História Injustiças e Verdades - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias A Madrasta, A Usurpadora, Angelique Boyer, Cuidado com o Anjo, Histórias Originais, Maite Perroni, Sebastián Rulli, William Levy
Personagens Angelique Boyer, Maite Perroni, Personagens Originais, Sebastián Rulli, William Levy
Tags Amizades, Amor, Drama, Misterios, Romance, Suspense
Visualizações 9
Palavras 468
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura 🌞

Capítulo 2 - Um novo começo


Fanfic / Fanfiction Injustiças e Verdades - Capítulo 2 - Um novo começo

             Quebra de tempo 

No café.

Arthur está na mesa de fora do café pensativo tomando uma xícara de café, quando seu amigo chega e se senta de frente pra ele, e começa a falar com ele.

Eduardo: Arthur... Arthur... Arthur (movendo sua mão na cara dele, pra chamar sua atenção)

Arthur: oi, você disse alguma coisa?

Eduardo: sim, estou aqui falando com você é você nem ai!

Arthur: desculpa, mas o quê você estava falando?

Eduardo: deixa quieto, mas me diz que aconteceu dessa vez! (chamando a garçonete para fazer seu pedido), por favor me trás um caputino, (olhando para a garçonete que anota seu pedido e vai pra dentro do café buscar).

Arthur: o mesmo de sempre, tó cansado já da Maria pegando no meu pé, de deixar o Henrique sem seu amor, sem seu carinho.

Fernando: ela continua ainda com seus ciúmes obsessivos?!

Arthur: sim está cada vez pior, e o que me incomoda não é isso, mas sim o fato dela não dá atenção ao nosso filho!

Fernando: você já tentou conversar com ela sobre suas atitudes.(a garçonete volta com seu pedido, colocando em cima da mesa e sai).

Arthur: tentei várias vezes, mas sempre terminamos com discussões.

Fernando: que situação dificil ( tomando um gole do seu café).

Arthur: mas além de tudo não é só isso, tem aqueles pensamentos que vem perturbando...

Fernando: aqueles que você me disse!

Arthur: exatamente esses, e eu tomei uma altitude sobre isso!... resolvi tirar alguns esclarecimentos que ficaram maus esclarecidos.

             Quebra de tempo 

Na frente do apartamento.

Max para o carro perto da porta do apartamento.

Montserrat: que agente veio fazer aqui?!  (Olhando para o apartamento)

Max sai do carro sem dizer nada e logo após abre a porta para Montserrat sai, ela sai e fica parada na entrada do apartamento.

Max: vamos, minha irmã já está te esperando!

Montserrat: sua irmã mora aqui?!

Max: sim

Eles entram, dão o bom dia para o porteiro e vão para o elevador. Max toca a campainha e sua irmã atende.

Rosa: entram (dando um abraço no seu irmão) estava esperando por vocês!

Montserrat: então você já tinha avisado a sua irmã.

Max: sim, eu liguei pra ela assim que soube que você ia sair da cadéia, aqui que você vai ficar!

Montserrat: eu não quero atrapalhar, eu posso procurar outro lugar!

Rosa: que incomodar que nada, vai ser um prazer dividir o apartamento com você (pegando a mala dela e colocando em cima do sofá).

          Quebra de tempo 

Na agência de modas.

Na sala de Victória, ela está em reunião com sua filha Malú e seu estilista.

Pepito: bom Victória estou curioso pra saber porque você marcou essa reuniãozinha!

Victória: eu chamei vocês aqui, por vocês serem as pessoas que mais confio.

Malú(Maite perroni): aconteceu alguma coisa mãe?!

Victória: nós precisamos achar urgentemente uma nova coleção, senão iremos a falência!.

Malú: como assim mãe?!

Continua. 




Notas Finais


Se vc quiserem colocar sugestões será uma honra adenter cada pedido de cada um


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...