História Insane Desire - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Yaoi
Visualizações 14
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse é o meu primeiro Lemom pessoal me perdoem se sair estranho

Capítulo 12 - Reconciliação?( PRIMEIRA VEZ-LEMOM)


Haru Kaido

Ele não transou com ele, ele também me ama,eu fiz muito merda tomara que ele não queira mudar de quarto, eu não posso mais viver sem ele, ele acabou de sair desse quarto mais já estou sentindo sdds dele, quando ele voltar eu juro que eu vou fazer de tudo pra ele me perdoar e se ele me perdoar eu vou fazer ele o homem mais feliz desse mundo. Passaram 2 horas eu acabei dormindo, acordei com uma barulhos, abro os olhos e vejo o amor da minha vida arrumando as suas coisas, ele percebe que eu acordei, vem perto da cama e começa a falar.

-Oi Haru, eu queria me desculpar por gritar com você, eu quero...- não deixo ele terminar e puxo ele para a cama, ele cai em cima de mim e eu o prendo com meus braços, o cheiro dele é tão bom, não sei como eu vivi esse tempo todo sem esse cheiro.

-Yuki me perdoa, eu não devia ter desconfiado de você, eu juro que não aconteceu nada demais com o Yuuta, eu amo você só, por favor me perdoa eu quero dormir com você e acordar do seu lado todos os dias, beijar a sua boca e falar pro mundo inteiro que você é só meu Ede mais ninguém por favor me perdoa, eu nunca mas vou gritar nem desconfiar de você, eu te amo muito, mesmo a gente só se conhecendo a poucos dias.- eu olho para ele e ele tava com seus olhos fechados.-Ei abre os olhos eles são lindos- quando ele abre os olhos eu vejo eles vermelhos, ele estava chorando, mas por que ? Eu falei alguma coisa errada?- O que foi amor, eu disse alguma coisa errada?

- Não você não disse nada, eu te perdoo, eu também te amo- eu beijo ele e peço passagem com a lingua, ele me dá passagem e eu começo a explorar aquela boca com um gosto único, ele é tão perfeito, eu desço os meus beijos para o pescoço dele, e quando eu vou tirar a blusa dele ele fala: 

-Voce pode ir com calma eu ainda sou virgem- isso é tão bom, o amor da minha vida é virgem, eu vou ser o primeiro é único dele,eu olho pra ele, ele está corado eu dou um beijo nele e falo: 

-Claro - eu beijo ele de novo e levo minhas mãos a sua blusa de novo, então eu paro de beijar ele e olho pra ele,ele confirma com a cabeça e então eu tiro aquela peça agora só falta duas peças, eu desço os meus beijos do pescoço dele para os mamilos dele, eu brinco com o direito enquanto chupo o esquerdo ele começa a gemer então eu faço uma trilha de beijos até a calça dele, quando eu vou tirar a calça eu olho pra ele em busca de permissão ele faz que sim com a cabeça de novo então eu tiro a calça dele junto com a cueca(autor(a): ei eu acho que ele deu permissão só pra tirar a calça não a cueca junto seu tarado/Haru: Cala boca autor(a)) e vejo o pênis dele, olho pra ele, ele está vermelho como um tomate

Passo a ponta da minha língua no membro dele e então coloco o que eu consigo do pênis dele na minha boca e começo a masturbar ele devagar ele começa a gemer 

-Aahm Haru- aumento a velocidade e o que eu não consigo eu masturbo com a mão quando eu sinto que ele vai gozar eu vou mais rápido 

-Haru eu vou gozar, acho melhor você parar.- eu continuo até que ele goza na minha boca eu engulo e dou um beijo nele para ele sentir o seu gosto, ele então me vira ficando por cima e começa a rebolar no pênis me deixando mais excitado ele tira a minha blusa e começa a chupar e morder desde o meu pescoço até o cós da minha calça quando ele chega no cós ele fica meio relutante então eu digo: 

-Eu você não precisa fazer isso- ele olha pra mim e fala: 

- Eu quero- ele tira a minha calça 

Yukihira Souma:

Eu tiro a calça dele junto com a cueca, pego o pênis dele e tento fazer os mesmos movimentos dele, primeiro eu passo a minha língua no pau dele como se fosse um picolé, depois eu coloco só a cabecinha dele na boca e dou uma chupada ele geme

-Hm Yuki, continua-eu continuo, então eu decido tentar colocar tudo na boca eu começo com movimentos devagar, até que sinto uma mão na minha cabeça me forçando ir mais rápido ele forçou eu engolir quase todo o pau dele o que eu não conseguia eu masturbava com a mão,com a ajuda dele eu amentei a velocidade da minha boca de da minha mão até que eu senti as veias dele engrossando e ele gozando na minha boca me fazendo engasgar

-Desculla Yuki, não deu pra avisar-eu beijo ele, e ele me vira na cama me deixa de bruço ele começa a beijar o meu pescoço e vai deixando vários chupões na minha Costa e na minha bunda quando ele chega na minha bunda ele dá um apertão que me faz gemer 

-Uhmm- ele abre a minhas nádegas e começa a lamber a minha entrada, ele enfia um dedo eu sinto um pouco de dor, então ele enfia o segundo dedo e deixa um pouco parado pra mim acostumar, depois ele tira e lambe três dedos dele e coloca em mim de novo eu vou pra cima com a dor, então ele deixa um pouco e começa a mexer, a dor ainda está presente mais o prazer é maior então eu começo a rebolar noa dedos dele, até que ele fala: 

-Relaxa ta, agora vem a melhor parte-

Haru Kaido: 

Eu virei ele de frente pra mim peguei o lubrificante dentro da gaveta passei um pouco no meu pau e um pouco na entrada dele então coloquei o meu pau na entrada dele, e fui enfiando de vagar para ele não sentir dor, mas não deu certo então eu fiquei um pouco parada até ele falar:

-Continua- eu então enfiei tudo de uma vez ele acabou dando um gemido de dor junto com as lagrimas que começaram a sair dos olhos dele, eu fiquei parado até que ele começou a rebolar então eu comecei um vai e vem devagar

-Maiiss rapiidoo... ahammm- fiz o que ele pediu e fui mais até que senti que iria gozar então voltei a masturbar ele até que ele gozou na minha barriga e mão e começou a apertar a sua entrada no meu pau fazendo eu gozar, cai cansado do lado dele.

-Essa foi a melhor transa da minha vida, eu te amo 

- eu também te amo-Yuki

 Eu cobri a gente e então adormecemos um abraçado no outro.



Notas Finais


Eu vou ver se vou postar mais capítulos hoje, se eu não postar hoje eu posto amanhã de manhã ou hoje de madrugada. Ou hoje às 3 horas ou amanhã às 5 horas eu ainda não sei, porque a minha criatividade eu acho que não está tão legal... Bom até agorinha ou sei lá kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...