teve que chamar Taehyung de novo. De novo.

jk: terminou? - perguntou da porta

não.. - 

aish entao o hyung entrou no banheiro, viu o  na banheira. todo emsaboado,  todo bagunçado, tentando abrir mais a torneira da banheira

mas já estava cheia, certamente ele tinha enchido mais que o hyung tinha enchido. porra, Taehyung, - revirou os olhos bora, termina isso.

eu...tae...euTae não sabe fazer isso, Jungkookie. me ajuda? eu quero sair daqui- 

jk: tudo bem. mas é só hoje! eu não sou obrigado a ficar dando banho em um adolescente...

Jungkook se ajoelha perto daquela banheira, começa a jogar água nas costas de Taehyung.

Enquanto tinha suas costas sendo lavadas?? perdia sua atenção e ficou brincando com a água morna, fazia caretas enquanto mexia os lábios, parecendo narrar alguma coisa mas nada dizia

jk: ali você lava... - jungkook desviou o olhar do membro do maknae 

como? - perguntou inocente enquanto mexia a água

jk: eu não vou te explicar! - se levantou porque Taehyung tinha derramado água no chão por a mexer tanto

tudo bem.. - olhou para seu próprio membro

jk: hum,vou te esperar no quarto.

Meu deuz, ele não aguentava mais espera-lo! foi logo no notebook, colocar seu trabalho num pendrive para poder imprimir em algum lugar. sim, Jungkook não tinha computador, não comprava porque não queria já que tinha condições.

jk: juro que se você demorar mais eu vou...- é interrompido por Taeh entrando no quarto. ja vestido com um pijaminha-que-não-era-pra-ele-estar-usando-no-dia

vai fazer o que, Jungkookie? - olhou torto de cabelos molhados

jk: nada. eu estava falando sozinho - tentou dar uma desculpa. " eu vou te matar", era isso ai.

jungkookie também fala sozinho? Tae sabia que não era o único! - ditou animado —vamos brincar??

jk: eu vou é te dar um...

"tapa". foi isso que Jung pensou mas já tinha visto o quão sensível o menor era

jk: ... você não me peça esse tipo de coisa não, eu não sou criança, coisa. Você - apontou para Taehyung —para de agir assim

como?¿- 

jão pegou as chaves do carro e trancou a porta vermelha do apartamento, esperou o elevador vir pra entrarem de Boa.   Mas Taehyung estava inquieto, não parava se mexer seus pés e o barulho incomodava jungkook. mas nada disse, só foi pra garagem

"entra" ,pediu entrando no carro e tae coloca força 10 pra abrir a porta. entrou e colocou o cinto de segurança. ficava olhando os lados enquanto jungkook saia da garagem e só ai podeu dirigir nas ruas

nessa de dirigir, ouviu o estômago do mais novo. coitado, o garoto estava com fome fazia mais de uma hora

(X)

logo chegaram ao mercado, Jungkook estacionou o carro e pôde sair dele. Taehyung apenas saiu, não falava nada nem agora que o moreno tinha pegado um carrinho e entrado o mercado. Ele parecia aflito, incomodado, estranho.

jk: que foi? 

Em resposta? Taehy não disse nada porque tinha medo. sim, Taehyung estava com medo de Jungkook gritar mais uma vez com ele

jk: Taehyung? - empurrou leve o pequeno

não faz isso, TaeTae não gosta. machuca.- fez cara de triste

"nan", deu de ombros. Jungkook é um filho da puta, ne? — pega aquele arroz pra mim, coisa - apontou e Taehyung foi até lá. pegou o arroz como se fosse todo o peso do mundo e colocou no carrinho

jk: outro. -cruzou os braços, rindo da desgraça alheia

La vai então. foi pegar outro, mas a mão de Jungkook em seu ombro o para, fazendo o mais novo olhar pra cima, ou seja, Hyung. O filho da mae  tinha lembrado: Taehyung não comeu nada. se comeu, foi pizza amarga! o coitado estava com fome e Jungkook não pode simplesmente o fazer pegar peso por diversão. "pode comer isso por enquanto?", estendeu um biscoito recheadissimo de chocolate

obrigado, Jungkookie! - ficou nas pontas dos dedos e beijou a bochecha do Hyung — TaeTae estava com muita fome!

