História Insane Desire - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Yaoi
Visualizações 13
Palavras 756
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Segundo dia


Fanfic / Fanfiction Insane Desire - Capítulo 11 - Segundo dia

Kuzaki Rinko:

Aí mds eu tô atrasada eu falei pro Yuki que ia buscar ele as 8 horas, por favor tomara que ele ainda esteja dormindo, tomo o meu banho,me visto rápido, pego o meu carro um UNO eu ganhei ele dos meus pais quando completei 18 anos

Quando chego na escola vou direto pro quarto do Yuki, bato na porta e o Haru abre eu falo: 

-O Yuki tá aqui Haru?-

-Não-

-Onde ele tá então?

-Não sei mas deve estar no quarto daquele menino que ele tava ontem- responde irritado, isso parece ciúmes para mim kkkkk que estranho, então eu falo:

-Como assim você não sabe? E que menino é esse?- eu pergunto quando derrepende o Yuki aparece do meu lado com uma roupa enorme. E fala:

-Rinko o que você tá fazendo aqui?- eu olho para ele com uma cara tipo sério você esqueceu? Aí parece que ele lembrou por que ele fez uma careta e falou-Voce pode esperar alguns minutos eu só vou escovar o meu dente e já volto- então eu falo:

-Eu vou te esperar no estacionamento não demora

-Ok- então eu saio deixando os dois lá, o Haru com uma cara irritada e o Yuki com uma cara envergonhada

Haru Kaido:

A Rinko nos deixou sozinho, o Yuki estava no banheiro escovando o dente e eu deitado pensando o que sera que aconteceu naquele quarto, o Yuki já veio tomado banho será que eles tomaram banho junto será que eles transaram não ninguém encosta nele ele é meu. E eu vou comprovar isso agora. Entrei no banheiro e o Yuki estava secando a boca.

-Yuki você tá ficando com aquele menino?- ele me olhou com odio no rosto.

-E se eu tiver você tem algum problema com isso? E falando nisso a Rinko sabe que você trai ela e que também é gay?- eu pego ele pelo braço e jogo ele na cama subo em cima dele.

-E se ela não souber o que te interessa, ou você quer ser meu amante- ele cora e vira o rosto, então eu pego no queixo dele e faço ele olhar para mim, os olhos dele estavam vermelhos ele estava segurando as lagrimas.

- Por que você tá chorando amor?- merda falei o que eu sinto, tomara que ele não tenha escutado 

- o que você falou?-FUDEU(autor(a): toma seu troxa, ele ouviu agora se explica.)

-Por que você tá chorando- tomara que ele caia nessa 

-Não depois disso-Fudeu(autor(a): sério que você achou que ele ia cair nessa mds)

-eu falei amor, eu não sei o porque mas desde que você entrou naquela sala de aula e me deu aquele sorriso eu tenho pensado em você-

-Se você sentisse isso você não teria transado com aquele menino- ele falou fazendo um biquinho tão fofo

-O que foi está com ciúmes?- digo dando um beijo nele ele cora e fala:

-Ciumes de quem? Só se for do Haruno- saio de cima dele irritado.

- Então o nome daquele menino que você beijou é Haruno, quando eu vir ele eu vou ter uma conversa séria com ele- ele me olha estranho e pergunta

- Como você sabe que eu beijei ele?

-Eu vi com meus próprios olhos então não adianta negar

Yukihira Souma:

Fudeuuu, então era ele, mesmo assim eu só beijei o Haruno ele transou com o menino de cabelo rosa

-Eu não vou negar, aliás porque eu negaria já que você estava transando com aquele menino

-Como o Yuuta, sim ele me pagou um boquete mas quando você entrou e eu te vi com aquele rosto cheio de lágrimas eu me arrependi e mandei ele embora, decidi ir atrás de você e adivinha só o que eu vejo, VOCE ENTRANDO NO QUARTO DO HARUNO AI HOJE DE MANHA VOCE APARECE TOMADO BANHO E DE ROUPA TROCADA, EU NÃO ACREDITO QUE VOCE TRANSOU COM ELE, VOCE NEM CONHECE ELE- ele começa a gritar.

-NÃO EU NAO TRANSEI COM ELE E TAMBEM O QUE VOCÊ ACHA QUE EU SOU, NÃO EU NAO TRANSARIA COM UMA PESSOA QUE EU ACABEI DE CONHECER, E AINDA MAS QUANDO EU TO AMANDO VOCÊ, ELE SO ESTAVA ME AJUDANDO, A ESQUECER DE VOCÊ, VOCE NAO SABE O QUE EU SENTI QUANDO EU ABRI A PORTA DO QUARTO E VI AQUELE MENINO EM CIMA DO SEU PAU, VOCE NAO SABE O QUE EU SENTI QUANDO você me falou aquelas coisas você não sabe. Então não fale de mim quando você também fez as coisas- eu comecei gritando e depois fui vendo que não adianta então abaixei a voz, eu falei tudo o que eu sentia e sai daquele quarto deixando ele lá fui até no estacionamento encontrar a Rinko. 







Notas Finais


Será que eles conseguem se reconciliar?
Será que eu faço a primeira vez deles?
O que vocês acham ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...