História Infantilism - Jikook - ABO - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Betas, Jikook, Jimin Bottom, Ômegas
Visualizações 691
Palavras 1.116
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Favoritem! Comentem! Compartilhe!

Capítulo 8 - 08


Fanfic / Fanfiction Infantilism - Jikook - ABO - Capítulo 8 - 08

Me sigam no insta: @rukayu_fujoshi

Jungkook:

Eu sabia que estava indo longe demais, mesmo vendo o corpo do pequeno sofrer espasmos a cada toque meu eu já estava quente. Mas foi só eu sussurrar aquelas palavras e ômega saltou do meu colo, tentei o chamar mas ele já avia atravessado a porta e então escutei sua voz a gritar, meu corpo travou no lugar, tentei ficar calmo mas meu coração estava tão agitado que era possível eu ouvir meus próprios batimentos. Depois de alguns segundos eu levantei da cama, colocando meu moletom preto no corpo, fechei os olhos tentando não me descontrolar por que a cada passo que eu dava para ir diante a porta o cheiro do ômega estava me atordoado o tempo todo, Suspirei pesadamente e fui para o corredor, travei novamente, o Cheiro doce empreguinado nas minhas narinas fez eu gemer desconfortável com aquilo. Dessi as escadas e vi Jimin, uma onda de ciúmes se fez presente por ver o ômega agarrado a jin, tentei expulsar esse sentimento bobo, por que eu já tinha visto o ômega agarrado no hyung, mas, meu lobo interior se irritou com aquela Sena em sem perceber eu já falava.

-O que está fazendo com ele, hyung?-

Fez uma pergunta calma mas dizendo sinico a última palavra.

Os dois me olhavam com raiva, eu não liguei, mas o que me doeu foi ver aqueles olhos pequenos com lágrimas caindo sobre sua bochecha gordinha, fiquei sério e dei um passo para frente, para completar minha angustia o pequeno se encolheu ainda mais ao Abraço do hyung. Parei no mesmo instante quando vi Jimin tremer, por mais que ele estivesse daquele jeito eu sabia que ele precisava de mim, fui tão impulsivo, tão idiota, fechei meus punhos com raiva de mim mesmo. Abri meus olhos e noitei o que fazia, parecia que a ficha do Jeon jungkook caiu na realidade, seu orgulho, ainda de olhos fechados eu comecei a rir.

-Do que está rindo?-

Pergunta com a voz seria a senhora Park.

Parei de rir quando a olhei.

-Tem certeza que ele não tem alguns parafusos solto?-

Pergunta mantendo a voz calma más cheia de deboche.

Ela me olhou incrédula, eu ri mais ainda, virei para Jimin, Merda, como ele consegue isso? Foi só eu encontrar seu olhar e meu coração já disparou como se minha ficha caísse novamente por notar a burrada que fiz.

-Jeon jungkook, quero que saia da minha casa. Agora!-

Ela dizia calma.

Ela foi até a porta de entrada e abriu a mesma e com um gesto com a mão dizendo para mim sair.

Olhei novamente para Jimin e vi seu olhar de tristeza, um nó enorme se formou em minha garganta. Soltei um suspiro pesado e por fim engolindo meu orgulho eu abaixei minha cabeça.

-Desculpa....Jimin.-

A voz um pouco trêmula saiu da boca do Alfa.

Autora:

Jimin ao ver que Jeon virou se de costas ele saiu do Abraço apertado do castanho e Abraçou o alfa pelas costas, as lágrimas grossas e já quentes agora Caiam nas costas grandes de jeon, jungkook nada falou e apenas deixou que um silêncio que ficou um pouco desconfortável. Jin então com a cabeça sinalizou para Park a seguir e assim deixando os dois sozinhos, jeon então se virou para Jimin, levou suas mãos uma de cada lado das bochechas de Jimin e acariciou elas com seu dedo anelar.

-Desculpa.-

Diz com a voz já recuperada, agora calma.

Jimin nada disse e se deitou na mão grande de jeon que o fazia carinho. Mas Jimin logo se recontorceu e caiu de joelhos apertando sua barriga.

-d-doi...-

Diz gemendo manhoso.