o moreno se sentiu culpado. ora, não faz mais isso! Insolente, pensou e voltou ao carrinho de compras, o empurrando e Taehyung comendo o biscoito, lambuzando os lábios de chocolate

o moreno apenas andou pra pegar uns macarroes, molhos que ele amava, o nabo que ele não vivia sem. também foi aos frios, comprou sucos, refeigrantes, alguns enlatados, iourgute

jk: qual sabor?? - perguntou com o carrinho cheios já

Chocolate! - respondeu animado enquanto comia o segundo pacote de biscoitos. sua fome estava começando a cessar, não toda porque biscoito não tira fome. O projeto de fofura  tinha seus lábios marrons pelo maldito recheio do biscoito de chocolate!

mas tinha outras coisas, produtos de limpeza e tudo isso. esse moreno é desleixado demais, não faz compras todo mês. preguiça o nome

Voltando... já estava indo pagar tudo. lá no caixa e Taeh ficava  olhando frenético os lados. 

jk: está olhando pra que? 

Aquilo - apontou para uma grade perto do caixa. de primeira, não percebeu o que era porque tinha outras coisas, umas delas é bombom.

jungkook apenas os pega e também coloca no caixa. porém o menor ainda olhava a grade... — mais alguma coisa, coisa? - pegava o cartão de crédito

tae quer aquilo!- apontou mais uma vez

mas so tinha agora baebeadores, giletes, creme de barbear e camisinhas. Ele tem barba? Pelo? Então oqueÉ?

jk: - olhou confuso — qual?

"isso",foi até uma camisinha e a pegou."de morango!"

jung riu alto. por acaso aquele garoto sabia o que era aquilo? Não, porque o pequena castanho olhava como se fosse balinhas

xx: osh - a atendente olharam jungkook e Taehyung

jk: osh nada. me da a maquininha e fica quieta - colocou o cartão e digitou a senha

logo saíram para a garagem, colocar tudo no carro e poder sair de lá- pode ouvir música, Jungkookie?

jk: sim.- colocou o rádio pra tocar e dirigiu

jungkookie? - 

jk: humm...

o moreno estava muito ocupado vendo as ruas pra olhar o pequeno

jungkookie está cum raiva de mim? Taetae fez alguma coisa? -

jk: nao..por que?

porque jungkookie não comprou a balinha de morango - fez aegyo fofo

jk: aquilo não é balinha. nao é pra comer. - virou a esquina

mas não é de morango? -

O Hyung revirou os olhos pelo Sr Birrinha fazer tanta pergunta! e não saber de nada. e ainda vem com história se camisinha?

 já ate estava parando na garagem quando Taehyung perguntou de novo o que era aquilo, "se era de morango, por que não podia comer?"

jk: nem tudo que tem gosto pode comer, pô -pegou a metade das compras

Ahh..  - 

jk: pega o resto pra mim - pediu e o menor fez o que o mais velho pediu. não demorou pra chegar na vermelha porta do apartamento, Jungkook tentar abrir e conseguir. mas só porque largou as compras no chão, ne.

 teve que levar as compras do alheio também, o garoto era menos forte, logo parecia cansado

"vai ver desenho animado que eu vou fazer uma comida pra noix", disse jungkook ligando a TV na ''guarda do leão'' e foi pra cozinha. tirou algumas coisas, como os legumes primeiro. cortou todos bem até, só foi difícil cortar quando foi a vez da cenoura "ai!" gemeu baixo pela cortada pequena

mas nada de mais. continuou aquilo até terminar, colocar tudo num água fervente pra esquentar e fazer um gosto diferente. quase cozinhar, na verdade.

