História Insanity - JIKOOK - Capítulo 7


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Delírio De Capgras, Jeon Jungkook, Jikook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, piromania, Sociopatia, Violencia
Visualizações 480
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 7 - Talvez apaixonado


Fanfic / Fanfiction Insanity - JIKOOK - Capítulo 7 - Talvez apaixonado

P.o.v's Jimin

Senti a testura de seus lábios, a quanto tempo eu esperava...Me afastei bruscamente quase caindo no chão.

-- Me...desculpa, eu não sei...Confundi as coisas. Você deve ter...sei lá! Uma namorada te esperando...

Me levantei sentindo minhas costelas doerem, soltei um gemido de dor. Meu corpo inteiro parecia em chamas, não conseguia encarar o garoto. Ele veio até mim e me ajudou a me sentar em minha cama.

-- Não...Jimin, não tenho ninguém. Okay? E tome cuidado, você parece estar fraco... -- Ele acariciou minha bochecha e eu ri cínico.

-- Não me trate como se eu fosse quebrar. Já passei por mais do imagina. -- Me deitei olhando o teto.

Ele foi até sua cama e se deitou, ficou me encarando pensativo. Vi uma lágrima descer por seus olhos, queria conseguir confortar o garoto mas não sabia e ainda estava um envergonhado.

-- Boa noite, hyung... -- Se virou e eu não pude ver seu rosto.

Fechei meus olhos e tentei dormir, mas o que consegui por um longo tempo foi olhar o teto. Fui me acalmando e após um tempo dormi.

P.o.v's Jungkook

Ficamos ali alguns segundo e Jimin se separou

-- Me desculpa,eu não sei...Confundi as coisas!Você deve ter sei lá...uma namorada te esperando...--disse se afastando e levemente corado.

Se levantou totalmente e em seguida gemeu de dor,aparentemente pelas agressões que havia sofrido pelo diretor.

Me dirigi até ele e com cuidado o ajudei a sentar em sua cama,em seguida me pronunciei.

--Não....Jimin,não tenho ninguém.Okay?--eu estava sendo sincero--E...Tome cuidado,você parece fraco--me ousei a tocar seu rosto carinhosamente.

Ele riu irónico e revirou os olhos levemente.

--Não me trate como se eu fosse quebrar--me olhou serio enquanto eu o olhava preoucupado--Já passei por mais do que imagina.

Em seguida se deitou com dificuldade e fitou o teto branco que cobria toda a sua visão.

Não quis prolongar o assunto,sabia que iria o machucar.Então me dirigi até minha cama já arrumada onde me deitei.

Eu...estava me sentindo incapacitado de te ajudar,o que me corroeu por dentro.

Tudo que eu queria era poder sair desse inferno com ele...Poder ajudar ele a se afastar do diretor.

Mas quem sou eu para ajudar?

Se nem ele próprio conseguiu,quem dirá eu que cheguei a pouco tempo nesse lugar.

Eu odeio o diretor por machucar Jimin

Eu odeio esse lugar por prender Jimin

Eu me odeio,por não poder ajudar Jimin.

Deixei uma lágrima escorrer,foi incontrolável.Rapidamente a limpei tentando conter o máximo possível o choro.

--Boa noite Hyung...--me virei fazendo com que ele não visse meu rosto.

Ouvi o barulho dele se ajeitando em seu colchão e eu fitei aquela parede,por um longo tempo.

Não conseguia parar de pensar naquele beijo.

Eu me relacionei apenas com 3 meninas na minha vida,e ele é p primeiro garoto.

Sinceramente a atração que sinto por garotas é pouca,porém há.

Me descobri bissexual com 14 anos de idade quando acidentalmente vi o garoto que eu "admirava" se masturbando na escola.Mas não deu em absolutamente nada.

Eu só conseguia pensar o quanto aquele beijo foi bom,me deu chances para ter esperança de ajuda-lo e cicatrizar suas feridas.Porém...ele via como um erro.Tanto o beijo,quanto a mim.

Eu acho que amo Jimin...Meu colega de quarto de uma clínica para "loucos".

Acho que o mais louco dessa história sou eu,por ter vontade de levar esse sentimento adiante.

Com muito esforço,consegui adormecer.

