História Instagram (BTS x Blackpink x Você) - Capítulo 183


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Visualizações 186
Palavras 651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, LGBT, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 183 - Submissa.


Fanfic / Fanfiction Instagram (BTS x Blackpink x Você) - Capítulo 183 - Submissa.

Primeiramente, gostaria de dizer que não concordo e também não aprovo nada citado aqui, estupro é crime e deve ser tratado como tal, fiquem tranquilos essa história não é igual a justiça brasileira que deixa criminosos impunes.

                --

Submissa.


Submissão é o ato ou ação de se submeter a algo ou alguma coisa; deixar dominar passivamente; uma forma de subordinação, vassalagem ou servidão. A submissão é baseada na condição de obedecer ordens deum superior, sem o direito de tomar decisões livres ou de se expressar da forma que bem entender.

 

           --

P.O.V. JENNIE KIM:

 
- V-voce? Byun, pare de brincadeira e me solte. - disse eu ao olhar o rosto do rapaz.

- Eu tenho cara de quem está brincando? Por quantas vezes eu já não fiquei contigo quando precisava de mim? Quantas vezes eu te disse que viveria e morreria por ti? E tudo que te pedi em troca foi que fosse minha...Mas sempre me vinha com: "Eu não posso ser sua, Sanggyun. Não agora". Porem eu cansei de esperar Jenniezinha e você sera minha de uma vez por todas.

Ele falou em tom bruto. E caminhou até Naeun, se agachou e a beijou, ela não pensou em nenhum momento em negar, talvez tivesse passado por coisas horriveis.

Ele se levantou e me desamarrou, segurou meu braço com força e me puxou para fora de onde estávamos, eu conhecia aquele lugar, ao entrarmos em um quarto eu me lembrei, era ali que muitos trainees da Big Hit tiravam fotos, estavamos no predio da empresa, porém no andar mais baixo, onde nada podia ser ouvido. Sanggyun me jogou na cama com certa brutalidade e prendeu meus braços e pernas com algemas nas partes de madeira da cama.

- Hoje você será minha, vou te usar com cuidado não quero machucar NOSSO futuro filho. - disse dando enfase na palavra Nosso.

Eu o olhava assustada quando ele pegou uma tesoura, achei que ele iria me matar de vez. Porem não. Ele usou para cortar minhas roupas e ali estava eu desnuda, com minha barriga enorme o olhando assustada. Ele passou a mão por meu rosto e eu só conseguia sentir nojo, e depositou a mesma em um de meus seios que estava tão sensível devido a gravidez, seus labios tomaram conta do outro por mais que eu não quisesse meu corpo respondia a seus estímulos, se arrepiando, eu sentia nojo, raiva e até mesmo odio, só conseguia chorar em silêncio, ele desceu os beijos por minha barriga e sua mão foi para minha intimidade.

- Nosso filho vai ser tão lindo Jenniezinha. Vai ser tão lindo.

Ele seguiu com toda aquela tortura, fez tudo o que queria comigo e eu não tinha forças nem para gritar, acho que ele passou horas fazendo o que bem entendia comigo, utilizando diversos vibradores e coisas do tipo, me obrigando a fazer tudo que ele sentisse vontade.

Ele me soltou e me fez vestir um vestido branco como o de Naeun, sem direito a lingerie, ele puxou meu braço assim como anteriormente me arrastou até aquele maldito quartinho branco, eu mal podia andar, sentia que estava rasgada por dentro, minhas pernas estavam fracas, eu só conseguia chorar naquele momento, pensar que eu estava no fim de minha gestação, passando por tudo isso me deixava mal. Sanggyun me prendeu novamente na cadeira. Deu-me água e comida, mesmo que meu estomago embrulhasse eu fui uma boa moça e comi tudo que me era entregue. Assim que terminei ele puxou Naeun para fora, provavelmente faria com ela o mesmo que fez a mim.

Céus, porque esse tipo de coisa veio acontecer logo a mim? Não quero que meu filho nasça em meio a todo esse caos. Quero meu filho forte, junto ao pai, e se for preciso eu me ofereço de bom grado para ser o que Sanggyun quiser desde que ele deixe meu pequeno August viver com YoonGi.


Notas Finais


Eu demorei porque fiquei em duvida sobre postar ou não, porque é um capítulo meio pesado, sobre um tema polemico, tentei deixar o mais light possivel não descrevendo claramente o ato sexual.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...