1. Spirit Fanfics >
  2. Innocent brother >
  3. Me ajuda

História Innocent brother - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Iai galera? Essa historia é so pra animar um pouco essa quarentena, estou com preguiça de revisar agora então me desculpem qualquer erro e boa leitura!


* Leiam as notas finais

Capítulo 1 - Me ajuda


Fanfic / Fanfiction Innocent brother - Capítulo 1 - Me ajuda

A casa dos Odinson tinha mais uma manhã tumultuada, como sempre. Mesmo sendo final de semana (dia em que os adolescentes da casa não tinham aula) Frigga, a mãe da familia, obrigava que todos tomassem o café da manhã juntos.

- Loki! eu não vou lhe chamar novamente! - grita a mulher da cozinha, já pondo as torradas e ovos fritos na mesa.

- Que saco! não se pode ter um inferno de manhã tranquila nesta casa?- Chega o moreno batendo os pés e sentando na cadeira.

- Ainda de TPM irmãozinho? - Pergunta o loiro sarcástico, sorrindo cinicamente, sentado do lado do irmão na mesa redonda.

- Não me enche Thor! - Ele empurra o rosto do irmão com a palma.

- Parem antes que eu bata nos dois, e Loki se você falar comigo novamente desse jeito eu juro que vou te dar um motivo para estar revoltado - Fala a mulher ameaçadora - Entenderam?

- Sim, mamãe- Os dois falam em uníssono.

- Ótimo! Seria fantastico também se o imprestável do pai de vocês fizesse alguma coisa além de mexer no celular...- Ela olha para o homem grisalho que finalmente se manifesta, ainda sem desgrudar do aparelho.

- Estou trabalhando - Fala simplesmente.

- Você sempre está, sempre... agora sirvam-se

Todos comem até se lotar e logo seguem para suas respectivas tarefas, os irmãos foram cada um para seu quarto, Odin foi trabalhar e Frigga foi assistir TV.

Sempre era assim na família Odinson, depois de tudo cada um em seu respectivo lugar, mas muitas coisas mudaram ao longo dos últimos anos. Quando Loki foi adotado era um menino muito gentil, inteligente e que cativava a todos, inclusive seu irmão Thor. Eles eram melhores amigos, sempre estavam juntos, até mesmo dormiam juntos, até que Thor entrou no colegial (o moreno sendo dois anos mais novo não pôde lhe acompanhar, mesmo só estando uma serie abaixo de Thor) e com o passar dos anos os dois foram se distanciando, e paralelamente Loki se tornava cada vez mais diferente, fechado e rebelde. Continuava a ser um garoto gentil, mas escondia tudo atrás de uma revolta sem motivo, todos preferiam acreditar que era uma fase.

O moreno escutava, em seu quarto, seu Heavy metal favorito, muito alto, o que lhe trazia uma imensa paz interior. Até que é interrompido por um bater em sua porta.

- O que foi?- Fala mal humorado.

- Você poderia abaixar o som? eu quero estudar! - Fala Thor impaciente.

- Desculpa, não estou te escutando, o som está muito alto...- Ignora o irmão, mesmo o tendo escutado

- Droga!- Ele tenta abrir a porta, mas ela está trancada, então a chuta.

Não podendo fazer o que queria, resolve fazer as tarefas que sua mãe lhe pediu.

Após alguns minutos, Loki sente calor, afinal estava no verão, e decide abrir a janela, se deparando com uma cena que o deixou petrificado e sem fôlego.

Seu irmão todo suado, com uma camiseta branca marcando os músculos definidos.

Ele engoliu a saliva vendo a cena.

O loiro então puxa a barra da camiseta para enxugar o suor do rosto, deixando aquele abdômen escupido pelos deuses todo amostra e brilhando.

