História Infidel Love ( 2 Temporada ) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Chris Hemsworth, Fifth Harmony, Zayn Malik
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ally, Camila, Camilacabello, Camren, Camreng!p, Dinah, Lauren, Laureng!p, Laurenjauregui, Normani, Norminah
Visualizações 224
Palavras 2.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Procura.


Fanfic / Fanfiction Infidel Love ( 2 Temporada ) - Capítulo 6 - Procura.

Escritório do Advogado, Domingo, 24 de Fevereiro, 9:03 AM.

  POV Ally Brooke

  Eu sabia exatamente, quem iria ficar com a maior parte, Lauren havia feito outra separação, nesses últimos dias, então a divisão dos últimos anos não existia mais. Ela apareceu no vídeo, e vi que Camila levou um baque por ver ela assim, pela primeira vez depois de semanas.

Vídeo ON.

" - Se vocês estão vendo isso, quer dizer que algo muito ruim aconteceu comigo. A divisão dos meus patrimônios será o seguinte: 1/3 de todo meu dinheiro irá ficar pro Nicolas, 1/3 irá ficar pra minha princesa Luna, 1/3 irá ficar com minha namorada Camila. E como as crianças estão de menores ainda, Camila irá cuidar disso tudo, do dinheiro até eles tiverem 18 anos e puderem saber o que fazer. A mansão ficará mesmo com Alexa, mas claro que no nome de Nicolas, e a cobertura será de Luna, e todas minhas ações na empresa será passada pra Camila, mas Ally cuidará da empresa novamente, tenho confiança nela,  minhas casas que eu tenho espalhado pelo mundo, irei deixar a casa de praia daqui de Miami pra minha mãe, uma pra Alexa que se encontra no Texas e as demais serão de Camila Cabello.

Vídeo OFF.

  Ao fim do vídeo, todos ficaram de boca aberta, pois ninguém sabia que a divisão seria assim, Camila ao meu lado estava de cabeça baixa, seus olhos estavam arregalados, acho que ela estava pensando que era apenas uma pegadinha, e iriam por o verdadeiro.

- Os documentos, estão aqui comigo, como as crianças são de menores, Camila irá assinar por eles. - Alexa quase pulou no advogado, quando ele disse que Camila iria se responsabiliza pelos dois, Nicolas e a Luna.

- Não eu sou a mãe do Nicolas eu tenho que assinar pelo meu filho, e cuidar do dinheiro. - A veia de seu pescoço até estava saltada, pela raiva que ela sentia.

- Senhora Jauregui, deixou bem claro com quem iria ficar a responsabilidade, em sua namorada Karla Camila Cabello Estrabao. - Eu estava rindo por dentro, pra falar a verdade eu nunca gostei de Alexa, ela era muito falso com todo mundo, eu odiava pessoas assim. - Senhorita Cabello, venha aqui, assinar essas folhas pra mim.

  Camila levantou ao meu lado, e caminhou entre todos nós até o homem, sentou na própria cadeira dele, pois ele estava em pé, e assinou papel por papel, lendo tudo que podia, as najas estavam apenas olhando com tal inveja, pois a herdeira de Lauren, foi apenas Camila, a mais favorecida entre todos.

POV Michelle/ Lauren Jauregui

  Havia acabado de acorda, e ainda continuava pensando na garota da voz angelical, eu não sei nem quem era, e nem se existia mais eu queria saber quem era. Quando olhei pra minha mão, assim do nada, percebi uma coisa que eu não havia percebido ainda, uma aliança.

  Sentei na cama de uma vez, tirando o anel de meu dedo, querendo ver o que estava escrito, parecia muito com um aliança de compromisso, mas dentro apenas estava escrita, " KCCE, 11/23 ", como não havia percebido essa aliança antes ?

-  Quem é KCCE ? Meu Deus... - Fiquei um bom tempo olhando aquela aliança, sem saber o que fazer, apenas esperar, tinha hora que dava vontade de chamar a polícia, e então voltar pra onde eu morava que não sabia.

  Levantei da cama, estava com a merda de uma ereção matinal, puta merda, tinha que sair quietinha, pra ninguém me ver, se não seria vergonhoso isso.

  Graças a Deus ninguém me parou no corredor, se não acho que estaria vermelha igual um pimentão. Adentrei o banheiro, me olhando no espelho estava com alguns cortes em meu rosto, e minha testa havia um galo ainda, mais logo iria sarar, esperava eu.

