História Infantilism - Jikook - ABO - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Betas, Jikook, Jimin Bottom, Ômegas
Visualizações 725
Palavras 1.059
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - 07


Fanfic / Fanfiction Infantilism - Jikook - ABO - Capítulo 7 - 07

Me sigam no insta: @rukayu_fujoshi

Jin;

Que coisa estranha, esta muito quieto essa terde. Jungkook o que você está fazendo com Jimin?

Estáva apenas eu e Park na sala, vi que a mesma estava cochilando, tentei não fazer barulho e subi as escadas.

Olhei para o corredor, inspirei, senti o cheiro do ômega estava um tanto amenizado, senti um alívio, mas a preocupação se vez presente. Jungkook o que ele fez?! Apressei o passo, parei na porta e coloquei meu rosto de lado na porta branca para escutar algo, silêncio, franzi o senho fui girar a maçaneta dourada, mas ao empurrar ela não se abriu, tentei escutar algo de novo, mas nada, passei minhas mãos sobre meus cabelos e abri um mínimo sorriso, caminhei indo para as escadas e encontrei Park com a boca aberta, tapei minha boca e minha famosa risada começou a sair.

Depois de alguns minutos parei de rir e me aproximei da mesma, levei minha mão até seu ombro e sacudi não muito forte. Park abriu os olhos e sorrio fraco.

-que horas são?-

Pergunta bocejando

-deve ser 17:00 da tarde.-

Diz com um sorriso amigável no rosto.

Ela sorri e fecha os olhos novamente, repetiu sua mesma posição de antes, predi meus labios com meus dentes forçando para que minhas risadas não escapacem. Desidi ir na cozinha, puxei meu celular do bolso abri a caixa de mensagens, mordi o lábio inferior olhei em volta e no tinha ninguém por perto. Vi a mensagem do meu "parceiro secreto" e sorri de ladino.

Parceiro secreto:

Bebê Onde está? Tenho saudades, quero velo.

Sorri malicioso para a tela do celular.

Eu:

Também tenho saudades, estou na casa de uma amiga!

Parceiro secreto:

Quando vou poder ver você pessoalmente?

O que faz aí?

Digitando...

Eu:

Logo....ajudando minha amiga com seu filho.

Parceiro secreto:

Ah...bebê tenho saudades de seu rosto, mande um foto. Agora.

Eu:

Tudo o que você quiser!!

Enviando foto....

[Mídia]

Foto enviada.

Parceiro secreto:

Uau você está perfeito, como sempre, essa sua boca avermelhada...penso tantas coisas impuras.

Eu:

Aegyo! Assim fico com vergonha.

Parceiro secreto:

Você vai ficar com vergonha quando eu estiver dentro de você bebê,gemendo....bebê você não tem noção de quanto eu quero você!!

Arfei, ele era incrível, me éxito com ele apenas com suas mensagens, não, jin, controle-se não vai dar uma de jeon. Respirei fundo e voltei minha atenção para o celular.

Eu:

Estarei te esperando, daddy, quero você dentro de mim, forte e rápido...

Que vergonha, olhei em volta novamente para ver se estava sozinho, nenhum sinal de movimento.

Parceiro secreto:

Oh! Meu bebê é tão fofo, velo depravado...Me deixa completamente exitado.

Mordi meu lábio e sem querer minha língua deu um estalo, pus minha mão sobre minha testa e sorri perverso.

Eu:

Daddy...Posso ver o que eu causei?!

Larguei meu celular e tapei com minhas mãos meu rosto, eu estava quente, quente de vergonha e ao mesmo tempo exitado. Olhei para meu íntimo, não estava muito volumoso, mas senti ele pulsando, fechei meus olhos e fechando minha boca para nenhum gemido escapar.

(Vibração)

arregalei meus olhos, eu nunca recebi um nuds dele, meu Deus estou com mal pressentimento. Olhei novamente a minha volta e nada, peguei o celular com a mão trêmula.

Parceiro secreto:

Isso é só o começo Baby boy!

[mídia]

Nesse exato momento meu corpo esquentou e meu sexo se apertou em minhas calças, tapei minha boca para não deixar um gemido escapar, eu quero mais, não, não posso, tenho que respeitar.

