1. Spirit Fanfics >
  2. Inocente Híbrida - Sana(TWICE)(G!P) >
  3. Briga

História Inocente Híbrida - Sana(TWICE)(G!P) - Capítulo 4


Escrita por: e RainbowMoon2


Capítulo 4 - Briga


Fanfic / Fanfiction Inocente Híbrida - Sana(TWICE)(G!P) - Capítulo 4 - Briga

P.O.V Namjoon

Estava caminhando tranquilamente pelas ruas quando escutei alguns barulhos em um beco que eu estava passando perto. E como o bom curioso que sou, decidi dar uma espiada. A cena que vi não me agradou nadinha, um homem estava agarrando bruscamente uma garota, enquanto ela tentava se soltar das garras dele desesperadamente.

— Ei cara, o que está fazendo? — Eu perguntei, aproximando-me. — Solta ela.

— Sai fora mano. — Ele disse e ontinuou agarrando a menina.

— Eu mandei você tirar suas mãos sujas dela! — Segurei seu ombro e o joguei contra a parede. — Você precisa limpar esses ouvidos melhor.

— S-sério que você vai proteger ela? — O homem perguntou, tremendo. — Ela é inútil!

— Ela é uma mulher, você deveria ter mais respeito. — Seguro a gola de sua camisa. — Eu vou bater tanto nessa sua carinha linda.

— T-tudo bem…— Sinto a menina segurar minha mão levemente. — A-apenas  deixa.

— Ugh! — Soltei sua gola e ela caiu sentado no chão. — Eu não quero saber mais de você perto dela, ou de outra mulher...porque a próxima vez que eu te pegar...

— D-desculpe. — Ele pede e levanta, correndo.

P.O.V S/N

CADÊ ELA?! Corria para todos os lados, quando vejo Sana entrando junto com um homem na loja, sorrindo e conversando com ele. Rosnei para mim mesma, não sei porque estou me sentindo assim em relação a ela.

— Sana! — Digo. Assim que me viu, veio correndo em minha direção, me dando um abraço, qual eu não retribuo e ela se afasta olhando para o chão. 

— V-você está brava?

— Falaremos sobre isso em casa. — Digo, friamente. Agarro sua mão e saio de dentro da loja, sem dar uma palavra com o homem.

Q.D.T

Entramos em casa e joguei a chave no sofá, tirando meus tênis deixando na porta. Sento no sofá e apoio os antebraços nos joelhos.

— Me desculpe por sair de perto de você. Eu só estava feliz e queria achar algo legal para você.

— Eu te avisei para não sair de perto de mim. — suspirei. — E você saiu!

— Já pedi desculpas, eu nunca pensei que daria de cara com aquele homem…— Sana sussurra, eu a encaro.

— E-eu só quero te proteger. — Digo, passando as mãos em meus cabelos.

— EU NUNCA PEDI PARA VOCÊ SER MINHA MÃE! — Ela grita, mas logo coloca a mão na boca. — N-não…

— NÃO 'TÁ BOM PARA VOCÊ ENTÃO? — Eu gritei, me levantando. — PODE IR EMBORA!

— V-VOU MESMO! — Sana grita de volta, com lágrimas nos olhos e caminha até a porta.

— VAI ENTÃO! — Cruzei os braços, vendo-a começar a soluçar.

— JÁ...Já estou indo! — Sana coloca a mão na maçaneta da porta mas para, abaixa a cabeça e soluça. — Não me deixa ir, senhora...por favor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...