História Intense bonding - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Goku, Vegeta
Tags Kakavege, Momochii, Vegekaka, Yaoi
Visualizações 155
Palavras 3.349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu aqui! Olá meus amores 🙋‍♀️. Consegui escrever esse capítulo em dois dias rsrs. Vou ter mais tempo pra escrever essa história agora que a outra acabou 👍. Ainda tenho bastante para escrever dessa história. Chega de papo lá embaixo a gente conversa.
PS: Nesse capítulo vocês vão se surpreender, eu acho rsrs.

Capítulo 7 - Ponto fraco



O tempo no planeta de Bills estava com um pequeno friozinho no ar. Vegeta acordou como em todos os outros dias bem cedo, abriu os olhos devagar sentindo o cheiro que vinha do cabelo preto a sua frente. Seu braço direito estava sobre a cintura de Kakaroto.

Vegeta sentiu um pequeno arrepio com o frio, estremeceu e encolheu encostando o rosto sobre o ombro de Goku e apertando mais o braço ao redor dele. Os dois estavam nus, Vegeta puxou o lençol sobre os dois cobrindo sua cabeça e voltou a encostar o rosto sobre as costas de Goku.

Vegeta não se lembrava de quando aconteceu, mas já havia se tornado um costume, dormir abraçado ao corpo de Goku, o calor da pele quente era agradável, era bom.

Sem a menor vontade de sair dali Vegeta senta na cama, observa atentamente o rosto adormecido de Kakaroto. Aproximou encostando a ponta do nariz na bochecha dele e alisou devagar.

— Kakaroto. — ele o chama sussurrando no ouvido.

— Huunm. — Goku grunhe de olhos fechados.

— Tá na hora de acordar. — Vegeta fala com um sorriso, beija a bochecha dele e assopra no ouvido.

— Hunm. Eu... — Goku abre a boca em um bocejo — Quero dormir mais.

— Temos que trabalhar você sabe. — Vegeta fala e rola o corpo ficando sobre Goku.

Ele aproximou o rosto no pescoço e deu pequenos beijos e chupadas. Goku levantou suas mãos e apertou as nádegas dele.

— Como você espera que eu trabalhe desse jeito? — Goku disse abrindo os olhos e olhando nos olhos de Vegeta que sorria.

— Vai ter que esperar até a noite. Estamos treinando para controlar isso certo? — Vegeta sorriu malicioso e saiu de cima dele.

— Claro e tem funcionado por enquanto. — Goku sorriu e sentou na cama, aproximando e beijando a boca de Vegeta — Mas às vezes é difícil manter o controle com você me provocando desse jeito. — ele sorriu.

Já havia se passado dois meses que estavam no planeta de Bills, que fizeram a ligação e um mês que tinham entrando em uma maior intimidade. Whis propôs que os dois tentassem treinar e controlar essa ansiedade e a vontade incontrolável de fazer sexo o tempo todo, afinal eles precisavam fazer os deveres domésticos, também seria um ótimo treinamento de autocontrole. No começo foi um pouco difícil, mas estavam conseguindo se controlar numa boa.

Enfim os dois levantaram se arrumaram e saíram. Vegeta percebeu que já conseguia manter alguns centímetros a mais de distância de Kakaroto, mas não conseguia mais caminhar sem segurar na mão dele. Às vezes ele se sentia tão necessitado em segurar e sentir o calor da mão que nem usava suas luvas.

Depois do almoço estavam lavando um banheiro que ficava do lado de fora, quando Whis apareceu de repente.

— Rapazes vocês terão que voltar para o planeta de vocês. A Bulma me enviou uma mensagem dizendo que a casa dela foi invadida por dois homens aparentemente do Freeza e levaram seis das esferas do dragão que ela havia juntado. — Whis falou deixando os dois curiosos.

— O que será que aquele maldito está pretendendo? — Vegeta falou trincando os dentes.

— Acho melhor ir ver o que está acontecendo. — Goku falou sério.

— Então vamos partir nesse instante. — Whis disse virando-se de costas e caminhando para fora.

— Bills também irá conosco? — Vegeta pergunta para Whis.

— Não, ele tem andado com uma preguiça ultimamente. — Whis riu — Vocês sabem que terão que tocar no meu ombro, mas acho que a esse ponto o mal estar não deve estar tão forte. Vamos logo.

Vegeta segurou a mão de Goku com força fazendo uma careta, os dois se olharam e juntos colocaram as mãos no ombro de Whis. É claro que no mesmo instante sentiram a coisa ruim no estômago e a pequena dor surgir pelo corpo, como um choque elétrico. Quando pousaram sobre o solo da corporação cápsula os dois afastaram depressa de perto de Whis. Abraçaram-se com força tentando amenizar o mal estar.

