História Infantilism - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jeon Jungkook, Jikook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, Yoonmin
Visualizações 418
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 38 - Chapter Thirty-Seven


Fanfic / Fanfiction Infantilism - Capítulo 38 - Chapter Thirty-Seven

Já havia passado alguns meses desde que Jimin tenha voltado ao seu estado normal, estava mais extrovertido e contente porém as vezes tinha alguns pesadelos daquela noite, mas o que aliviava o menor era que sempre que despertava, os olhos de jabuticabas sonolentos lhe encarava com preocupação e uma breve pergunta saía de sua boca: “Quer conversar?”.

Jungkook fazia de tudo para um tratamento adequado ao menor, mesmo que agora não tivesse muito tempo disponível, ele tentava dar sua maior atenção ao de cabelos recém tingidos de preto.

Jeon que sugeriu a coloração do cabelo, pois queria ver o Jimin atual com a cor natural de seu cabelo e óbvio que isso lhe custou algo. Jungkook tinhas agora seu cabelo castanho bem claro com mechas rosas, e obviamente Jimin amou o resultado.

Naquele momento, havia Jimin, Taehyung, Yoongi e Hoseok na sala, enquanto Park quase pegava no sono vendo um filme qualquer na televisão que Hoseok e Yoongi assistiam e Taehyung falava ao telefone com Minjae, recém namorados.

O que era um inferno para Yoongi quando o loiro inventava de ligar para o garoto enquanto estava ao seu lado, os dois eram melosos demais e Min odiava aquilo.

- Eu que te amo mais! – O Kim exclamou sorrindo bobo, Hoseok olhou para o de cabelos azuis – que fora retocado recentemente – que revirou os olhos. – Ah mas já amor? Depois eu faço seu trabalho e te envio por email... – Suspirou triste, Yoongi até começou a ficar feliz por sentir que a ligação estava ao fim. – Desliga você primeiro...não! Você primeiro!.

- Ah vai tomar no cu! – Yoongi exclamou se levantando e se virando para a porta.

- Aonde vai, hyung? – Jimin meio sonolento, perguntou.

- Sair, não aguento mais essa putaria.- Falou enquanto pegava o casaco e saía da casa.

Min olhava a movimentação das ruas, pessoas sorrindo e outras com um rosto carrancudo estampado, apreciava o fim da tarde aonde o céu tinha uma mistura de cores laranja e rosa. O tempo estava gélido, já era quase outono e as folhas já estavam começando a cair.

O de cabelos azuis suspirou meio triste quando reparou em um casal a sua frente, trocando carícias enquanto riam de vez em quando por alguma graça que seu parceiro dizia.

Yoongi se sentia meio triste em questão de relacionamento, todos em sua volta estavam juntos até mesmo o seu primo Youngjae que por coincidência cruzou seu caminho com Jaebum, seu amigo que lhe entregava cigarros no manicômio.

Só ele que tinha que ficar só?

- Yoongie? – O mais baixo pôde escutar a voz baixa do maior atrás de si. Fechou os olhos. – Está tudo bem? Você anda mais estressado que o normal, as vezes parece aéreo também. – Hoseok questionou ficando de frente ao de cabelos azuis que ainda mantinha os olhos fechados. – Yoongi, sei que não gosta que eu me introme...

- Eu me sinto só. – Ele soltou, ainda não abrindo os olhos. Hoseok arqueou uma de suas sobrancelhas e olhou para um lado e para o outro e então fazendo Min se sentar no banco de cimento ao seu lado.

- Você não está só, você tem Jimin, Jungkook, Taehyung, enfim...todos te adoram!

- Eu não me relacionei á isso. – Então o mais baixo abriu os olhos então encarando as orbes escuras e intensas do mais alto. Hoseok então depois de pensar, entendeu aonde ele queria chegar.

- Eu...eu queria ter a oportunidade de estar com você. – Ele começou. – Porém você sempre se afasta, evita até mesmo contato comigo.

- Eu gosto de você, Jung. – Revelou, fazendo então o de cabelos vermelhos arregalar os olhos com a confissão do mais velho. – Mas é uma necessidade lhe manter longe de mim.

- Por quê?

- Porque eu sou um problema, Hoseok. – Falou então com lágrimas nos olhos. – Eu não quero que você fique preso á alguém como eu, você é tão diferente. – Esclareceu abaixando a cabeça. Jung nunca havia visto Min tão vulnerável como estava naquele momento. Sorriu de lado.

- Você nunca foi um problema, Yoongi. – O de cabelos vermelhos respondeu. – Eu desde o começo vi você como uma pessoa maravilhosa, independente, seu jeito único de ser, odiar ser mandado. – Riu nasalado fazendo Yoongi sorrir consequentemente. – Eu desde o começo, mesmo sabendo das coisas sujas que você fazia, eu sabia, eu acreditava que você não era um problema. – Falou então fazendo Min lhe olhar e perceber o quão perto seus rostos estavam. – Você é bom Yoongi, pare de sempre se julgar e se ame. – Se aproximou fazendo as bochechas do mais baixo esquentarem. – Deixa eu te amar.

Min segurou sua respiração e fechou seus olhos, não sabia que Hoseok um dia fosse lhe abalar tanto com palavras. Ele estava impressionado, o de cabelos avermelhados sempre acreditara em si, seu coração estava acelerado e uma sensação boa lhe encobria. Era a sensação de se estar perto de Jung Hoseok.

Yoongi abriu os olhos e soltou a respiração calmamente, percebeu que Jung não havia se mexido, apenas seu olhar intercalavam entre a boca e os olhos.

Min se aproximou calmamente fazendo então seus lábios se juntarem, finalmente.

Hoseok passou sua mão pelo o pescoço do mais baixo, enquanto o outro segurava seus cabelos tingidos.

O beijo foi calmo e lento, gostoso como a brisa gelada que batia em seus rostos balançando seus fios de cabelos.

Min as vezes mordia o lábio do mais alto, puxava e então voltava a beijá-lo de novo, como estivesse esperado muito por aquele momento.

Quando finalmente se afastaram com as respirações aceleradas, Hoseok ameaçou de abrir a boca, porém Yoongi lhe interrompeu.

- Nem inventa de fazer alguma gracinha, porque se não pode ter certeza que eu te esfaqueio! – Esclareceu sentindo suas bochechas corarem mais ainda. Hoseok riu com aquilo e abraçou o de cabelos azuis.

- Meu baixinho.

- Vai a merda, Hoseok!

E depois de um passeio pequeno, os dois decidiram voltar para a casa, afinal sabiam que Taehyung tinha que ir embora e eles não queriam deixar Jimin muito tempo sozinho.

Mas Yoongi voltava para casa com uma certa felicidade em seu interior, e essa felicidade tinha nome e sobrenome.

Jung Hoseok.


Notas Finais


Awn Yoonseok ❤
Sei que o capitulo esta pequeno, sorry ❤
O próximo capítulo será Jikook e prometo trazer emoções pra vocês! Hehe

Até o próximo capítulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...