O moreno tem uma ereção instantânea, e seu corpo começa a queimar, o que lhe deixa muito confuso. Ok, Loki já era praticamente um homem, mas era muito inocente. Como não gostava de interagir com outras pessoas nunca teve amigos para conversar sobre assuntos sexuais, sempre preferiu livros à internet tanto que nem ao menos tinha celular e sua familia nunca conversou com ele sobre o assunto, então a experiência dele com isso era igual a zero, já tinha tido sonhos eróticos principalmente envolvendo certo loiro lhe beijando ou até só se insinuando de forma sensual, mas ao acordar molhado nunca entendia o por quê.

O dia passou rapidamente e logo era noite, Loki agora lia um livro de enredo nórdico, mas não conseguia se concentrar nem um pouco, pois a cada momento a imagem do seu irmão, tão apetitoso, aparecia em sua mente o fazendo ter uma pontada em seu falo, chegando até mesmo a doer sua virilha. Não conseguiria mais continuar daquela forma, precisava acabar com aquilo, mas o que faria? não sabia como se satisfazer.

Se levantou em direção à cozinha para beber um copo de água e se acalmar, mas, no caminho, notou que a luz do quarto do irmão estava acesa. Seu coração errou uma batida, mas logo pensou, "quem mais poderia me ajudar?"

Se pôs de frente à porta do irmão, e envergonhado, apertou um pouco os lados de sua bermuda de moletom cinza e com a outra mão bateu na porta.

- Quem é?- O loiro pergunta sem abrir.

- E- Eu... - Sussurra Loki corado.

- O que você quer?- Agora Thor abre a porta revelando seu abdômen desnudo, apenas com uma calça de moletom preta, e cabelo humido de um banho recente, o que faz o menor ter outra ereção e ficar vermelho.

- Eu... eu preciso de ajuda...- Loki fala de cabeça baixa.

Thor ainda estava irritado com o irmão, mas o vendo naquele estado, de cabeça baixa e visivelmente corado pelas orelhas vermelhas, sabia que era uma emergência, então o deixou entrar.

O moreno adentra o quarto, cobrindo sua parte intima, puxando a camisa larga preta para baixo e se senta na cama cruzando as pernas.

- E então, do que precisa ?- Pergunta Thor também sentando em sua cama, com o cenho franzido.

- Eu... Eu...- Ele fica muito envergonhado e começa a gaguejar, olhando para qualquer ponto que não fosse o outro.

- Calma, olha... eu sou seu irmão mais velho, confie em mim, ok? - Fala atencioso, com um sorriso curioso.

- O-ok - Ele respira fundo e então solta de uma só vez- O que você faz quando seu p-pau está duro?

Um longo silêncio se instaura no quarto.

- Você está zoando com a minha cara não é? que tipo de brincadeira é essa? - pergunta o loiro incrédulo.

-Não, juro que não estou... - Fala corado, olhando para baixo

- Não me fode, você ainda é virgem irmãozinho? - O maior começa a rir descontroladamente- E ainda por cima não sabe bater uma?

- Não vejo graça... quer saber? vou embora, nunca deveria ter te pedido ajuda pra começo de conversa... - Se levanta, mas logo tem seu pulso puxado

- Espera, eu vou te ajudar, mas você fica me devendo uma, ok?

O moreno concorda com a cabeça.

- Ta, você tem uma namorada?

O moreno olha para ele franzindo a sobrancelha.

- Você não me perguntaria isso se tivesse... - O loiro suspira - Ok, vamos ter que fazer da maneira difícil... me mostra

- O-O que?? - Loki dessa vez fica completamente vermelho, envergonhado.

-Você quer que eu te ajude ou não?- O mais velho sorri um tanto malicioso.

O mais novo então vagarosamente, com as mãos trêmulas, abaixa sua bermuda, a tirando. Tamanha era a vergonha que nem notou o olhar fixo e ardente do seu irmão, em suas brancas e macias coxas e principalmente em seu rosado pênis, chegando a morder o lábio inferior para se conter.

Thor escondia muito bem, mas sempre teve desejos sexuais sobre seu irmão. Desde muito novo, sempre quis experimentar daqueles finos e rosados lábios e puxar aqueles negros e sedosos longos fios de cabelo.