o moreno não foi pão duro, fez logo um macarronada bem grande, porque queria que aquilo sobrasse então não precisava fazer outra por um bom tempo!

feito tudo, colocou dois pratos. um pra ele e pra Taehyung, ele que colocasse o dele próprio, ne??

jk: vem comer! - viu o pequeno concentrado na tv —bora logo... 

o pequeno foi até a cozinha, mas com o olhar ainda na tv. se sentou na frente do prato vazio e ficou calado enquanto jungkook comia se deliciando de cada garfada

jk: não vai comer?

não tem nada aqui..- olhou tristonho jungkook

jk: está ali, no fogão, vai lá e coloca, pô.

 então levantou até o fogão, ficou nas pontas dos dedos pra ver melhor onde pegava, pegou a concha e ia pegando tudo sem jeito. acabou que sujou todo o fogão mas Jungkook nem via. voltara para a mesa e sentou. seu prato estava todo sujo pelo molho - o maior penas olhava psicótico. 

por que Taehyung é muito demorado pra comer?¿ mesmo estando com fome? O menino jung já  até tinha terminado de comer e foi deixar o prato na pia. "que que ce fez??",o moreno ficou incrédulo, todo o fogão sujo. tinha mais macarrão no fogão do que na panela!

o que? - perguntou inocente e Jungkook fechou os olhos por isso. por Taehyung falar assim, tão inocente

jk: quando terminar, eu quero isso tudo limpo. Você ouviu? -falou sério e Taehyung apenas confirmou com a cabeça, pra cima e pra baixo

o moreno se achou livre pra sair, precisava imprimir o trabalho. avisou o menor que ia sair e Jungkook saiu. nao era longe, só atravessar a rua e pronto: está la na lan

jk: imprime tudo junto como um trabalho escolar - estendeu o pendrive. -a atendente apenas pega, verifica quando aquilo daria e entrega o valor — porra... ok, ok. faça - foi dinheiro pra cacete e ele é mão  de vaca 

gelo você ficou maluco!? por que não veio trabalhar?

me ah, yoongi...Você ainda está vivo? hum, eu não pude ir. tive que cuidar de uma coisa

gelo vai cuidar de nada quando eu te demitir. idiota

me eu juro que é verdade. eu vou amanhã e conto, ta? Agora me deixa quieto, porra

guardou o celular no bolso. mas parou para pensar: será que a mãe ja podia falar??

me oi? Vem ca 

omma não tem como, tô em Seul já

me não foi o que eu quis dizer! eu quero que a senhora leva esse garoto. eu sou irresponsável, cuido nem de de mim

omma pelo menos admitiu que é irresponsável. Ó, filho, não tem como! faz esse favor pra omma, hein?

me sei nao...mas, preciso saber se aquela coisa tem algum problema. ele não age normal, se refere a ele na terceira pessoa. Parece criança

omma beu deus...esqueci de dizer, Taehyung tem infantilismo

me que isso?

omma ora, pesquisa ai...

jungkook nem responde a mãe, está puto. puto demais!

xx: ó - estendeu o trabalho, já imprimido

 Foi logo vendo se não tem nada errado e volta pro apartamento, vê Taehyung vendo televisão concentrado então deduz que o menor tenha lavado o fogão

o moreno pegou seu notebook do quarto e se sentou no sofá da sala, colocou uma música nos fones pra não ser incomodado pela TV chata em desenho

jk: infantilismo..- disse a si e foi procurar o que era. ele apenas tinha ouvido falar

Infantilismo pode ser uma psicopatologia ou uma parafilia, consistindo no desejo ou excitação do indivíduo ao ser tratado como criança ou bebê, usando acessórios infantis

oh, Jeon não podia acreditar...


Notas Finais


:o


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...