História Influence - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Castiel, Kentin
Tags Alexy, Amordoce, Bad, Castiel, Drama, Kentin, Lemon, Romance, Yaoi
Visualizações 135
Palavras 998
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 3 - Abençoado seja o fim de semana!


Após passar a semana inteira morrendo de tédio e solidão, eu estava radiante com a glória do sábado e domingo, os dias em que, finalmente, poderia sair com minhas amigas.

Mandei uma mensagem em nosso grupo do wathsapp, chamado de ‘’A Liga da Justiça’’, perguntando se Rosa e Lynn poderiam sair comigo, ou se as duas já tinham compromisso. Estava de dedos cruzados esperando pela resposta, eu precisava muito delas.

Alguns minutos depois, Lynn informou que estava de malas prontas para viajar com os pais. A notícia atiçou minha tristeza, nós nunca mais saímos juntos, os três.

 Desde que ela começou a namorar o meu irmão, bem... Talvez eu esteja sendo muito ciumento, contudo, acredito ter me tornado um figurante na história.

Felizmente, Rosalya estava livre para dar a volta ao mundo se quiséssemos! Combinei com ela de ir ao shopping daqui á umas 3 horas.

Em quanto ainda tinha tempo, fui tomar café da manhã com meus pais. Eles estavam discutindo sobre dívidas e eu não quis me meter no assunto. Já estava um pouco sobrecarregado com meus próprios problemas, por mais egoísta que isso possa parecer.

Ainda aproveitei alguns minutinhos de TV antes de ir me arrumar para sair com a Rosa. Estava assistindo as três espiões demais, meu desenho favorito depois das winx. Quando o episódio terminou, fui tomar banho e escolher a roupa.

Como ia somente ao shopping, não vi necessidade em um traje ‘’super’’. Vesti apenas uma regata azul com estampa de unicórnio, acompanhada de uma calça preta rasgada e all-stars combinando com a parte superior da roupa. Ah, e um colarzinho com o símbolo da paz para manter a positividade, esse ai é o look do role.

Por ultimo, peguei o dinheiro e me despedi dos meus pais. Armin sequer estava acordado, aparentemente ele passou a noite inteira jogando LOL, comendo salgadinhos e discutindo em fóruns sobre sei lá o que, que não me interessa.

A parte mais fácil do meu dia desde que acordei, foi andar de ônibus. Como sempre, coloquei os fones de ouvido e fiquei observando o mundo através da janela, me sentindo o protagonista de um clipe dramático. Quando cheguei ao shopping, ainda tive de esperar uns 5 minutinhos para me encontrar com a Rosa.

-Ale, Oi! –A garota me cumprimentou.

-Oi Rosa! Como você está? –Completei o assunto.

-Estou bem, e você?

-Eu também! –Respondi. Desta, não estava mentindo. Sentia-me feliz por poder sair com ela.

Nós fomos andando e trocando assunto. Entramos em algumas lojas como a Clara’s para comprar uns acessórios e passar o tempo torrando dinheiro. Terminamos a estadia na praça de alimentação.

-Eu tomei um susto quando Leigh disse que a camisinha tinha estourado... Felizmente não estava no período! –Rosa me contava sobre as desventuras de seu namoro.

-Ai, que bom! Não estou pronto para ser padrinho ainda... –Nós dois rimos com o que eu disse em quanto decidíamos o que iríamos comer.

Comprei apenas um sorvete sabor céu azul, meu favorito, em quanto minha amiga... Bem, ela é magra de ruim! Esbanjando calorias, Rosa pediu dois Hambúrgueres, batata frita com bacon e um copo grande de refrigerante.

-E então, Alexy... Como vai seu coração?  -Minha companheira de shopping começou com os assuntos mais complexos de serem discutidos.

-É... Bombeando sangue, eu acho... –Respondi, sem jeito.

-Haha! Não seja bobo... Você sabe do que estou falando. –A garota deu um gole em seu refrigerante e completou- Desistiu do Kentin?

-Acho que desisti. Ele ficou muito ridículo depois que o Evan apareceu, sabe? Não é mais a pessoa por quem eu me apaixonei... –Expliquei, dando uma lambida no sorvete.

-Sei bem como é isso... –Rosa pareceu-me compreensiva. –Felizmente, o Leigh continua o mesmo amorzinho pelo qual meu coração decidiu se apaixonar.

Observei minha amiga sorrindo fofa. Eu sentia-me feliz por ela, e triste por mim. Às vezes, fico me perguntando se um dia irei encontrar um grande amor... E perco as expectativas ao ver que, à medida que o tempo passa a minha lista de foras só aumenta.

-Eu nem sei quanto tempo faz desde meu último namoradinho... –Cocei a nuca.

-Sério? Caramba! Preciso mesmo arranjar um par pra você! Mas eu sou um pouco contra essa política do namoro arranjado porque ela dificilmente da certo... –Rosalya parecia bastante pensativa.

-Se surgisse alguém apenas para me tirar da seca, eu já ficaria feliz! –Tentei manter o bom humor.

A garota riu um pouco e logo em seguida disse:

-Vamos tentar isso!

Nós ainda ficamos papeando por mais um tempo, até a hora de ir embora, por volta de umas 18h30minmin.

 Após sair com a Rosa, cheguei em minha casa revitalizado. É muito bom se divertir com os amigos de vez em quando, comprar umas roupas, jogar conversa fora e comer besteiras!  Conclui que quando estou acompanhado, acabo me distraindo dos problemas que me cercam. Eu, definitivamente, sou uma pessoa que precisa das outras, o que talvez seja algo muito ruim.

No fim de tarde, enviei uma sms no grupo ‘’A liga da Justiça’’, agradecendo minha amiga por ter saído comigo: ‘’Obrigado pelo dia MARA. Estou aliviado!’’. Admito que também fora uma maneira infantil e mesquinha de esfregar na cara da Lynn o que ela perdeu por optar não sair conosco.

Ainda com o celular em mãos, recebi uma mensagem inesperada de Castiel, o bad boy.

‘’Oi. Amanhã o Lysandre vai sair com a Nina e eu vou ficar sozinho de novo, então... Se vc estiver a fim de dar uma volta, comprar ração para o Dragon e ouvir musica descente, me encontra no parque umas 14h’’.

Surtei. Surtei como se um caminhão de doces tivesse batido na minha casa e tombado. Castiel realmente me achara legal a ponto de poder andar com ele?  Tipo, andar com ele, do lado dele? Caramba! Tudo bem, ele deixou claro que eu sou segunda opção, mas ainda sim... Eu sou segunda opção do Castiel!

As coisas estão ficando cada dia mais estranhas, e isso não é tão ruim. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...