1. Spirit Fanfics >
  2. Infantilismo - Jikook >
  3. Capítulo 10 - Mimos e mais mimos

História Infantilismo - Jikook - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oie gente desculpa a demora tava muito ocupada com a escola e tals, tinha que estudar para as provas e fazer os trabalhos, mais agora vou tentar postar mais vezes. Espero que gostem.
Boa leitura ❤️

Capítulo 10 - Capítulo 10 - Mimos e mais mimos


     

                        Jimin



pisquei o olhos várias vezes para me acostumar com a caridade que passava pela fresta da cortina, maldita cortina! me viro de lado Dando de cara com o Kook, ele é tão lindo, seus lábios finos, sua pintinha embaixo da boca dá um charme a mais a ele, seus cabelos desalinhados, seu rosto inchado por causa do sono, aah que perfeição. Me aconchego em si, colocando a cabeça na cursa de seu pescoço e inalo várias seu cheiro, até que escuto uma risada.

- Amor faz cosquinha - O maior diz, enquanto me puchava para mais perto dele, a sensação de nossas peles se tocando era melhor, se nós estamos pelados? sim haha! - Amor tenho que levantar.

- Ah não Kookie, fica comigo - Peço manhoso, tentando convecê-lo.

- Até queria, mas o Namjoon vai comer o meu cú se eu faltar.

- Por favorzinho kookinho.

- Está bem eu vou falar com o Nam, se ela deixar eu fico se não, não - Se levantou da cama nú, deixando a mostra sua bunda bronzeada e durinha, foi até o banheiro, segundos depois o mesmo volta de roupão - Já volto - Disse e saio do quarto. Eu tento sair do cama, mas não consigo, Jungkook literalmente me "arregaçou " Aí! meu quadril dói para caralho,  eu não me arrependo longe disso, foi incrível, o Omma Jin disse que a primeira vez sempre doía um pouco, mas depois passava e bom ele estava certo. Já que não estava conseguindo levantar decido voltar a deitar e esperar Jungkook. Cenas da noite passada voltaram me fazendo relembrar de seus toques por todo o meu corpo, da sua língua aveludada chupando meus mamilos, meu pescoço e até mesmo meu pênis. Fico duro do de lembrar, nesse meio tempo chega, sua expressão era feliz.

- Então? - Pergunto.

- Ele deixou, mas terei que fazer hora extra - Disse e foi para o banheiro era possível escutar o som da água caindo, minutos depois ele volta - mas que tal um banho? - Perguntou, o mesmo estava encostado no batente da porta de braços cruzados.

- Não dá

- Por que não dá amor?

- Eu tô duro de novo - Após eu dizer isso foi possível ver um sorriso ladino em seu rosto, sem perder tempo o mais velho começa a se aproximar, no caminho tira sua cueca box deixando seu falo saltar, não era só eu que estava duro haha. Jungkook se aproximou rapidamente e juntou nossos lábios, me fez deitar novamente na cama e se arrumou no meio das minhas pernas, sem delongas se enfiou em mim.

- Aanw devagar Kookie - Dou um gemido dolorido, ainda estou dolorido e assado por ontem.

- Desculpa amor - Disse e deu um beijo na minha testa, o maior dava pequenos beijinhos no meu pescoço me fazendo esquecer a dor que senti. Dou uma pequena rebola que bastou para o maior entender, os seus movimentos que começaram lentos e devagar, foram aumentando, eu reviso os olhos quando Kook acerta minha próstata. Meus gemidos eram escandolosos, não importa se eles escutarem. Jungkook acerta de novo e de novo minha próstata, como eu estava sensível pela noite anterior, acaso chegando no meu clímax e gozo jatos fortes, sujando o meu abdômen e do Kook. Jungkook deu mais algumas estocadas e também chegou no seu clímax, gozou dentro de mim, merda a camisinha!

- Jungkook a gente esqueceu da camisinha, Não posso ter um bebê sou muito novo - Começo a ficar agitado com a ideia de engravidar.

