História Inimigos por acaso - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 4Minute, Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens BamBam, G-Dragon, Hyun A, Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook), Ji Hyun, Jinyoung, Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Personagens Originais, Taeyang, Youngjae, Yugyeom
Tags Inimigos Yoongi Suga
Visualizações 15
Palavras 1.404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie^^

Um pequeno prólogo pra vcs, capítulo nao6 foi revisado então pode ter erros

Até as notas finais♡

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Inimigos por acaso - Capítulo 1 - Prólogo

5 anos antes

Era engraçado como eu pensei que essaa férias seriam legais, eu estava com meus pais no casarão de meu avô em Buyeo, eu amo meu avô, mas estava louca para voltar a Gangnam, pode aténãoser a Cidademaia famosa, mas ali era meu lugar.

Mas bem , as férias não foram as melhores que tive, mas calma, calma que irei explicar:

Quando cheguei em Buyeo, depois de comprimentar meus avos eu subi ao quarto que sempre ficara quando venho pra ca, me deitei na cama e peguei meus fones, conectei no Mp3 e coloquei uma música calma, fechei meus olhos e tentei dormir ja que a viagem foi longa e cansativa.

Processo que foi interrompido por minha mãeque entrou em meu quarto sem bater e ofegante , deve ter corrido, ai você fala "mas so foi uma corridinha", acontece que o casarãoe enorme!

-Luanna Kwon!- me levantei num pulo quando ela disse meu nome inteiro, ao invés de Lunna- se arrume

-Calma mãe- fui até ela- respira- falei e assim ela fez- pronto agora fala com calma

-Nos iremos a um jantar que terá na casa de um grande amigo de meu pai, e ele chamou toda a família- ela suspira- por isso quero que se arrume

-Onde é esse jantar? Com quem é? Quanto tempo tenho pra me arrumar?- disparei vendo a maia velha me olhar meio confusa.

-Calma- agora foi ela que pediu- o jantar sera  no outro casarão, no fim da rua, ele e Min xxx, você tem meia hora para se arrumar

-Ok eu ja fico pronta- disse e vi minha mãe sair, fechei a porta e suspirei caminhando até o guarda-roupa que era de uma madeira pintada de branco, com bordas douradas.

Escolhi um vestido florido rodado e de mangas longas, peguei uma sandália branca e deixei as coisas sobre a cama. Caminhei até o banheiro e la tomei um rápido e quente banho pelo frio que estará fazendo hoje.

Voltei ao quarto e coloquei a minha roupa, deixei o cabelo solto e caido sobre o ombro esquerdo, passei um baton rosa claro e passei um perfume, sai do quarto e caminhei no corredor, dobrei a direita e continuei meu caminho. Desci pelas escadas, ja avistando meus pais na sala.

-Oi querida- disse meu pai assim que cheguei, o mesmo depositou um beijo em minha testa e sorriu- vamos?

-Vamos, vou apenas dar tchau para o vovô e vovó- disse e corri pelos corredores do andar debaixo ate a biblioteca onde sabia que eles estariam.

-Meu anjo- vovó disse assim que abracei a mesma- está linda

-Obrigada vovó, e que vou sair com meu pai e minha mãe, um beijo- beijei sua bochecha e fui até vovô- beijo vovô

Fiz o mesmo com ele e sai da biblioteca, corri de volta para a sala.

-Agora vamos

Disse e então saimos, a varanda estava iluminada e os seguranças estavam apostos para qualquer movimento infalso no local. Entramos no carro- por conta da rua ser bem comprida- e fomos até a casa desse tal Min.

Assim que chegamos, me agarrei ao braço de minha mãe e entramos na casa, era bem grande, assim como a do meu avô. Entramos pela varanda da frente e passamos pela porta da frente, o que nos deus visão de uma sala ampla e bem clara.

-Ji Yong!- quase dei um pulo ao ouvir uma voz alta ecoar no local- que bom que veio

-Eu disse que viria- meu pai rio e cumprimentou o homem- essa e minha mulher que ja conhece, e essa e minha filinha que tanto falei.

-P-prazer- disse e fiz uma referência.

-Que gracinha- vi o homem sorrir- venham, a mesa esta posta

E Então fomos a mesa, me sentei entre minha mãe e meu pai, mas a minha frente havia um menino bem palido, parecia um boneco de neve, ainda mas usando essas roupas claras que estava agora.

-Esse e meu filho Min Yoongi- disse apontando para o rapaz- e essa minha esposa Min xxx

-E um prazer- minha mãe disse sorrindo.

O jantar seguiu bem, se não fosse o olhar estranho que o garoto tinha sobre mim, parecia ódio. Eu tremia, queria sair correndo, mas aquela casa não conhecia e poderia facilmente me perder.

[...]

Quando terminei de comer, me levantei da mesa e fui até o jardim, abracei meu próprio corpo e fiquei andando ali sentindo o vento frio bater contra meu corpo.

-Feia!- escutei alguém gritar, era uma voz masculina, me virei de súbito e vi o garoto pálido da mesa- e você mesmo feia

-Cala a boca- disse me virando pra frente novamente. 

-Você se acha mesmo- ele disse rindo ironicamente.

-Idiota!

-Feia!

