1. Spirit Fanfics >
  2. Infinity >
  3. Ele

História Infinity - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Ele


Garoto popular, descolado sempre que andava era rodeado de "amigos" que nunca o deixava sozinho. Sempre possuía todas as garotas que queria em sua mão, elas como tolas iludidas caiam no papo convincente e controlador que ele possuía mas no final as pobre coitadas eram apenas mais uma dentre muitas que já dormiu com ele.


O menino sempre foi rancoroso em todas as brigas que participava nunca havia perdido uma se quer.


Menino fora da lei possuía a noite como sua principal aliada participando de rachas ilegais pelo menos três dias na semana, era sua forma de encontrar paz em meio a tanta confusão. De várias corridas que participou raramente perdia mas uma de suas muitas vitórias quase lhe custou a vida.


O menino possuía uma família bem estruturada sua mãe era advogada, seu pai médico e sua insuportável irmã, o exemplo da família, havia passado em primeiro lugar para cursar nutrição, ele nitidamente era o excluído da família que era tão "perfeita". Seu pai reclamava todos os dias por causa do seu jeito, seu comportamento, da sua forma de viver  mas ele não dava ouvidos, o menino não terá perfeito e nem queria ser.


Ao mesmo tempo esse garoto tão "popular" se sentia tão sozinho pois ele sabia que todos aqueles que andava com ele só estão ali por causa do seu dinheiro. Não gostava da maioria das pessoas que o rodeava mas quem era ele pra reclamar sempre tratava os outros com indiferença. Ele era assim por fora mas ninguém sabia ao certo o que se passa na sua confusa cabeça.


O garoto na verdade tinha medo de fracassar, medo de não ser tão bom quanto seu país, medo de não conseguir o que almeja. Por mais que aparente não se importar, sempre se pergunta o que as pessoas falarão dele se ele cair será que o olharão da mesma forma?! Dizem que o que ele sente é normal devido a idade, é apenas mas um adolescente medroso, dizem que essa fase vai passar mas também esquecem de dizer que o que fazemos hoje afetará diretamente o amanhã.


O menino sempre é mal interpretado considerado um perfeito desordeiro mas na verdade ninguém o conhece por inteiro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...