Quando Bulma apareceu se aproximando dos dois ela sentiu um aperto no coração em ver os dois tão juntos, de uma forma que ela nunca havia visto. Ela sabia o que era necessário acontecer entre eles para não morrerem, Whis havia contado para as duas esposas sobre esse fato. Mas ver Vegeta assim tão abraçado a Goku e a forma como os olhos de Vegeta observavam o rosto dele, era muito difícil de ver. Ela abaixou o olhar entristecida, sentia que algo estava diferente, sentia que algo a mais estava acontecendo ali.

Vegeta a viu e afastou do corpo de Kakaroto apenas segurou a mão dele. Seu corpo reclamou com o afastamento no mesmo instante, mas ele não queria fazer isso perto dela. Vegeta tinha um sentimento estranho, ele não se sentia culpado nesse momento por estar assim tão próximo a Kakaroto na frente dela, ele não sentia como se estivesse a traindo, por exemplo, era como se ela fosse apenas uma pessoa conhecida, uma amiga, mas ele não tinha o sentimento de ser sua esposa, sua companheira. Ele sentia isso, mas em relação à Kakaroto, porém ele sabia é claro que era apenas pelo fato de estarem unidos em uma ligação saiyajin, um matrimônio esquisito entre saiyajins.

— Diz o que está acontecendo Bulma. — Vegeta finalmente parou de pensar e quebrou o silêncio que começou a ficar constrangedor.

— Acho que o Freeza está por perto e planejando alguma coisa. — ela disse com olhar vago. Tirou o seu relógio do pulso e colocou sobre uma mesa de varanda — Venham ver. — ela se afastou, pois sabia que os dois ainda não poderiam ter contato ou estarem muito próximos de outras pessoas que não fosse seu parceiro de ligação. Os dois se aproximaram ainda de mãos dadas — É só apertar esse botão.

Vegeta apertou o botão e apareceu as imagens que a câmera havia filmado. Os dois viram dois homens usando a armadura do exercito de Freeza, pegaram seis das esferas que estavam reunidas e também o radar do dragão.

— Acredito que foram atrás da sétima esfera, eu havia reunidos seis já tem um tempo, eu sei onde a sétima está, mas não quis ir atrás dela agora, pois ela está no continente ártico e eu odeio frio. — Bulma responde um pouco desanimada.

— O que estamos esperando? Precisamos ir logo até lá. — Vegeta fala irritado.

Os quatro entraram no avião dela e depois de comprar roupas quente foram em direção ao ártico. Quando chegaram ao destino viram a espaçonave de Freeza, eles desceram e caminharam até próximo a ela, nesse momento Freeza já ia saindo da nave.

— Espere. — Goku falou parando — Está sentindo esse ki Vegeta? — Goku perguntou com expressão de preocupação.

— Sim e esse ki não é do Freeza. — Vegeta responde observando a nave — É um ki forte demais para esses soldados inúteis que Freeza tem em seu exercito.

— Só um momento rapazes. — Whis fala se aproximando dos dois — Já pararam para pensar que vocês terão que tocar em outra pessoa se tiverem que lutar?

— Merda! — Vegeta exclamou — Eu tinha esquecido esse ponto.

— Mas não podemos deixar Freeza fazer alguma coisa. — Goku respondeu olhando para Vegeta — Vamos ter que tentar, mesmo que seja difícil.

— É eu sei disso. — Vegeta responde rápido e continua andando.

Quando chegaram a uma distância de mais ou menos cinco metros eles param. Freeza observa os dois e olha para as mãos dadas.

— Então é verdade mesmo que vocês fizeram a ligação saiyajin. — ele constatou com um sorriso — Eu já havia percebido que havia algo a mais entre vocês, apenas pela forma como se olhavam. Ohohoho! — Freeza riu com a mão na boca.

— Não é o que parece! — Vegeta respondeu irritado, trincando os dentes soltou a mão de Kakaroto, suas bochechas estavam completamente vermelhas — E só pra você saber foi apenas um maldito acidente, mas isso não te interessa!

— Se você pensa assim, quem sou eu pra dizer o contrário. — Freeza ergueu os braços e deu de ombros com um sorriso — Mas foi a pior escolha que fizeram se tornaram fracos e vulneráveis e é claro que eu vim me aproveitar desse momento para concluir minha vingança contra vocês. — Freeza gargalhou ao terminar de falar.

— Seu desgraçado! — Vegeta disse irritado.

— Eu sei muito bem que com essa ligação se um se ferir o outro irá sentir, se um morrer... — Freeza fez uma pausa sorrindo — O outro também morrerá.

