História Inimigo Imaginário - Imagine Taehyung - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Tags Bts, Comedia, Imagine, Imagine Taehyung, Kim Taehyung, Taehyung
Visualizações 162
Palavras 565
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá! Tudo bem? Hoje trago mais um capítulo. Os dias que postarei é sábado e domingo, mas eu fiz esse capítulo antes do esperado, então resolvi postar hoje mesmo :p

Boa leitura~

Capítulo 6 - Capítulo 06 - Bolo Bronzeado


Fanfic / Fanfiction Inimigo Imaginário - Imagine Taehyung - Capítulo 6 - Capítulo 06 - Bolo Bronzeado

– Ei... até quando vai ficar sem falar comigo? – Ignorei. – Eu já pedi desculpas, S/N... – Estava olhando fixamente para mim. – Não dá para me perdoar não? – Me mantive calada, ele suspirou.

Quando eu saí correndo atrás dele na sorveteria, ele conseguiu ser mais rápido que eu, logo me cansei de persegui-lo e apenas ignorei o Kim o resto do dia, porém ele não me deixa em paz um único segundo, seja pedindo desculpas ou tentando me fazer sequer olhar para ele.

Admito que nem estou mais com raiva do que ele fez com o Jimin, mas é muito engraçado ver Taehyung se sentindo culpado. É bom para ele aprender a deixar de ser chato.

Apesar que acho que isso só aconteceria se ele nascesse de novo, afinal o nome dele praticamente é Kim Chato Taehyung.

– Você me dá medo quando começa a olhar pro nada fixamente. – Droga, acabei rindo. – ALELUIA! – Comemorou e fez uma dancinha retardada, o que me fez rir mais ainda.

Acho que na verdade não posso trabalhar na Globo.

● ● ●

– Adicione a farinha. – Disse lendo a receita para fazer bolo.

É, eu e a praga estamos cozinhando. O quão errado isso pode dar? Tenho até medo de saber.

– Ô SEU IDIOTA, NÃO PODE COLOCAR COM TANTA BRUTALIDADE NÃO. – Ele virou a farinha de uma fez, fazendo com que derramasse na mesa. Taehyung estava de costas para mim, e quando se virou, ri até ficar sem fôlego, pois sua cara também estava suja de farinha. – Você... é... um... gênio. – Quase não consegui falar de tanto que estou rindo.

– Para de rir, sua palhaça. – Pareceu uma criança xingando. – Você não me avisou nada.

– Desculpe, esqueci que você tem um QI extremamente baixo. – Lhe entreguei um pano para que pudesse limpar o rosto e a mesa.

Terminamos de preparar a massa, claro que com vários acidentes, mas isso não vem ao caso. Colocamos no forno e fomos assistir um filme que estava passando na TV.

– Nossa, que filme chato.

– Verdade, é igual você. – Não me canso de insultar o Kim.

Passamos bastante tempo só falando o quão horrível é aquele filme.

– S-S/N... esse cheiro que está vindo da cozinha é normal? – Virou o rosto lentamente para me olhar e eu eu fiz o mesmo.

– Nem um pouco. – Saímos do sofá em um pulo.

Corremos até a cozinha, abrimos e forno e pegamos o bolo utilizando uma luva. Bem, pelo menos eu coloquei a luva, o inteligente não, então começou a choramingar falando que queimou a mão. A mão dele só não queimou mais que o bolo.

– Acho que queimou, né?

– Não, imagina, Taehyung. O bolo só pegou um bronzeado.

– Pegou bronzeado no próprio sol, só pode. O que vamos fazer com essa coisa?

– Coitado, não chame ele de coisa! E o que mais poderíamos fazer além de comer?

– Você só pode está brincando... – Analisou minha expressão e percebeu que eu estava falando sério. – Não vou comer isso não, nem sequer deve estar comestível!

– Vai comer sim, nem que eu tenha que enfiar o bolo inteiro pela sua goela! – Ameacei. – Iremos degustar isso agora...

– O correto é "iremos morrer por causa disso agora"! Bem... vamos acabar com o nosso sofrimento de uma vez.

E foi assim que passamos o resto da tarde chorando sangue pelo quão ruim estava aquele bolo e também foi assim que o Taehyung acabou com a água do mundo de tanto que ele tomou para tirar o gosto ruim da boca.


Notas Finais


Até sábado! Bye Bye ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...