1. Spirit Fanfics >
  2. Instinto de preservação >
  3. Uma resposta evasiva

História Instinto de preservação - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Uma resposta evasiva


Eu não deveria me incomodar, mas me incomoda a forma como você finge que nada mudou e como eu decido contribuir com essa farsa. Ambas sabemos, que antes de digitarmos, pensamentos passam tão rapidamente pelas memórias que dividimos e, sinto em lhe informar, as memórias renegadas são as que mais chamam a atenção; talvez a única diferença seja que eu cansei de fingir para eu mesma que elas não machucam ou não significam o que significam de verdade. 

Quando eu leio um “eu sinto saudades” me pergunto sobre o que exatamente: Sobre a tolice de alimentar sentimentos que não poderia acolher? Sobre quando nossos dedos se entrelaçavam e parecia que ninguém notava? Ou sobre como ambos causavam sensações tão ambíguas e ainda assim insistia em negar que havia algo que se empoleirava entre a linha tênue do que você era capaz de se responsabilizar ou negar com veemência? 

Eu sinto saudades das sensações e não das situações. Não quero que saiba disso e acho que seu egocentrismo não irá permitir formular corretamente como me senti, por que a questão nunca foi sobre mim, mas sobre um nós que evidenciava você e sua necessidade de coisas que achei que poderia enfrentar, mas nunca pude e agradeço por isso, mais do que agradeço ter te conhecido. Não por fugir, mas por significar que evitei traumas que poderiam custar ainda mais meu entendimento e a afetividade escassa que me compõe. 

Tudo bem sentirmos saudades e é comum que por coisas diferentes. Talvez eu tenha suposto tudo errado e suas saudades são apenas saudades, num plural que não vai além de risadas e despreocupação, mas talvez signifiquem mais, pois algo começou, foi alimentado e deixado de lado quando ambas decidimos que não conseguiríamos mais, ou melhor, quando eu retrocedi e percebi que não valeria a pena e que talvez meu medo fosse na verdade instinto de preservação. E foi. Sei que tomei a decisão certa porque não finjo mais que nada aconteceu, quando não respondo dizendo que “também sinto saudades”, mesmo sentindo - das sensações, das memórias e ligações - posso parecer evasiva, pois é como estou tentando ser.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...