Quando seu irmão foi a seu quarto, fazer tal pedido de ajuda, parecia com uma de suas fantasia impossíveis baseadas em pornô, mas tal cena estava perante si e ele tinha que se controlar.

- E agora? - Fala um sussurrante, vermelho e envergonhado Loki, sentado sobre a cama.

- Envolva ele com a sua mão e deslize para cima e para baixo- Fala calmamente.

- O-Ok - Loki fala e começa a se masturbar

O mais novo começa a se tocar e é tomado por uma eletricidade latente em seu corpo, que começou a ficar quente e ainda mais excitado. Não conseguia nem se concentrar em suas próprias expressões faciais que transmitiam tamanho prazer que sentia. O cheiro e o olhar do irmão sobre si, serviam para ele como um dos mais poderosos afrodisíacos.

-"sou realmente um pervertido" - o moreno pensava pensava.

Ao seu lado, certo loiro salivava com a cena, serrava os punhos para se conter, ao ponto de deixar as unhas cravadas nas palmas.

- T-Thor- Loki deixou escapar de seus lábios manhosamente, sem controle de seus atos, o que foi a gota d'água para o mais velho que já estava com o pau duro como pedra, marcado na calça.

Sem pensar duas vezes puxou o moreno pelo braço e o beijou, um beijo molhado, estalado e erótico, em que as línguas se enroscavam e deslizavam, fazendo o moreno chegar ao ápice, em sua propria mão, com poucos segundos, se separando do beijo para retomar o fôlego e ficando mole nos braços do loiro.

- Ah... foi incrível pra caralho...- O moreno fala ofegante e quando olhou para baixo viu a notavel ereção do irmão que fez sua bochecha queimar - Isso... é por minha causa? - Ele toca de leve com o dedo indicador, sobre o volume, falando manhoso.

- Não é nada... - Tenta esconder com a mão mas o moreno a tira.

- Ah, é sim... Você me ajudou... eu deveria te ajudar também, não é?- Sorri de leve, um tanto safado, tombando a cabeça para o lado.

- Tem certeza disso? - Pergunta um Thor quase perdendo a cabeça, mas hesitante.

- Sim... eu tenho certeza! - Na verdade não tinha certeza do que estava fazendo, mas seu corpo pedia por aquilo, mais que tudo no mundo.

- Então você ganhará a aula completa hoje - Sorri brincalhão, e toma novamente os lábios do irmão, dessa vez com voracidade e paixão.

Enquanto o beija lhe tira a camisa, revelando o corpo magro e esguio do menor, lhe tocando com habilidade, apertando-lhe a fina cintura e alisando os mamilos.

Sua boca logo foi descendo para o pescoço branco, que em breve ficaria totalmente marcado, o chupou, mordeu de leve e beijou conforme sentia vontade. Loki só tentava conter seus gemidos para seus pais não acordarem.

Ao mesmo tempo o pênis de Loki já estava mais animado que antes e o fazia estremecer com qualquer contato.

Thor já no limite, cessou as preliminares, se levantando e tirando a própria calça, fazendo seu enorme membro pular, quase batendo na cara do moreno, que arregalou os olhos surpreso, arrancando um pequeno sorriso convencido de Thor.

- Ok irmãozinho, próxima lição: boquete - Ele se senta ao lado do irmão

- C-Como??- Fala corando

- Simples, se ajoelhe aqui- Ele coloca o irmão ajoelhado entre suas pernas- Agora você vai lamber

Loki, com muita vergonha, segura o pau rosado e grande com as duas mãos e começa a lamber sua extensão. Fazendo Thor arfar de prazer, com os toques gélidos da mão e a textura da lingua quente do outro.

