História Insanity or Love? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bipolaridade, Esquizofrenia, Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Koomin, Manicómio, Namjin, Taegi, Taehyung!top, Yoongi!bottom
Visualizações 387
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Prólogo


Universidade Hanyang - 15:00 P.M 

A universidade Hanyang era a melhor da cidade de Seul, estudantes e famílias ricas da alta sociedade. Neste mês de dezembro os alunos já tinham se formado semana passada como psiquiatras. Mas o diretor Kim resolveu passar uma prova extremamente difícil para que os jovens formados tenham a oportunidade de trabalhar em um dos maiores hospitais do país. Claro que a maioria dos alunos aceitaram fazer essa prova tão difícil, quem não queria se formar e já está empregado? Era a oportunidade única. 

No mesmo dia os alunos estavam na sala esperando o resultado. Só dois alunos poderiam ter o privilégio de trabalhar em Willbrook. Os jovens estavam ansiosos e nervosos. Torcendo para que sejam os escolhidos. 

— Será que vamos passar, Felipe? — a garota estrangeira questionou o amigo esperançosa. — Acho que errei tudo...

— Se acalme, pense positivo! — tentou tranquilizar a amiga. 

Os alunos ficaram em silêncio quando o diretor chegou na sala com uns papéis na mão. Ele dava um grande sorriso. 

— Bom alunos, vi que nesta universidade os alunos possuem vários talentos. São inteligentes e bem aplicados. Todos tem um ótimo futuro pela frente. Disso eu não tenho dúvida. Mas está tarde, só dois alunos foram selecionados. Tiveram a maior nota de toda a sala. Fiquei orgulhoso por saber que aqui estudam alunos interessados e bem focados. — sorriu largo — Sem mais delongas... Os alunos com a maior nota foram Kim Taehyung e Jeon Jungkook. Parabéns meninos. 

Os alunos começaram a bater palmas mesmo tristes com o "fracasso". Em forma de respeito aos colegas. Os dois alunos acompanharam o diretor até o escritório animados. 

Taehyung era um cara alegre e engraçado. Sempre rir de todas as situações. Pensando positivo. O garoto de vinte e três anos não era um aluno exemplar, ele só queria ter um emprego e se livrar dos pais. Não aguentava mais viver nas custas dos mais velhos. Kim sempre foi um garoto de festas e de amigos, mas depois que seu pai disse que iria tirar seu cartão de crédito, Taehyung se revoltou fazendo a tal prova que o diretor propôs. Ele sabia que teria chance. 

Diferente de Taehyung, Jungkook era um garoto sério e focado em seus objetivos. Não era um cara de muitos amigos, sempre odiou conviver com muita gente. Desde de pequeno Jeon tive o sonho de ser psiquiatra, sua mãe MinHee não aprovava essa escolha do filho, mas Jeon não ligava. Ele queria realizar seu sonho, e agora com vinte e dois anos conseguiu passar na prova com louvor.

— Meninos estou orgulhoso de vocês, Taehyung não sei que milagre conseguiu passar nesta prova. Você sempre falta as aulas. — o diretor comentou 

— Pra você ver que eu sou um gênio — se gabou, fazendo o diretor revirar os olhos.

— Jungkook, você sempre me dando orgulho. Você é o melhor aluno que eu já tive. — o mais velho sorriu alegre, fazendo com que Jeon desse um sorriso mínimo. O mais novo não gostava de demonstrar a sua felicidade, preferia guardar pra sí.  — Bom meninos, trouxe algumas fixas para que vocês escolham seus primeiros pacientes. — colocou os papéis sobre a mesa. Os jovens começaram a analisar as fixas de uma por uma precisava escolher seus pacientes muito bem. Em poucos minutos Kim acabou escolhendo primeiro com muita emoção.

Paciente: Min Yoongi 

Idade: 24 anos

Filiação: Min Bon-Hwa e Min YangMi

Diagnóstico: Transtorno Bipolar

Sintomas: Depressão, delírio, pensamento acelerado, fala rápida, excesso de sonolência. 