Jeon sabia o que acontecia então abriu um sorriso pequeno e pegou Jimin no colo.

-Eu vou cuidar de você-

Diz com sua voz já entorpecida de desejo.

O alfa beijou o topo tá cabeça de Jimin e o levou de volta para o quarto.

♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡

Sr.Park;

Após aquela cena toda ocorrer eu fiquei mais preocupada, eu não queria deixar jeon o tocar, não agora, não, ela então olhou para jin.

-jin..-

Chamou aflita.

-sim?-

Pergunta curioso.

Ela se aproxima do amigo e pegou nas mãos do mesmo o olhando nos olhos.

-Não quero jeon toque no meu filho.-

Disse firme

Apesar de estar correndo um risco eu não queria que meu ômega perdesse sua inocência, ele era tão novo e inexperiente.

-c-como?-

Pergunta com medo de ter ouvido errado.

Tentei me acalmar e assim que senti estar mais calma eu prosegui.

-Ele é tão jovem, jin tão inocente nesse mundo ruim.-

Ela dizia tentando não transparecer preocupação em sua voz.

-sim, eu entendo, mas sabe que é arriscado...-

Jin disse um pouco desesperado.

Olhei para nossas mãos ainda juntas e inspirei e respirei.

-Eu sei, mas eu vou dar um jeito, só não quero que Jimin Seja tocando, por favor jin tente entender.-

Ela falava calma mas a cada lufada que saia da sua boca dizia ao contrário.

-entendo, mas agora eles já devem estar no quarto.-

Disse olhando para acima.

Nesse exato momento eu me levantei e puxei jin comigo, subi as escadas rápido, não Bati na porta e entrei, a cena que eu vi e Jin hyung ficamos tranquilos por ver jeon agarrado no mesmo, vi o moreno fazer silencio com o dedo e eu entendi, jimin é sim um bebê inocente.

Fechei a porta e dessi más sem pegar nas mãos de jin novamente. Sentei-me no sofá e vi jin sorrir aliviado, então por curiosidade eu perguntei.

-O que foi?

Perguntou curiosa sorrindo.

-Nada, eu pensei mesmo que você ia mandar ele embora...Se...-

Interrompido

-se não fosse pelo Jimin, é eu sei...-

Disse sorrindo.

Jin então veio até mim e me abraçou, ele era um amigo entanto, ficamos daquele jeito até eu ouvi sua voz.

-Conheci um deus grego, acredita?-

Ele diz empolgado.

1,2,3, eu ri jin e seus amores secretos.

♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡

Jimin:

Fiquei com tanto medo, mesmo na conhecendo kook direito, eu ainda senti como se uma parte minha estava sendo levada, agora aqui no quarto de Jimin,  eu estava abraçado com ele, jeon se explicou e como as coisas iam funcionar, jimin não entendeu direito, mas até agora jimin queria saber o que é chuca, jimin perguntou diversas vezes, mas ele só ria. Jeon era uma caixinha de surpresas, uma hora bravo outrora carinhoso, mesmo ele sendo um tanto bipolar jimin adorava seu jeitinho.

-kook você não me disse, o que é um beijo?-

Pergunta curioso

Olhei levantando minha cabeça para ver seu rosto, jeon nada disse e se aproximou da minha bochecha, seus lábios tocaram minha pele e jimin fiquei todo envergonhado.

-Quer mesmo saber, jimin?-

Pergunta com a voz rouca.

Eu concordei com minha cabeça e jeon abriu um sorriso, sua mão agora em minha nuca e a outra em minha bochecha.

Senti nossas respirações se misturarem.

-Você me deixa louco, jimin.-

A voz embriagada de desejo e dominador.

Arfei com aquilo, eu queria mais do Alfa, fechei meus olhos sem perceber e fui em um encostar muito delicado e quase raspando Jimin teve certeza, jimin queria jungkook só para mim.


♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡☆♡



Notas Finais


Então meu povo 🐙 foi isso

Espero que tenham

gostado desse capítulo.

comentem ❤👀

Aqui em baixo o

que você gostou e

não gostou da fic,

Beijos 😙😙

pra vocês logo trago

mais.

Desculpe se ficou curto demais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...