— Não pense que estamos fracos por causa dessa ligação estúpida. — Vegeta falou entre dentes.

— Eu também sei que não sou páreo para os dois, por isso eu trouxe alguém para me ajudar. — Freeza estendeu a mão para a entrada da nave e um homem alto e forte surgiu por ela — Ohohoho!

— Aquele cara... — Vegeta abriu a boca surpreso — É um saiyajin. — Goku o olhou surpreso e observou o outro saiyajin.

Ele era bem mais alto que Goku, usava uma roupa colante preta, sapatos e luvas do exercito de Freeza e uma pele verde estava amarrada na cintura, no pescoço havia uma argola, parecia uma coleira. Cabelo na altura dos ombros e sua força parecia muito grande.

— Esse é Broly, ele também é um saiyajin. — Freeza disse com um sorriso confiante — Provavelmente você não o conhece Vegeta, pois ele o pai foram expulsos pelo rei Vegeta do planeta de vocês, acredite que eles querem muito se vingar de você também. Podem mandá-lo ir. — Freeza fala para o pai de Broly que está a seu lado e ele faz um sinal para Broly.

Furioso o saiyajin libera um enorme quantidade de ki, causando um grande vento a volta, com um grito ele se aproxima rápido e tenta dar um golpe em Vegeta, rápido ele desvia, mas recebe um soco no rosto que o joga um pouco longe.

Goku coloca a mão no próprio rosto sentindo a dor, como se ele próprio tivesse levado o soco.

— Caramba isso não é brincadeira. — Goku fala esfregando o rosto.

Com o afastamento e a aproximação de Broly os dois começaram a se sentir mal. Vegeta não conseguia se concentrar enquanto seu corpo reclamava com o afastamento de Goku. Ele se levantou e tentou se aproximar de Goku depressa, mas Broly começou a golpeá-lo rápido. Vegeta desviava dos golpes e tentava defender outros, levou a mão direita rápido para dar um soco em Broly, no entanto, ele segurou o punho fechado de Vegeta com força. No mesmo instante Vegeta sentiu a forte dor, o choque elétrico que o contato causou.

Goku já começava a se sentir fraco e enjoado, se aproximou de Vegeta depressa.

— Ei você! — Goku gritou — Broly certo? Eu sou Goku e quero dizer que você não tem que fazer o que eles te mandam, nós não queremos brigar com você, também somos saiyajins. — Goku tentou manter uma conversa, Broly soltou Vegeta e ele segurou a mão de Goku com força sentindo o grande alívio, chegou até a suspirar fundo.

— Broly! Não dê ouvidos a esses malditos, continue! — o pai dele gritou de longe.

Broly olhou confuso para Goku, observou as mãos unidas, o pai dele continuou gritando, então Broly voltou a lutar dando um soco com o braço direito, fez Goku desviar para um lado e Vegeta para outro separando as mãos.

— Vegeta! Vamos ter que tentar lutar juntos de mãos dadas. — Goku gritou se aproximando dele.

— Mas que merda! — Vegeta reclamou agarrando a mão de Goku com força.

Juntos os dois partiram para cima de Broly usando apenas as mãos livre e os pés. Mesmo assim eles ainda sentiam a dor pelo corpo e o mal estar.

— Eu não consigo me concentrar direito sentindo isso. — Vegeta fala irritado.

Broly deu um chute e conseguiu separar os dois jogando Goku para longe, se aproximou dele depressa e segurou no pé direito, começou a jogar batendo o corpo de Goku no chão de um lado a outro.

— Maldição! — Vegeta gritou se curvando caindo de joelhos sentindo o corpo todo doer como se estivesse levando uma surra. Ele tentou ficar de pé, estava se sentindo fraco, depressa ele foi em direção a Broly e deu um chute o jogando para longe.

— K-Kakaroto, você está bem? — Vegeta pergunta segurando na mão dele.

— Isso é muito doloroso. — Goku reclama tentando levantar do chão.

Goku segurou Vegeta pelo braço e voou rápido se afastando um pouco para longe.

— O que está fazendo não podemos recuar agora. — Vegeta fala sem entender.

— Precisamos nos tocar e tentar fazer essa coisa ruim, essa fraqueza diminuir um pouco. — Goku fala puxando o corpo de Vegeta para mais perto.

Os dois estavam atrás de um pequeno morro. Goku envolveu a boca de Vegeta com um beijo urgente, o abraçou com força e encostou o rosto no pescoço.

— Não acredito que no meio da luta temos que parar pra fazer isso. — Vegeta fala incrédulo — Pra ajudar tô ficando duro igual um pedaço de pau. — as bochechas dele ficaram vermelhas.

— É necessário para conseguirmos nos concentrar. Eu também tô ficando excitado. — Goku respondeu e chupou o pescoço dele. Ele estava sentindo toda a tensão e o mal estar que Vegeta estava. O que piorava ainda mais o seu estado.

Broly se aproximou de onde os dois estavam e os viu aos beijos, se agarrando com força, ele ficou um pouco confuso e observou os dois, passou os dedos nos próprios lábios pensativos, depois aproximou dos dois depressa. Vegeta arregalou os olhos quando o viu bem atrás de Kakaroto.

Broly pegou no braço dele e empurrou Vegeta para o lado o fazendo quase cair, puxou Goku pelo gi laranja.

— O que é isso que vocês estavam fazendo com a boca? — ele pergunta deixando Vegeta chocado.

— Se chama beijo. — Goku responde.

— Que cara esquisito. — Vegeta fala baixo.

De repente Broly invadiu a boca de Goku de surpresa e começou a beijá-lo.

Vegeta olhou a cena fechando os punhos com força, seu ki explodiu de uma vez e ele empurrou Broly o fazendo cair ao chão.

— O que você pensa que está fazendo? — Vegeta grita alto — Ninguém além de mim pode tocar no Kakaroto seu maldito! — Furioso Vegeta deu um soco no rosto de Broly — Seu desgraçado!

Vegeta começou a golpeá-lo rápido, Broly explodiu furioso e começou a revidar acertando vários golpes.

— Broly pare, por favor. — Goku fala com a mão no estômago e o corpo curvado — Se você o ferir eu também vou me ferir.

Broly parou observando os dois confuso.

— Eu sei que você não quer lutar, não precisa fazer isso. — Goku tentou convencê-lo, se aproximou e pegou no braço de Vegeta passando a volta de seu ombro. Os dois já estavam feridos e fracos.

— Tá bom. — Broly respondeu saindo de perto.

Eles voltaram para perto da Nave de Freeza que ficou inconformado por ele não querer lutar.

— Broly volta lá e luta com eles! — seu pai ordenou.

— Não quero! — ele grita furioso fazendo uma rajada de vento ao redor do corpo.

— Acho que ele precisa de um empurrão. — Freeza fala com um sorriso maldoso nos lábios. Broly se virou preparando para entrar na nave, Freeza aproveitou e disparou um raio no peito do pai dele o matando no mesmo instante — Broly olha! — Freeza gritou — Eles assassinaram seu pai!

Quando Broly se virou e viu seu pai caído ao chão morto, seu ki subiu de uma vez causando uma grande rajada de vento, o cabelo ficou amarelo no mesmo instante e ele perdeu a consciência. Furioso e gritando ele se aproximou de Goku e Vegeta dando um forte golpe, que jogou os dois para longe.

Broly se aproximou de Goku e segurou em sua cabeça com força bateu contra a parede de gelo e começou e empurrá-lo contra a parede.

— K-Kakaroto! — Vegeta gritou caído ao chão, tentou levantar-se com esforço, ele sentia toda a dor que Goku sentia, assim como sentia um mal estar horrível como se alguém tivesse arrancado uma parte de seu corpo.

Um pouco desesperado Vegeta tentou se levantar, transformou-se em super saiyajin blue e partiu para cima de Broly tentando trocar golpes contra ele.

Goku quase perdeu a consciência, mas abriu os olhos e ergueu um pouco o corpo, viu Vegeta sendo golpeado sem brechas. Goku sentia todos os golpes fortes que ele estava levando.

— V-Vegeta. — Goku tentou levantar com dificuldade.

— Goku o que está acontecendo? — Goku ouve a voz de Piccolo em sua mente — Eu sinto um ki muito forte e vocês parecem muito fracos.

— Ele é muito forte, não estamos dando conta. — Goku respondeu com um sorriso fraco. Nesse momento Goku pensou e teve uma ideia.

Ele se esforçou para levantar e conseguiu se aproximar dos dois. Se transformando em super saiyajin blue em um curto período de tempo ele deu um soco forte em Broly o jogando para longe. Broly caiu próximo a Freeza e começou a lutar contra ele descontrolavelmente. Goku aproveitou a distração e agarrou no braço de Vegeta usando o tele transporte. Reaparecem em frente a Piccolo.

Vegeta sentou ofegante tentando recuperar o fôlego.

— O que está acontecendo? — Piccolo pergunta vendo os dois feridos.

— Vegeta você está bem? — Goku pergunta preocupado ignorando a presença de Piccolo.

— Você sabe que não, estou todo dolorido e a vontade de ficar perto de você tá insuportável. — Vegeta responde um pouco vermelho — