História Infantilism - Jikook - ABO - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Betas, Jikook, Jimin Bottom, Ômegas
Visualizações 63
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Favoritem ! Comentem! Compartilhe!

Capítulo 14 - 14


Fanfic / Fanfiction Infantilism - Jikook - ABO - Capítulo 14 - 14

[N/A: contém lemon]

Parte 2

🔞Escute com alguma música🔞

- eu te amo jimin!-

Diz confiante e apaixonado.

Era tão difícil ficar longe dos lábios avermelhados e tão convidativos do meu ômega, que me prendi novamente a aquele sabor de morango doce. Jimin gemia sôfrego e isso vazia cada célula sanguínea minha vibrar, levei minha mão ao seu falo rosado e ao tocar foi possível escutar um miado da parte do ômega loirinho, apertei o local e vi Jimin fechar os olhinhos, com movimentos calmos eu subia e dessia sua pele que envolvia seu falo tão molhado pelo pré gozo que saia de sua glândula rosada, olhei para ver a expressão do loiro e me deparei com seus olhos fechados e a boca entre a Berta que escorria pela lateral de sua boca uma fina camada de saliva, aproximo do mesmo e lambo com todo prazer aquele vestígio de saliva, jimin abriu os olhinhos e pude ver o brilho de suas lágrimas.

- n-não torture jimin...kookie..-

Pediu falhando pelas lufadas e voz manhosa.

Sorri com seu pedido e fiz movimentos mais ousados e rápidos.

- Olhe para mim...jiminie-

Fala cheio de desejo.

Jimin abriu os olhos e pude ver o quanto de luxúria possuía seu olhar ao se direcionar aos meus. Era tudo que eu precisava, fazia movimentos rápidos e prazeros, beijei sua boca e mordi sem dó algun recebendo um gritinho do pequeno.

- Kookie-ah...ta vindo algo...awnn..-

Diz gemendo.

O falo do pequeno em minha mão grande agora com Jimin também mexia sua cintura para ter mais contato o fazendo delilarar, aproximo de sua orelha e sussurro com palavras quentes e cheias de paixão.

- goza pra mim..goza...minie..-

Dizia rouco em um desejo descontrolado.

Jimin apertou o lençol em sua mão e com um gemido longo e manhoso ele se desfez na minha mão.

Sorri malicioso e olhei para meu ômega que sofria pequenos espasmos pelo corpo por ser seu primeiro orgasmo.

- está tá tudo bem?-

Pergunta olhando para o ômega.

Jimin fez sim com a cabeça, eu sabia que ele estava no cio e não demorou para ver ele duro novamente.

- Eu vou cuidar de você, jimin.-

Fala cheio de carinho.

Tirei minhas calças e a cueca junto, o ômega olhava para mim com um desejo, mordi meus lábios ao ver seus olhos se prenderem ao meu falo Grosso e grande com veias um tanto saltadas.

- você quer?-

Pergunta rouco.

Levei minha mão ao meu mastro e deslizei a pele fina que tinha envolta do meu falo para baixo depois para cima e ver o menor passar a língua nos lábios. Sorri nasaldo e me aproximei mais do ômega.

- coloque na boca, anjo.-

Diz puro desejo.

O ômega parecia indeciso, mas foi eu tentar falar algo que senti suas pequenas mãos em volta do meu pênis.

Jimin meio tímido deu uma lambida na minha glândula avermelhada e isso resultou em um suspiro meu.

- apenas pense que é um doce que você mais gosta, jimin-shi!-

Fala malicioso.

Jimin me olhou um pouco incerto.

- c-como um pirulito?-

Pergunta inocente.

Mordi meus lábios de leve, como pode ser tão inocente agarrado ao meu pau.

- sim, anjo! Mas não morda!-

Diz alertando as três últimas palavras.

O loirinho confirmou com a cabeça e voltou sua atenção para minhas parte íntimas.

Ele abriu novamente a boca e senti sua língua macia de encontro ao meu falo, o ômega lambia toda a extensão fazendo me arrepiar, jimin gemeu em meu falo e foi quando senti toda a umidade de sua boca quente.

- ah jimin, isso!-

Diz rouco.

O ômega pareceu se ensentivar e fez ele chupar com mais vontade, as vezes seus dentinhos raspavam em meu falo, mas nada de desagradável e sim mais prazeroso.

Ele fazia círculos em volta da cabeça do meu membro e as vezes parava só pra chupar o mesmo local, peguei em seus fios loiros e fiz engolir meu pau por completo. Rosnei ao sentir a cavidade bocal do ômega, ouvi alguns grunidinhos da parte do ômega e tirei rapidamente olhando para aqueles dois pares de olhos brilhando pelas pequenas lágrimas do canto do olho. Arfei com a cena do ômega e logo o levantei o beijando loucamente.

- kook-ah-

Diz manhoso.

