1. Spirit Fanfics >
  2. Inside X-men >
  3. Voltando às aulas, mas não ao normal

História Inside X-men - Capítulo 63


Escrita por:


Capítulo 63 - Voltando às aulas, mas não ao normal


~POV. Vampira~


Logan foi embora. Simplesmente foi embora. Ele disse que tinha medo de alguma coisa que faria ele fugir. O que era isso? Eu? Meus poderes que poderiam machucar ele alguma vez? Depois de tudo o que estava acontecendo?


Eu não entendo ele. E eu não sei como vai ser pra mim, sem ele aqui. Ele é a minha segurança.


Bobby é meu namorado, mas ele nunca foi.. nunca será como Logan..


Bobby é sempre tão próximo da Kitty Pryde. E ele diz que não, mas eu sei que quando estão sozinhos tem um clima entre os dois. Ela vê o Bobby como um herói pra ela.. assim como eu vejo Logan como um herói pra mim..


Eu apenas continuei e continuo com Bobby, porque ele insiste em continuar comigo, em lutar por mim, e eu nem sei porque. Eu sei que ele se sente decepcionado por não poder nem me beijar por muito tempo. Sei que ele sente alguma coisa especial por Kitty. E não sei porque quer continuar comigo.


Eu me apaixonei pelo Logan, depois de ele ter me salvado e ajudado tantas vezes. Ele sempre fez tudo por mim, sem querer nada em troca, e sem nem ter motivo pra ter que me salvar. Mesmo eu não sendo nada dele, ele simplesmente fez tudo o que fez por mim.


Eu não gosto de dizer para as pessoas o que eu sinto. Eu não gosto de incomodar as pessoas com meus dramas, nem mesmo a Paulline, minha melhor amiga.


E eu tenho que tentar passar por isso sem incomodar ninguém.


Se Logan quis ir embora, tenho que deixar que ele fique em paz, se ele foi embora por minha causa, porque não me queria mais por perto dele.


Mas o que me preocupa, é se Logan foi embora por algum outro motivo. Ou, que seja pelo motivo que for, tenho medo de ele estar em perigo.


Mesmo para o Wolverine imortal, há perigos. Ele se regenera, mas existem muitas pessoas que podem estar atrás dele, ou podem querer ir atrás dele se descobrirem quem ele é.


Isso é angustiante.


Eu só espero que ele esteja bem. Eu vou ser obrigada a tentar viver minha vida aqui, até ele voltar, ou até eu achar um jeito de fazer alguma coisa a respeito disso.


~~~~


~POV. Paulline~


Coitada da Vampira, eu sei o quanto é difícil pra ela. Só eu sei do que ela sente pelo Logan. E o quanto ela se sentia segura com ele aqui.


E embora eu não seja tão próxima do Logan, quanto ela e o professor são, eu também estou um pouco preocupada. O que terá acontecido pra ele ter decidido ir embora? E onde ele estará agora?


- Vampira! - entrei no quarto preocupada, procurando ela.


Vampira estava deitada em sua cama.


- Vampira.. - eu disse mais calma.


Então vi que ela estava chorando.


- Não fica assim.. - eu puxei a manga da minha blusa e sequei o rosto dela com os polegares cobertos pela manga da blusa. - Ele é forte e se regenera. Ele está bem..


- Foi por minha causa, Paulline..


- O que?


- Ele foi embora por minha causa..


- E porque ele teria ido embora por causa de você? Ele sempre está por perto de você, pra te ajudar..


- Mas você não ouviu o que o professor disse? Ele tinha medo de alguma coisa.. alguma coisa que fez ele fugir..


- E porque você acha que tem a ver com você?


- Os meus poderes.. que poderiam machucar ele.. à longo prazo..


- Do que você ta falando Vampira? Eu não tô entendendo. O Logan se regenera. E porque você iria tocar ele por longo tempo de propósito, se não quer machucar ele?


- Não é nada Paulline - ela disse se levantando da cama - eu não quero te perturbar com as minhas coisas..


- Vampira, nós somos amigas. Eu tô aqui pra te ajudar.


- Não Paulline, ninguém entende..


- Eu entenderia se você me explicasse..


- Não, não entenderia. Como o Logan disse, é complicado demais. Ele foi porque não queria... - ela se interrompeu.


- Não queria? - ela ficou quieta - Não queria o que Vampira?


- Ele não queria se envolver..


Eu demorei alguns segundos pra falar, meio incerta.


- Você quer dizer que ele não queria se envolver tipo..


- Ele tá certo. Ia complicar mais ainda o que já é complicado..


- Vampira..


- Não, por favor. Eu não quero mais falar disso.


- Eu quero te ajudar Vampira..


- Não tem como Paulline. Eu queria mesmo, mas eu sei que não tem como. Por favor, vamos esquecer isso..


Eu olhei pra ela ainda preocupada, e suspirei.


- Ok Vampira. Você quem sabe. - Então fui até ela - Só quero que saiba que eu estou aqui se você precisar de ajuda, e que você pode falar comigo - eu disse, acariciando o ombro e o braço dela.


- Ta, obrigada Paulline. Eu vou um pouco lá fora..


- Tudo bem.


E então ela saiu do quarto.


Vampira sempre tentou resolver seus problemas sozinha.


XXX


Saí do quarto, e fui atrás de Peter.


- Peter.. - disse entrando no quarto dele.


Ele parou na minha frente de repente.


- Oi meu bem.. - ele deu aquele sorriso lindo. Eu também sorri. Nós nos beijamos. - Falou com o professor?


- Sim, falei. Contei pra ele o que aconteceu nas férias na casa dos meus pais. Depois fui ver a Vampira. Ah Peter, mal começou esse ano, e já está acontecendo muitas coisas complicadas..


- O Logan né?


- Sim


- É, Bobby me contou.


- A Vampira não está nada bem. Logan significa muito pra ela..


- Ele salvou ela. É como se fosse um pai, não é?


- Hum.. acho que não bem isso..


- E então?


- Deixa pra lá Peter. Ele é um herói pra ela, só isso..


- Hum.. entendi. Bobby também disse que ela está treinando com o professor, pra controlar os poderes dela.


- Sério? Isso ela ainda não me contou.


- Ele disse que ela começou o treinamento no começo das férias.


- Ah entendi. Depois eu falo com ela, pra saber como está sendo esse treinamento. - dei uma pausa, e mudei de assunto - E os nossos outros amigos? Você já viu?


- Ainda não chegaram. Vão chegar amanhã.


- Ah sim.


- Esse ano promete hein. Somos o terceiro ano.. Os veteranos - ele disse sorrindo convencido.


- Porém, mais responsabilidades nos treinamentos também..


- Aé.. tinha me esquecido disso..


- Mas vai ser legal.. - eu disse.


- É.. deve ser como passar de nível em um jogo.


- Quase isso. Vamos andar pela escola? - convidei ele.


- Vamos.


Então nós fomos.


XXX


Mais tarde, fui falar com Vampira.


- E então, é verdade que você tá treinando pra controlar seus poderes?


- Quem te disse? O professor?


- Não. O Bobby disse pro Peter. Porque? Não era pra eu saber?


- Não, não é isso. Eu já ia te falar, mas, eu não quis que todos soubessem, pra não causar expectativas.


- Ah, entendo. Mas, como está indo o treinamento?


-... Bem, na verdade. Eu tenho feito alguns avanços. Controlado por algum tempo, sem sugar o poder ou vitalidade. Mas, eu estava indo melhor quando Logan estava aqui, me ajudando. Agora é o Hank que me ajuda, por ele ser o fera, e a força dele ser menos afetada se eu sugar, mas, eu quase machuquei ele da última vez. E, por ele não se regenerar, a minha insegurança é maior.


Me sentei do lado dela, na beira da cama dela.


- Entendo Vampira. Mas você precisa continuar tentando.


- Eu não sei. E porque eu continuaria?


- Por seu auto controle... por ter mais liberdade.. pelo Bobby..


Ela me olhou meio chateada. Não consegui entender totalmente.


- Bobby?


- Sim. A relação de vocês vai poder se aprofundar, se vocês puderem se tocar mais..


- Ah.. sim. - mas ela não parecia tão animada.


- Olha Vampira, eu sei que é estranho pra você, sem o Logan aqui. Mas o Bobby gosta de você, e vocês podem dar muito certo. Já que o Logan quis ir embora, você tem que tentar seguir sua vida aqui. O Logan mesmo não ia gostar de te ver sem seguir em frente.


Ela ficou aparentemente pensativa.


- É... tudo bem. Eu vou continuar.


- Isso!