- Agora você põe ele na boca, e chupa, mas sem tocar os dentes

O moreno obedece e começa a chupar o membro, Fazendo o loiro jogar a cabeça para trás de tamanho deleite. Como Loki estava chupando estático, Thor o segura pelos cabelos e lentamente dá ritmo e movimento. O menor, desacostumado, engasga e deixa os dentes rasparem no falo algumas vezes, mas isso só excitava mais o loiro, principalmente a cena do seu irmão mais novo lhe chupando, pelado, em seu quarto e de uma forma tão erótica.

- Loki... eu vou... - Ele aumenta o ritmo do boquete e sem se controlar goza na boca do irmão, que inconscientemente coloca a língua para fora, engolindo uma boa quantidade, enquanto um pouco escorria de seus lábios, lhe deixando ainda mais sexy aos olhos do loiro.

- Thor... você é salgado e pegajoso... - Fala limpando o canto dos lábios com o dedão.

- Desculpa, na próxima eu tiro - Ele responde alisando o rosto do irmão que sorri.

- Quem disse que estou reclamando? - passa a lingua sobre o próprio dedo lambusado do liquido esbranquiçado, olhando fixamente dentro dos olhos cor-de-mar do irmão. E isso foi o suficiente para fazer o loiro ficar tão duro quanto pedra, tão duro quanto o proprio Loki.

O maior puxa o outro, que cai na cama e ele fica por cima, voltando a lhe beijar o pescoço, só que agora com maior brutalidade, e lhe segurando o pulso sobre a cabeça.

- Loki, eu não vou aguentar mais, posso?- Ele bafora contra a pele branca do moreno, que se arrepia completamente.

Esse simples gesto foi o suficiente para arrancar um gemido e uma forte ereção do moreno, que já estava bastante ofegante, corado e com os olhos semi cerrados.

- Você ainda pergunta, seu idiota?- Fala ferino, fazendo o loiro revirar os olhos e ele ri da reação do outro, o segurando o rosto e beijando - Por favor Thor, me come - Ele susurra no beijo fazendo a única linha de consciência do loiro estourar.

- Lambe - O maior o ordena, mostrando dois dedos e Loki obedece fazendo a expressão mais sexy que conseguiu, mesmo não sabendo o intuito daquilo.

O maior então posiciona seus dedos na cavidade do moreno, e adentrando, seu tesão estava no ápice, seu maior desejo na terra era se afundar no corpo esguio, leitoso e gostoso do irmão até ficar com o quadril dormente, mas já tinha se contido tanto o que seria só mais um pouco? Afinal, desejava que aquela fosse uma experiência fantástica e prazerosa para os dois, não queria que Loki sofresse no processo.

O menor se remexeu nos dedos de Thor, gemendo baixinho de dor, mas logo foi passando e se acostumando com a "presença estranha ali". Quanto mais o loiro mexia os dedos, mais Loki começava a achar a sensação gostosa, fechando os olhos para maximizar a sensação. Após alguns minutos ele sente o dedo ser retirado e abre os olhos desgostoso, confuso e curioso.

- Calma, não precisa me fuzilar com os olhos, agora que melhora- Fala o loiro com um sorriso safado e com os olhos fulminantes em Loki, que nada respondeu só continuou o encarando.

O loiro se posiciona entre as pernas do moreno que estava com uma ansiedade latente.

-Calma, você precisa relaxar - O loiro beija o topo da cabeça do irmão e lhe entrelaça a mão.

- O-Ok - Ele suspira e Thor vagarosamente lhe adentra o corpo, arrancando um gemido.

Loki se remexe desconfortável e o maior o beija para que o incômodo logo passasse.

Com alguns minutos o moreno deu sinal para que continuasse, e como o loiro já não conseguia ter muito mais controle o ritmo foi ganhando força e velocidade rápido.

- Thor... M-Mais... M-Mais forte... - Loki falava entre gemidos eróticos e contidos.

- Sim, alteza- Thor obedece, segurando com uma grande força a cintura branquinha do moreno, que com certeza ficaria roxa, e forçando seu grande pau dentro daquele corpinho, que apesar de pequeno tinha impressionante resistência.