Eu:

Ele é grande....

Digitando...

Me amaldiçoei por completo, predi novamente meus lábios.

Parceiro secreto:

Ksks como eu (escrevi) isso é só o começo, você quer ver até o fim?

Olhei novamente para os lados, jin, não, respeite, Suspirei.

Eu:

Melhor não, estou na casa de uma amiga.

Parceiro secreto:

oras...Vamos hum? Isso vai ficar entre nós Baby.

Gravando áudio: vamos baby? Você não quer ver o quão o grande o Daddy é....Sei que quer baby...Seu corpo está pedindo...Seja um bom menino hun?.

Céus, estou perdido, que voz é essa, tão rouco, tão sexy, tão meu, controle-se jin, respiro fundo e olho para minha tela de celular.

Eu:

Queria dizer sim...Mas eu respeito a casa da minha amiga...Me perdoe...

Parceiro secreto:

Tudo bem baby, tenho que ir até mais tarde, Beijos.

Eu:

Tchau Daddy!

♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡

Jimin;

Abri meus olhinhos lentamente, tentei me mecher mais algo pesado e forte me segurava pela cintura, olhei para atrás e vi o rosto do moreno em um sono pesado, sorri ao ver como ele era fofo até mesmo dormindo. Me movi devagar e fiquei cara a cara com o alfa, fiquei olhando cada canto de seu rosto, mas parei ao chegar à sua boca, olhei novamente para seus olhos para certificar que matia os mesmos fechados, ele dormia feito uma pedra. Ri baixinho, olhei novamente para seus lábios, sem perceber eu umedesso os meus. Estava impinodisado, kook é realmente bonito, fico vermelho por esse pensamento, ele era tão fofinho. Levo minha mão com cuidado tocando seus cabelos pretos, ao sentir os fios entre meus dedos sinto uma macies agradável até mesmo seus cabelos eram fofos.

-tão fofo...-

Diz num fio de voz

Meus olhos se fecham em perfeitos dois risquinhos, senti sua respiração em meu rosto e abri meus olhos novamente, ele avia ficado mais perto, Suspirei, tentei me afastar um pouco, mas suas mãos ainda se matiam em minha cintura. Toquei em sua bochecha com o dedo indicador.

-Jungkook...acorda...-

Pediu baixinho

-Humm. ..deixa eu dormi...-

Fala rouco

Fiz bico, eu queria sair dali, tentei empurra-lo mas o mesmo era pesado.

Toquei sua bochecha novamente, nada, ele não acorda, pensei em algo e sorri travesso.

Me aproximo mais do mesmo, abro minha boca e ponho a língua para fora, lambi na pontinha de sue nariz, ri por ver seus olhos logo se abrirem.

-acordou?

Ele franze o senho, perdi logo meu sorriso, acho que jungkook não gosta de quem o acorde. Ele aperta minha cintura, ainda calado ele foi se aproximando do meu rosto, gemi com seu aperto ficando mais forte, no mesmo instante meu corpo foi posto em cima do dele, uma perna de cada lado de sua cintura. Olhei apavorado para ele, o alfa abri um sorriso estranho, de novo aquele sorriso, o moreno colocou me fitava de uma maneira estranho.

Fiquei quieto, não ia falar nada, tenho medo de jeon, e pra lembrar ele é um Alfa ele vai machucar Jimin. Estou com medo.

-Calma, isso é só o começo-

Diz com sua voz rouca por conta do sono

Sinto sua língua áspera em meu pescoço, um arrepio percorreu pelo meu corpo, gelei, saltei de cima do mesmo e fui para a porta, destranquei e corri assustado, escutei sei grito pedido para Jimin voltar, mas eu estava com medo, meu corpo está doente.

-Omma! Jin!-

Gritou


♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡




Notas Finais


Então meu povo 🐙 foi isso

Espero que tenham

gostado desse capítulo.

comentem ❤👀

Aqui em baixo o

que você gostou e

não gostou da fic,

Beijos 😙😙

pra vocês logo trago

mais.

Desculpe se ficou curto demais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...