- Calma Jiminie, depois eu vou na farmácia comprar a pílula do dia seguinte, está bem meu amor? - Perguntou enquanto dava selares no meu rosto, o mais velho se retirou de dentro de mim e me pegou no colo estilo noiva e fomos em direção ao banheiro. Com todo cuidado Jungkook  me colocou sentado na banheira e em seguida entrou na mesma se sentando atrás de mim, jogo minha cabeça para atrás apoiando em seu peitoral.



(...)



Nosso banho foi o mais gostoso teve algumas mãos bobas vinda do Kook, tive direito a uma massagem maravilhosa, aquelas mãos grandes e fortes são magníficas. Agora estou deitado na cama do kook, ordem do mesmo.



                   Flashback on



Após o Jungkook me vestir me aconchegou na cama, e foi se vestir o mesmo travaja um conjunto de moletom cinzas, a cal a moletom marcava suas pernas fartas.

- Amor eu vou compra seu remédio fique deitadinho até eu voltar - Sem esperar eu responder o mais velho saia do quarto me deixando sozinho.



                  Flashback off



Pego o controle da tv e ligo a mesma colocando no app da Netflix, hoje irei ver Sex Education, Jungkook disse que eu não posso ver, não quero nem saber. Bom meus planos vão por água a baixo, escuto passos se aproximando da porta do quarto aí meu cú. A porta se abre revelando o meu biscoito, ele estava com uma sacola e um copo de água na mão. Se aproximou e deixou as coisas em cima do criado mundo, pegou o conteúdo da sacola e me entregou junto ao copo.

- Toma amor - seu olhar vai direto para a Televisão - Por que não me esperou para assistir?

- Primeiro não sabia que você ia querer e segundo não vai brigar comigo por está assistindo?

- Não não vou, só mandei não assitir porque você era muito inocente - Se deitou ao meu lado, me puxando para si, apoio minha cabeça em seu peito e jogo uma perna em cima das deles, Jungkook começou a fazer um cafuné no meu cabelo...tão gostosinho. Enfim começamos a prestar atenção na série.


(...)


Já tínhamos assistido a primeira temporada inteira, Jungkook pediu para mudar de série e eu concordei então ele colocou para todos os garotos que eu já amei.

- Amorzinho quero mamar - Sim eu ainda uso a mamadeira, só de vez em quando tá?

- Mama aqui ele tá cheio de leite - Pertou seu membro por cima da calça e deu um sorriso pervertido.

- Não quero o seu leitinho agora Kookie, quero mamadeira - Digo fazendo um bico, eu sei que ele não resisti. Ele não disse mais nada apenas  alevantou e saio do quarto. Minutos depois trazendo minha mamadeira.

- Aqui em baby.

Nosso dia foi repleto de carinhos e muitos mimos.


Notas Finais


Desculpa pelos erros ortográficos e espero que tenham gostado.

Deixarei aqui o link da minha outra fanfic:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/sera-que-vale-a-pena--vmin-18608605

Sinopse:

Será que realmente alguém se importa com você?

Será que alguém te ama mesmo? Ou será que alguém gosta de você?

Será que é mais facil desistir do mundo ou melhor das pessoas?

Por que as pessoas falam em amor uma com as outras, mais sabemos que não passa de uma simples cena? Por que?

Por que as pessoas prometem sempre ficar ao seu lado, mas nunca ficam? Será que essa pessoas realmente te sentimentos? Acho que não.

O amor existe?

Muitas perguntas sem respostas pipocavam na cabeçinha de Jimin, realmente valia a pena viver?.

Park Jimin um jovem que simplesmente quer disistir de tudo e de todos. Com apenas 20 anos o pequeno não quer mais viver. O que será que causou isso. Será uma traição? Ou uma decepção amorosa?.

Kim Taehyung um lindo e inteligente rapaz que está preparado para mudar a vida de Park. Será que ele consegue mudar a forma dele pensar na vida?será?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...