-Aish garoto me deixa- disse tentando sair dali.

-Não- ele segura meu braço- você está na minha casa, no meu ambiente, então não venha me pedir para te deixar sendo que você está na minha casa. Feia!

-Eu nem queria vir aqui- falei- agora me solta que ta doendo seu louco

-Não me chama de louco, Feia- ela falou irritado.

-Idiota- disse quase chorando.

-Ridícula

E Então começou uma briga corporal entre nós, ele puxava meu cabelo e eu arranhava sua pele que estava exposta, ele me jutava e eu dava tapas em sua cabeça. Ficamos os dois doloridos e marcados.

-Me solta idiota!- falei o empurrando.

-Sua feia

Ele saiu dali e eu chorei, chorei bastante, Ele disse e saiu dali, eu chorei. Chorei bastante, arrumei o meu cabelo e tirei a sujeira de minha roupa. Voltei ao interior da casa e meus pais se despediam dos donos da casa.

-Voltem outro dia- quando a mulher disse aquilo eu gelei, não queria voltar aqui nunca.

-Mas e claro- minha mãe respondeu sorrindo.

Me despedi também e corri até o carro. 

Assim que chegamos eu corri para meu quarto, nem falei com meus avos, o que me fez querer voltar, mas a raiva falou mais alto. Me tranquei no quarto e me joguei na cama chorando em silêncio.

Foi ali que meu ódio começou

Dias atuais

Escorei a cabeça na janela do carro e pedi para que o motorista aumentasse o som do rádio, ficava olhando as poucas árvores nas ruas e as casas passarem como borrões pelas janelas do carro em alta velocidade.

O som ate podia estar alto, mas eu não conseguia ouvir a letra da música, estava atordoada em pensar que teria de morar em Buyeo, a ideia ate é boa, ficaria de vez com meus avos e meus pais, ja que até então estava em Gangnam com uns amigos.

Quando vi apenas o preto atravez da janela, sabia que ja haviamos chegado, senti o carro parar e ouvi um barulho alto dos portões abrindo. Fiz uma careta pelo som alto e me indireitei no banco traseiro, o carro voltou a andar e passou pela pequena estrada de terra de 700 metros até a casa, ele fez uma manobra e parou frente a varanda que está como 5 anos atrás.

Suspirei pesadamente e abri a porta do carro, desci do mesmo e respirei fundo, com a mochila nas costas eu fui até a parte de tras do carro, peguei uma das malas e caminhei ate a varanda, subi os três degraus e passei pela porta da frente.

-Lunna!- me assuatei ao ver minha mãe me agarrar do nada, mas retribui desajeitada ao seu abraço apertado- eu senti tanta saudade minha filha, parece que foram séculos sem você.

-Mãe, calma- disse rindo- eu voltei, estou aqui, e foram apenas 5 anos

-Mas foi muito querida- dessa vez quem disse foi meu pai.

-Eu sei

-Temos visita- minha mãe disse me soltando e me puxando até a sala, parei de andar ao ver uma figura conhecida, arqueiei uma sombrancelha e olhei de lado para meu pai.

-Olá- disse forçando um sorriso.

-Ola Lunna- Sr. Min disse sorrindo- e bom te termos de volta

-Realmente, esta muito bonita querida- a mãe de Yoongi disse e eu sorri em agradecimento.

Depois de uns minutos de conversa eu subi para meu quarto, agora era outro, era maior, as paredes revestidas em branco e lilás, ao invés de guarda-roupa era um closet bem grande, a cama era de casal e a varanda era espaçosa, havia uma TV, perto da varanda havia uma mesa de estudos, o chão era todo coberto com um tapete peludo de cor branca.

Assim que eu terminei de arrumar todas as minhas coisas eu me joguei na cama, tentei dormir, mas fui interrompida por uma voz masculina um pouco desconhecida.

-Olha so, você voltou, feia

-Sai daqui Idiota- falei me levantando.

-Por que?- ele debochou- so vim aqui para dizer que você tera que me aguentar por muito tempo.

Ele disse e então saiu do quarto, fiquei paralisada em meu lugar

Eu mal cheguei e ja me acontece isso?



Notas Finais


Oie, bem, gostaram? Então, queria dizer umas coisas...

Essa história eu estoy reescrevendo, quem me acompanha desde o começo conhece ela ja, e sabia como era RUIM, havia muitos erros, coisas sem sentido e coisas fora dos gêneros que havia escolhido.

Mas agora eu elaborei melhor, planejei tudo certinho, estudei algumas coisas e prometo uma coisa: esta bem melhor que antes kkk. Eu queria pedir pra darem uma chanche a essa fanfic do meu mozão, utt supremo♡ pois eu estou me dedicando a ela

Sobre:
Garota estranha
A nerd e o Popular

Também irei apagar e reescrever pois não esta legal ao meu ver, e digo mais

Trarei muito mais fanfics para vocês,e uma coisa: Jimin Utteds, fiquem ligadas que tem várias histórias com ele hihi^^

Bem, apenas isso, queria dizer que os capítulos podem demorar sair, ou por falta de criatividade, ou por que esatrei sem internet, ou por que a escola ocupa meu tempo

Bjks e até o proximo capítulo♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...