   Depois de tudo resolvido, coisas em seus devidos lugares, fui pra cozinha da casa, dona Maria, Carlos, Marcel e Michael ali estavam tomando o café já posto na mesa. Sentei em uma daa cadeiras que estava livre ainda.

- Bom dia, dormiu bem menina ? - Dona Maria tão cuidadosa.

-  Uhum, sim igual um bebê. - Disse sorrindo assim todos riram também.

- Hoje tem mais um ensaio, amanhã você vai começar com a gente, iremos revelar nossa nova parceira. - Michael disse, eu não estava preparada, seria muito perto, apesar de ter aprendido todas, ontem ficamos até a hora deles irem pro bar, então cantamos várias vezes a mesma música.

- Eu não t...

- Você tá sim, não vem com essa não, se não a gente te joga no rio de novo, tá ligada que nós conseguimos fazer isso. -  Carlos havia dito.

- Você não aguenta nem com você, eu que você não vai aguentar, eu sou gorda, então sem chances campeão. - Pisquei pra ele, levando um pedaço do bolo até a boca.

- Maldade isso em Michelle, você vai ver vou te derrubar, quando estiver acabando aqui. - Ri mais ainda de sua audácia, de tentar fazer algo comigo.

- O bebê precisa comer, pra ter força pra me pegar ? Que fraco. - Sorri, acabando meu café, levantei da mesa.

- Querida, eu fiz algumas roupas hoje cedo pra você, vê se serve, está em seu quarto. - Fiquei surpresa, como ela havia conseguido fazer isso tudo hoje de manhã e ainda antes do nosso café.

- Nossa muito obrigada. - Lógico que fui rápido pra ver, curiosa como sou meu Deus, iria experimentar roupa por roupa, pra ver qual iria usar.

***

5:34 PM.

Minha garganta doía, por estar fazendo agudos muito alto, e ainda ficar repetindo muitas vezes, estava acabando comigo, queria uma pausa pra poder beber algo, e descascar minha voz.

- Michelle, tu vai com a gente hoje, pra tu conhecer o local que vai cantar, então será bem melhor, mas hoje você só vê. - Marcel me disse, daquela maneira que se dissesse não, eu vou te matar, então você vai querendo ou não.

- Tá eu não tenho nada pra fazer mesmo, se eu ficar em casa, minha cabeça dói, então será melhor dar uma volta ver rostos novos. - Sorri, batendo na mão de Carlos, já estava animada antes de ir.

- Então mais uma passada nas músicas, e aí nós vamos todo mundo tomar banho e se arrumar, vai 1...2...3... - Michael, bateu as baquetas uma na outra, e tivemos que continuar, eu sabia que todo mundo estava cansado de fazer isso, mas fazer o que.

***

7:23 PM.

POV Camila Cabello

  Até agora, eu não acreditava no que havia acontecido, Lauren havia passado tudo pra mim, praticamente. E ainda foi como se ela desse a guarda de Nicolas pra mim, pois ao final da reunião, o advogado conversou comigo e disse, que a guarda do Nicolas era minha, pois Lauren deixou por escrito isso.

  Eu não sabia o que fazer, do dia pra noite eu ganhei uma empresa, só no nome claro, pois administrar não seria comigo não, nem sei o que fazer lá dentro.

   Estava viajando em minha mente, quando escutei meu celular tocando o peguei, Normani estava com Luna e Nicolas na casa dela, estava despreocupada quanto a isso, atendi no terceiro toque.

- Alô, Zayn ? - Sabia que era ele, será que ele tinha novidades ?

- Camila, tenho uma pista, mas não posso falar nada ainda, caso eu descubra algo eu te ligo. - Sem ao menos me deixar responder, desligou meu peito se encheu de alegria, será que ele descobriu o paradeiro de Lauren ? Meu Deus eu já estava nervosa por pensar nessa hipótese. 

  Sentei no sofá atrás de mim, fazendo uma súplica a Deus, queria tanto sua ajuda.

- Meu Deus, eu te suplico que ele ache Lauren, e a traga pra casa, do jeito que ela estiver, obrigada. - Minhas súplicas foram as mesmas quase que a todo momento, eu não cansei de pedir e não iria cansar mesmo.

POV Narrador

  Naquela hora, Lauren que era Michelle, estava adentrando o barzinho de beirada de estrada, que já estava muito movimentado por sinal, pessoas bebiam, se pegavam em frente as pessoas mesmo,  bebiam bebidas fortes, a decoração do lugar, era tudo no madeira, por isso fazia o local ser muito intimidador.

  A alguns quilômetros dali, Zayn havia conseguido achar o mesmo desvio de água que Lauren havia entrado, a algumas semanas atrás.