Estocando com toda força contra Loki, logo sentira que iria chegar ao seu ápice, e começou a masturbar o moreno enquanto metia.

-AAWN T-Thor... eu v-vou enlouquecer.. - Gemia descontroladamente o moreno, que já não tinha controle de sua boca, nem de nada.

-Loki... você é tão gostoso... - Falava entre urros de prazer, não se controlando e dando alguns tapas nas coxas branquinhas do moreno, que agora ficavam vermelhas.

- Eu... Vou...- O menor fica com a mente em branco, como se estivesse nas nuvens e se desfaz.

Os dois acabam por gozar quase ao mesmo tempo, já que Loki ejaculou espremendo o loiro dentro de si que não resistiu.

Os dois se deitam lado a lado e encaram o teto tentando recuperar o fôlego.

-Isso foi... bom - Fala Thor por fim, ainda sem olhar para irmão, já que estava um tanto corado.

-É... e errado... - Loki fala corado.

- Você se arrepende...?- pergunta o loiro receoso, dessa vez olhando para o lado, onde o outro estava deitado.

- Não... mas deveria, né? - Ele sorri virando para o irmão, mas desvia o olhar quando viu que as orbeis azuis já o encaravam, um gesto muito fofo na opinião do loiro que o puxou para seu troco, fazendo o moreno o abraçar, se dando por vencido- Que tipo de doente gostaria de ficar com você, Thor? - Ele faz uma falsa careta.

- Talvez um certo depravado, que a poucos segundos estava gemendo descontroladamente sob o irmão, sem o mínimo controle - Brinca Thor dando uma leve gargalhada.

-Idiota! - Loki lhe dá um tapa no peito.

-THOR, O QUE ESTÁ FAZENDO? O QUE É ESSA BARULHEIRA? - Frigga bate na porta.

Os dois se encaram de olhos arregalados e logo Loki se esconde pelado em baixo da cama, por causa da adrenalina nem sentiu a dor de ter acabado de perder a virgindade, enquanto Thor puxava o lençol para cima e Frigga adentra o quarto.

- Ah... mãe... sabe coisas de garoto... eu esqueci de usar o fone...- Ele coça a nuca, sugestivamente, mostrando o celular fazendo a mulher corar.

-Oh... desculpe... - Ela ri um pouco sem graça e sai desejando nunca ter entrado no quarto- boa noite...

Os dois garoto morrem de rir assim que a mulher sai e loki se senta na cama, franzindo o rosto pelo incômodo ao sentar.

- Você realmente não tinha uma ideia menos vergonhosa? - Loki ri da cara de pau do loiro.

- Essa foi a única ideia que eu tive pra justificar os seus escandalosos gemidos e a minha nudez, me dê algum credito

- Não vou te dar nada - fala se aproximando provocativo do loiro.

- Você já me deu tudo que eu quero - puxa o moreno para mais um beijo, dessa vez calmo, carinhoso e terno.

- Eu tenho que ir, afinal, tenho que me preparar pra voltar a te odiar amanhã de manhã -Loki separa o beijo brincando e voltando a se vestir.

- Você está bem? está dolorido? - pergunta preocupado o loiro, observando o outro se movimentar de forma estranha.

- Thor, a dor me diz que isso foi real, então sim, estou mais que bem! - Sorri por fim.

O loiro sorri e se levanta abraçando o outro, o envolvendo em seus braços.

- Se você não parar de agir fofo assim, eu vou acabar achando que você amoleceu

- Nunca, baby - Ele sorri e se afasta indo para porta- Boa noite - fala saindo.

-Boa - Da um tapa na bunda alheia e fecha a porta, rindo ao ouvir um "idiota" ser resmungado.


Notas Finais


Iai? Gostaram? Não gostaram? Como está essa quarentena de vocês? Mais animada agora? Respondo todo mundo nos comentários.

*A foto é do loki meio rebeldezinho

Continua??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...