História INNOCENCE - JiKook (2016) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Humor, Inocência Em Excesso
Visualizações 52
Palavras 499
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - "Onze. Doze! Treze..."


Mais um dia se iniciava, Jimin só queria que o final de semana chegasse logo, mas isso só seria possível daqui a dois dias.

Depois de levar Jungkook até sua escola, ele vai para sua faculdade e logo se encontra com seus amigos.

— E os meus sobrinhos? Já foram feitos? — Hoseok pergunta. Jimin revira os olhos.

— Não! E mesmo se tivesse "feito", ele não tem um útero pra ter filhos seu retardado. — o mais baixo responde.

— Aish, mal humorado! Vai que ele tem um útero e ninguém sabe. — Hoseok insistiu naquilo, todos riram menos Jimin que queria estrangular o mais velho.

Depois de mais assuntos aleatórios e desnecessários eles tiveram que entrar em suas devidas salas.


-☆-


No final de sua aula Jimin foi até a escola de Jungkook esperar mais cinco minutos para que o mais novo enfim saísse e eles pudessem voltar para o apartamento...

Mas Jungkook não voltou nesses cinco minutos!

E nem nos próximos dez.

Onze.


Doze!


Treze...


E lá em diante, Jungkook vinha correndo chorado. Jimin estranhou.

— HYUNG!! — o mais novo gritou enquanto corria até sua direção.

Ele veio de encontro com Park e o abraçou apernadamente.

— P-por favor hyung! Vamos l-logo. — disse ao se desfazerem do abraço.

E mesmo sem Jimin entender, eles entraram no carro, que o mesmo logo saiu dirigindo.

— O que aconteceu Jungkook? — perguntou. Jeon apenas ficou balançando suas pernas enquanto olhava para as mesmas. — O que aconteceu, Jungkook? Anda, me diz! — Jimin tornou a perguntar.

O pequeno o olhou ainda com lágrimas nos olhos.

— Eu fui transar com os meninos. — diz e Jimin quase falece ali mesmo.

— M-mas eu disse pra você não ir Jungkook, caramba! — responde tentando manter a atenção na estrada.

— D-desculpa, mas eu queria ir, pensei que não ia acontecer nada demais.

— M-mas e, o que a-aconteceu? — tornou a perguntar.

— Eles estavam tentando tirar minha roupa e a fazer coisas mais estranhas do que transar. — Jungkook respondeu de cabeça baixa.

— E o que eram essas coisas, Jungkook?

— Ah, eu não sei como se chamam. Mas eu sei que eles queriam que eu colocasse minha boca no pênis deles e outras coisas estranhas. — é, a raiva havia consumido Jimin naquele momento. Ele mal podia imaginar uma coisa dessas com seu dongsaeng que o sangue já fervia.

A vontade dele era de procurar esses garotos e esfregar a cara deles no asfalto por fazerem isso com um garoto como Jungkook.

— Desculpa por ter te desrespeitado, Hyung.

— Aish Jungkook. Mas você não deveria ter ido. — disse tentando manter um pouco a calma que lhe restava.

— Desculpa mesmo hyung. — Jungkook então começou a chorar mais, colocando as mãos sobre seu rosto. — Você vai me bater não é mesmo? — perguntou ao mais velho que ficou com seu coração apertado.

Ele não iria maltratar o seu pequeno Jungkook! Não mesmo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...