História .insuportável - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desabafo, Drabble, Droubble
Visualizações 47
Palavras 547
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


o droubble a seguir foi vagamente inspirado no texto ''eu não sou uma má namorada'' da sabrina sá.

xx

Capítulo 1 - .insuportável


Você me chamou de insuportável. 

Eu nunca te proibi de curtir ou sequer pedi para que não ficasse de gracinha com seus amigos que são sempre tão inocentes, mas você me chamou de insuportável.

Então eu questionei o comportamento duvidoso de um de seus amigos; Você apontou o dedo na minha cara e disse que eu estava tentando te limitar.  Por que você está sendo tão insuportável?!

Mas eu só estava pedindo para você impor limites.

Aquele seu amigo me chamou de corno para todo mundo ver, e mesmo depois de todas as ameaças e deboches você passou a mão na cabeça dele como uma mãe com uma criança e disse que ele só estava brincando. Agora além de insuportável, eu também sou exagerado.

E mesmo depois de ter pegado todas as suas senhas e visto que as tuas mensagens com esse garoto haviam simplesmente desaparecido eu me esforcei para acreditar em você, mesmo sabendo que não havia um pingo de verdade nas tuas palavras.

E mais uma vez eu deixei você me tornar o vilão da história. Afinal, eu só estava tentando não ser insuportável.

Eu vi os flertes com o seu amigo! Você tem namorado, para de falar com ele!

Você ficou de papo com mais dois e também com uma garota. Por que diabos você não se comporta como alguém comprometido?!

Mas eu me calei, eu só não queria ser insuportável.

Eu deixei todos eles pisarem na minha cabeça, deixei todos eles me tornarem o alvo das risadas e piadinhas maldosas, eu tentei fazer as coisas darem certo e deixar todas as provocações de lado. Eram apenas brincadeiras inocentes, não é verdade? Eu não preciso ser tão insuportável!

Mas porra... por que você não faz nada?

Eu me senti tão mal. Porra... Sou eu quem é o seu namorado!

Uma semana depois eu me senti pior ainda, por deixar você brincar com a minha cabeça e fazer todas essas chantagens emocionais; fazendo-me sentir mal por não acreditar em você quando você mente, e mais uma vez me fazendo achar que eu estava sendo exagerado, obsessivo, inseguro e... insuportável.

Eu não sou insuportável. Eu não sou insuportável.

Você terminou comigo porque não sabia o que queria. Eu não sou insuportável. Você terminou comigo porque não queria deixar seus amigos tóxicos de lado. Eu não sou insuportável. Você terminou comigo porque não soube definir suas prioridades. Eu não sou insuportável.

Você me quebrou, todos os setes dias da semana, e eu sempre deixei você me reconstruir para fazer a mesma coisa. De novo e de novo.

Eu não sou insuportável, você me tornou. Você me colocou defeitos, me apresentou a paranoia e insegurança. Você acabou com a confiança, reciprocidade e o relacionamento bom e honesto com todos esses seus joguinhos sombrios.

Você os deixou ultrapassarem os limites, trazerem as brigas, a falta de confiança, o sufoco e acabarem com o relacionamento bom e saudável que estávamos construindo. 

Eu nunca pensei em te deixar, mesmo com todos os seus defeitos e erros que você cometeu. Eu nunca te deixei mesmo sabendo que nunca fui a sua prioridade. Então, não se atreva a tentar entrar em minha mente novamente colocar toda essa culpa em cima de mim, porque eu não sou o responsável, e muito menos... o insuportável



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...