Suguei sua língua e recebi um gemido agudo do ômega, jimin estava com as mãozinhas em meu ombro e as vezes ele cravava suas curtas unhas. Deitei jimin vagarosamente na cama e fui beijando seu pescoço, chupei e mordi deixando meu ômega mais nessecitado.

- ah jimin! Quer continuar mesmo?-

Pergunta eufórico.

- sim kookie, jimin quer, vai doer kookie?-

Pergunta com a respiração acelerada.

Olhei para o ômega e dei um selinho casto em sua boquinha.

- Só um pouco, mais depois passa.-

Diz encorajando o pequeno.

O ômega fez sim com a cabeça e eu abracei o meu pequeno.

Rosei levemente meu falo em seu entrada que já estava lubrificada pelo o mesmo estar no cio, Suspirei no ouvido do ômega pelo o contato. Jimin se agarrou mais forte a mim e eu empurrei a cabeça do membro em sua entrada apertada, o ômega Gemeu, fui indo bem devagar para não machucar Jimin que gemia mais manhoso, entrei no ômega com facilidade por conta da lubrificação e senti as unhas do pequeno se afundarem em minhas costas. Ofeguei em seu ouvido, era tão apertado e quente, comecei a me mexer devagar e os gemidos manhosos de Jimin entregava o quanto estava doendo e dando prazer ao mesmo tempo. Beijei seu bochecha e continuei com os movimentos.

- tão fofo...Jimin - ah-

Sussurrou no ouvido do pequeno.

- meu jiminie...Só meu..-

Dizia com amor nas palavras.

- ah..awnn kookie...-

Gemeu dengoso.

Escutar ele me chamar só me fez aumentar minhas estocadas no pequeno, já ia mais rápido e duro dentro do ômega que gemia sôfrego em meu ouvido, ouvia nossos corpos se chocando misturando com nossos gemidos. Afundei meu rosto em seu pescoço e comecei a lamber fazendo Jimin gemer mais ainda meu nome, mordi o local e me afastei um pouco de Jimin para apreciar sua face de prazer, e pelos deuzues jimin estava com um face inocente e ofegante.

- ah jimin...-

Diz em rouquidão.

Fechei meus olhos em deilheite quando o ômega contraiu a sua entrada com meu pau dentro de si fazendo suas paredes de carne me apertarem.

Isso já estava me matando, mordi meus lábios e dei uma estocada mais forte dentro de Jimin que resultou em um gemido alto da parte do menor. Abri meus olhos e vi que o ômega também me encarava continuei as estocadas lentas e vi meu loirinho revirar os olhos aproveitando o momento.

Trocamos de posição e jimin era quem estava em cima de mim, com suas mãos espalmadas em meu peito, com o rosto virado de lado, jimin rebolava no meu membro duro. Ele estava tão fofo e sexy naquela cena cheio de vergonha. Gemi rouco quando o mesmo cavalgou um pouco em cima de mim, senti que estava chegando meu ápice e fiz jimin se deitar sobre mim.

- impina bem essa bundinha pra mim jiminie...-

Fala rouco e malicioso.

Jimin enterrou seu rosto na curvatura do meu pescoço e me aproveitei na hora, segurei sua cintura fina e dei uma leve estocada seguindo de uma rápida e bem dura que vez jimin se esfregar em mim.

- ah tão gostoso..-

Diz sedutor.

Outra estocada, seguida do gemido manhoso de Jimin em meu ouvido.

- Meu ômega!-

Diz com a voz rouca e sexy.

Jimin se apertou mais sobre meu membro e foi o suficiente para eu dar mais algumas estocadas seguidas umas mais forte que a outra, fazendo a ereção de Jimin se chocar com nossos abs trazendo nois dois ao nossos ápices.Nossas respirações tentava se acalmar.

Depois de dez minutos jimin estava ainda na mesma posição, só pra lembrar eu não gozei dentro do Jimin, eu sai logo em seguida na última estocada. Jimin estava ronronando em meu ouvido, fazendo um só gostoso de se ouvir. Fechei meus olhos e aproveitei aquilo com o ômega, não o tirei de cima de mim e nem me importei, eu só sei que nunca na minha vida imaginei amar novamente alguém tão especial pra mim.

- jimin ama jungkook-

Diz com um amor cada palavrinha.

Naquele momento eu sabia, jimin era meu e eu irei o proteger de tudo desse mundo.

- Jungkook ama mais jiminie!-

Diz imitando o pequeno.

Sorri e beijei o topo da cabeça do loiro e vi que sua respiração ficou leve e jimin dormiu, logo não me demorei ao acompanhar e dormi logo em seguida com borboletas na barriga, coração calmo e quentinho com o meu ômega na sala de um hospital.


♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡



Notas Finais


Entao meu povo 🐙 foi isso

Espero que tenham

gostado desse capítulo.

comentem ❤👀

Aqui em baixo o

que você gostou e

não gostou da fic,

Beijos 😙😙

pra vocês logo trago

mais.

Desculpe se ficou curto demais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...