Ele seguiu a margem do rio, foram 2 quilômetros de distância, até o pobre homem, que estava acabado ver a casinha simpática do outro lado da margem, ele segurou firme sua arma que estava em sua cintura, continuo andando a frente, e logo viu uma ponte de porte médio, atravessou a mesma, assim indo na mesma direção que havia vindo.

  Quando chegou até a casa, viu pendurada em um varal, uma roupa social feminina, e batia com as características que Camila havia passado para o rapaz.

  Foi até a porta, batendo na mesma, sem cerimônia, tirou de seu bolso a foto que Camila tinha dado, pra poder mostrar pra todos.

  Dona Maria que estava dentro da casa, achou estranho alguém bater a essa hora da noite em sua pequena casa, mais pegou uma faca a levando contigo, até a porta abriu apenas um pequeno vão.

- O que o senhor deseja ? - A arma na cintura do homem não passou despercebido por dona Maria, e o medo instalou em seu peito.

- Você viu essa moça ? - Zayn virou a foto de Lauren, que pra dona Maria era apenas Michelle.

Mas, por brincadeira do destino, ou apenas pra proteger sua nova filha postiça, disse que não.

- Não nunca vi, obque aconteceu com ela ? - Queria saber, o que havia rolado durante esse meio tempo.

- Um acidente, mas agora eu vou voltar pra minha busca, com licença. - Maria apenas fechou a porta a trancando também, respirou fundo, e voltou pra cozinha mas a faca não saiu de seu lado nenhum momento.

Zayn estava puto, por ter enganado mas uma vez, era necessário, nesse momento, beber pra relaxar, iria procurar o primeiro bar que encontrasse pelo caminho, em sua cabeça ele iria desistir, pois era algo impossível até o enterro havia feito, pra que procurar uma pessoa que estava morta.

  Mas acho que o destino queria acertar alguma coisa, Zayn parou seu carro, no lugar em que Lauren e seus irmãos postiços, estavam.

  Ele desceu do carro, todo cabisbaixo, triste por perder um caso tão importante assim. Adentrou o local, caminhando direto pro balcão pediu a bebida mais forte do local, já era tarde, o show que rolava ja estava chegando ao fim.

  - Nós vamos trazer aqui, nossa mais nova cantora, Michelle, a partir de amanhã ela estará cantando com a gente aqui. - Carlos chamou a Jauregui pro palco, pra Zayn aquilo era babaquice, nem quis olhar pra trás pra ver quem era, continuo com sua bebida.

- Espero que vocês gostem, eu estou trabalhando duro pra conseguir, pra entrar aqui. - Nesse momento, Zayn virou, quando se tratava de mulher, ele quis saber, e quando seus olhos bateram na mulher que tinha no palco, ele ficou branco, ele pegou a foto de Lauren no bolso, olhando era exatamente ela, ele pegou seu celular capturando uma foto dela, mas como tava um pouco bêbado a foto não ficou tão boa, mas dava pra ver quem era.

  Todos que estavam no bar, aplaudiram a moça Jauregui, Zayn virou o resto de sua bebida, levantando de seu banco, caminhando até onde a mulher desaparecida, que estava diante de seus olhos agora.

- Lauren. - Ele segurou seu braço, a mulher apenas o olhou sem entender nada.

- Me solta, você deve está sa confundindo, meu nome é Michelle. - Lauren soltou seu braço, caminhando pra longe, sua mente estava confusa, quem era o cara ?

- Merda é ela sim, ela não sabe quem é ela. - O rapaz saiu correndo do bar, indo direto pra casa de Camila, iria demorar no máximo, 1 hora pra chegar até lá.

POV Camila Cabello

   Eu estava a ponto de comer meus dedos, pois unha eu não tinha mais, eu estava doida pra saber o que ele tinha achado.

  Escutei o telefone tocando, fui até lá era o porteiro dizendo que tinha uma rapaz querendo falar comigo, minha mente apenas pensou em Zayn o deixei subir.

Cada minuto que demoravam pra tocar aquela campainha era uma morte pra mim, mas fiquei em frente a porta, quando tocou já abri logo a porta, era mesmo Zayn que estava em minha frente.

- Eu... achei a Lauren. - Foram a unicas palavras ditas pelo rapaz, pro mundo parar em minha volta. 


Notas Finais


Um capítulo novinho pra vocês, espero que gostem. Votem e comentem. 

Até a próxima. ❤

Love you mi amores.

TT: @FAcidente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...