~~~~


~POV. Vampira~


Talvez Paulline tivesse razão.


~~~~


~POV. Paulline~


*No dia seguinte*


Os alunos foram chegando ao longo do dia, e o Instituto Xavier foi se enchendo de novo, e ficando como era todos os dias.


Havia uma bagunça, que acho que era uma coisa comum de primeiro dia ali - eu não cheguei no primeiro dia, ano passado - e todos alunos estavam se reencontrando e matando a saudade.


XXX


Fui falar com o professor Xavier.


- Pois não Paulline?


- Vim falar sobre a Vampira.


- Sente.


Me sentei à frente dele e comecei a falar.


- O treinamento dela professor..


- Ela te falou?


- Na verdade, eu fiquei sabendo por causa do Bobby, que disse pro Peter. Mas enfim.. eu quero dizer, pra você ajudar ela o máximo possível. Sei que o senhor sempre faz isso pelos alunos, mas mesmo assim vim pedir. 


- É claro. Eu tenho dito pra ela todos os dias, pra não desistir, porque ela está progredindo.


- Isso professor. Não deixa ela desistir. Os dias estão passando, e ela não está nada bem. E o pior.. não temos nenhuma notícia do Logan..


Por algum motivo, o professor engoliu em seco, e desviou o olhar de mim.


O que me faz pensar, se ele não sabe alguma coisa.. mas não conta..


- O Logan é adulto. A Vampira precisa entender que ele sabe o que faz.


- Então ele quis deixar ela aqui? Mesmo sabendo que ele significa tanto pra ela? - Ele não disse nada, ainda desviando o olhar. - Professor, você sabe de alguma coisa?


- Não Paulline. Não tenho notícias do Logan. A única coisa que eu posso fazer, é ajudar e apoiar a Vampira no treinamento. E vocês, amigos dela, e o Bobby, precisam apoiar ela também.


- E a gente já está fazendo isso, embora na maioria das vezes ela queira resolver tudo sozinha. Mas.. eu ainda não entendo tudo isso.. não entendo porque ele foi embora!?


- Eu também não entendo Paulline. Mas a gente não pode fazer nada a respeito disso. Você sabe que a própria Vampira não está explicando tudo o que deve saber..


- É.. isso é verdade..


- Então, só faça o que eu disse. Continue apoiando ela. Ela vai ficar mais forte, e aprender a viver sem o Logan.


"Aprender a viver sem o Logan"... soou como uma pancada, pra Vampira, até pra mim, quando me coloquei no lugar dela.


Saí da sala do professor, e fui pro meu quarto.


Essas noites, mesmo que por não ter ninguém, e eu poderia ter dormido com o Peter, eu preferi ficar no meu quarto. Minha amiga pode precisar de mim.


XXX



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...