Comportamento: Agitação, agressão, automutilação, excesso de desejo sexual, inquietação, irritabilidade.

Humor: Ansiedade, apatia, euforia, mudanças de humor, raiva, tristeza, apreensão, culpa. 

Medicação: Anticonvulsivo

Histórico: O paciente já agrediu os enfermeiros, já tentou fugir do instituto duas vezes. Já agrediu os pacientes e tentou suicídio uma vez. 

Taehyung sorriu largo em escolher o paciente, não achava que seria difícil cuidar de seu caso. Logo Jeon escolheu seu paciente. 

Paciente: Park Jimin

Idade: 18 anos

Filiação: Park Eun Mi e Park Suk

Diagnóstico: Esquizofrênia

Sintomas: Delírios, pensamento confuso, ouvir vozes que os outros não ouvem, amnésia, confusão mental, desorientação, invenção de coisas, depressão, medo, paranoia.

Comportamento: Agitação, agressão, automutilação, hiperatividade, isolamento social, repetições de palavras sem sentido.

Humor: Ansiedade, raiva, falta de resposta emocional.

Medicação: Antipsicótico: Haldol.

Histórico: O paciente tentou suicídio cinco vezes, prefere ficar sozinho, suas crises são constantes, já agrediu alguns funcionários do hospital. Foi internado no hospital há quatro anos pelos pais.

Jungkook sempre teve curiosidade ver uma pessoa com esquizofrenia de perto. Achava fascinante, a doença era um mistério para o garoto. Ele iria fazer de tudo para ajudar o tal garoto. 

— Boa escolha, apartir de amanhã vocês irão começar a trabalhar, apareçam em Willbrook às sete em ponto. O Diretor do Hospital irá orientar vocês. Vou avisa-ló que vocês dois são os escolhidos. — afirmou. — Boa Sorte! 

Casa dos Jeon's - 19:00 P.M 

— Então filho? Você passou? — Mal o jovem chegou em casa e sua mãe Sook já estava cheia de questionamentos. Jungkook se sentou-se no sofá dando um sorriso pequeno para a mais velha assentindo. — Parabéns! Mas era melhor você ter estudado outra coisa, você quer mesmo cuidar de loucos? 

— Mãe... — suspirou — Eles são pessoas normais com problemas, não são loucos. Já conversámos sobre isso.

— Tudo bem, querido! Mas e então, já vai cuidar de algum paciente? Vai começar a trabalhar quando? 

— Amanhã mesmo... Estarei lá às sete da manhã. Eu escolhi um paciente esquizofrênico para cuidar. — respondeu vendo a sua mãe fazer cara feia. — O que foi? 

— Logo esquizofrênico meu filho? Você sabe que esses tipos de pessoas são perigosas, pode matar você. Ou quem sabe bater em você. Deveria ter escolhido um paciente menos... Complicado, tipo pacientes depressivos ou ansiosos. 

— Mamãe, nenhuma doença é menos complicada. Todas precisam ser tratadas. Pessoas com esquizofrenia tem delírios. Não vão machucar ninguém. — Explicou para sua mãe com toda a calma, Jeon não estava gostando da conversa. Sua mãe era cabeça dura. 

— Jungkook tem razão... — A namorada do jovem apareceu na sala se sentando ao lado do mesmo dando um selinho. Yura era uma menina doce e gentil, sempre apoiou o namorado em tudo. Nunca decepcionou. Jeon a amava muito. — Ele está realizando o sonho, a senhora não pode brigar com ele por causa das escolhas. 

— Tudo bem, vou deixar essa passar. — saiu do cômodo bufando. 

— Jungkook Oppa, estou feliz por você — abraçou o moreno. — Sabia que iria conseguir. 

— Eu também estou muito feliz — riu baixo — Meu amor, quero que torça muito por mim. Preciso me dar bem naquele instituto.

— Vou torcer sim, você é o melhor de todos. Eu te amo muito! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...