História Inocência - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Depressões, Família, Inocencia, Pensamentos, Tristeza
Visualizações 9
Palavras 596
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente
Avisos: Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Lembrando esta história e um teste, para saber o como eu posso melhorar em minha histórias futura.

Bora para a leitura.

Capítulo 1 - Innocence


Fanfic / Fanfiction Inocência - Capítulo 1 - Innocence

Aí estava ela, caindo em pedaços nas magoas passadas cometida pelos pecados do assassinato de sua própria vida, lá chorava gritando o porquê. Passava-se dias, até horas, ninguém saberia dizer exatamente, só sabia que lá estava. Semanas atrás ela estava novamente forçando as correntes, e as dores se tornando persistente. 

As pessoas sempre passando por ela a olhava, mas nem ao menos chegava perto, tinham medo de que algo lhes poderia ocorrer se aproximassem, eles na verdade nem ao menos ligavam para ela, não se importavam... 

 

- Não me toque – ela dizia - não chegue perto de mim, ou sofrera as consequências – voltava a repetir, porém ela nunca fez mal algum. 

 

- Vagabunda ela e – dizia uns. 

 

- Ridícula – falava outros. 

 

- Suicida idiota – pensavam em conjunto. 

 

Mas nenhum deles realmente sabia a verdade, o que ela sentia, ou até pensava. O que importa para eles? O que sente? O que pensava? Onde vivia, ou como vivia? Nada, exatamente nada, para eles ela era só uma adolescente qualquer com frescurinhas, não os importava o quanto ela sente dor, ou como e tratada diariamente, como ou porque se corta dia após dia, se e que ela realmente se corta, suas decepções. 

Mas não estou aqui para falar sobre seus "dias ruins" não, não, não.... não estou aqui para isso... muitas vezes me pergunto, quantas vezes as pessoas se sentiram realmente bem com sigo mesmas? Quantas? Ser feliz não e só acreditar que você pode ou o que você deve fazer para ser feliz, não... ser feliz e algo mais, mas a inocência naquele dia não estava realmente feliz, não era porque ela não era feliz, não... ela era, ela até tinha uma boa família, sonhos que poderiam se tornar realidade se ela quisesse. 

Era tão empolgante vela feliz, principalmente em natais, altas risadas rolavam a solta, quando era criança, a chamavam de esperança, porque? Bom ela sempre estava lá, esperando aquele ser denominado de bom velhinho, ou seja, o Papai Noel, ela sempre tinha fé de velo de pertinho, assim como ela dizia, que quando o visse, estaria bem pertinho dele. 

 

- Ele chegara a qualquer momento e eu não o verei – dizia antes de dormir. 

 

- Mas ele só vem quando se está dormindo querida – dizia sua mãe lhe explicando pela quinta vez naquela semana. 

 

- Mas porque sempre quando estou dormindo? Porque não podia ser quando estamos acordados? - disse ela com uma carinha triste – ele tem medo de nós? 

 

- Não é isso querida, ele não tem medo de nós – disse a mãe com dificuldades em explicar o porquê de Papai Noel não aparecer para eles, sem que ela machuque seu pequeno coraçãozinho sem ter que fala a verdade, para não ver mais sua pequena triste decidiu encerrar aquele assunto –  agora vá dormir para que amanhã você possa ver o que ganhou de presente. 

 

- Mas mãe... - disse, sendo interrompida pela mãe. 

 

- Sem, mas, você tem que ir dormir – disse a mãe decidida. 

 

- Está bem – disse a filha frustrada – boa noite mamãe. 

 

- Boa noite filha – disse a mãe. inocência deu um beijo na Bochecha da mãe de boa noite e foi dormir, naquela noite inocência sonhou com milhares de possibilidades de conhecer o Noel, porém também ganhando seus brinquedos favoritos. 

 

Inocência nunca parou de acreditar que as histórias contadas de Papai Noel, fadas do dente, e entre outras, era verdade mesmo as pessoas dizendo ao contrário, inocência ao longo dos tempos quanto mais crescia, mais se tornava uma pessoa humilde, mesmo sabendo os males que tem o mundo a fora. 


Notas Finais


Bom, espero que tenham gostado, comentem por favor, isso me ajudará muito.
Xau :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...