P.o.v's Jimin

Com aquele barulho matinal dos alarmes em meus ouvidos, foi assim que acordei nesse dia.

Me levantei seguindo até o banheiro, me olhei no espelho mais uma vez. Horrível, destruído, era como me sentia por dentro e por fora. Vesti o uniforme que vinha com o nome que tanto odiava, Lennox.

Sai do banheiro e logo depois Jungkook entrou no banheiro, saio do quarto indo em direção a sala. Não queria ir tomar café.

As aulas se seguiram normalmente, o sinal tocou indicando que já se passava do meio dia. Todos se levantaram e seguiram até o refeitório. Peguei minha comida e já seguia para a mesa onde sentava, até que JungKook segurou meu braço me fazendo virar para ele.

-- Hyung, porque não senta com a gente? -- Apontou para a mesa onde ele e a maioria das pessoas sentavam. -- Só hoje...

-- Tudo bem.

Segui o mesmo e me sentei ao seu lado, estava tudo calmo até que um garoto riu com escárnio.

-- Sério? Vão deixar esse viadinho sentar com a gente? Ele esfaqueou o diretor.

Virei minha cabeça lentamente, sorrindo com desprezo. Iria me agradar bastante ver ele queimando.

-- Não fala assim com o hyung! -- JungKook se levantou e eu segurei sei braço, fazendo o mesmo se sentar.

-- Tudo bem, JungKook. Eu posso me sentar em outra mesa, espero que tenha cuidado com suas garrafas de álcool sabe? Acidentes sempre acontecem.

Sai dalí e me sentei na outra mesa voltando a comer.

P.o.v's Jungkook

Acordei como sempre com os alarmes da Instituição soando por todo o prédio,arrumei minha mochila antes de tomar meu banho e tomei assim quando Jimin saiu.

A partir daquele momento tive uma rotina normal...até o horário do almoço.

(...)

12hrs03min,proximidades de Busan Coreia do Sul.

Instituição Lennox


Soaram os alarmes da instituição novamente indicando que poderíamos deixar as salas de aulas e irmos para o refeitorio para ter uma das nossas únicas refeições diarias.

Peguei minha comida e segui para a mesa de sempre,onde todos ficam.

Porém no meio do caminho vi Jimin,se aproximar da mesa na qual almoçava sempre, sozinho.

--Hyung,por que não senta com a gente?--apontei para a mesa onde eu almoçava---Só hoje...

Seria saudável para ele se socializar e fazer novas amizades...

--Tudo bem--me seguiu até a mesa e sentou-se ao meu lado.

De imediato Jin se pronunciou.

--Sério?Vão deixar esse Viadinho se sentar com a gente?--que merda é essa?!--ele esfaqueou o diretor.

Jimin apenas riu irónico virando levemente a cabeça.

--Não fala assim do meu Hyung!--levantei batendo as mãos na mesa chamando a atenção de todos no refeitorio.

--Tudo bem Jungkook--disse Jimin--eu posso me sentar em outra mesa--se levantou e deu alguns passos,mas antes virou para trás olhando para Jimin--Eu teria cuidado com garrafas de álcool sabe...Acidentes sempre acontecem--se virou novamente se dirigindo a aquela mesa vazia no canto do refeitório voltando a comer.

Me sentei procurando me acalmar.

--Por quê fez isso?--olhei para Jin.

--Esse Viadinho esfaqueou o diretor e que vir com papinho pra perto de mim?!Me erra eu sou homem porra--riu alto--espera..não me diz que se importa com o seu colega Viadinho?

...Já chega.

--E se eu me importar?Qual o problema!Qual o problema em ele ser homossexual?E se eu também for homossexual?Também vai me chamar de "viadinho"?E se eu estiver apaixonado por Jimin ?Qual a porra do problema?!--falei em alto tom,chamando a atenção de absolutamente todos.

Inclusive de Jimin que me olhava assustado e ao mesmo tempo..surpreso.

Recebia olhares de todos naquele refeitorio,o silêncio permaneceu por algum tempo até que alguém o interrompeu.









--Srto.Jungkook,o diretor está te convocando até a sua sala-disse uma enfermeira do local.


Continua

(...)


Notas Finais


Obg por ler ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...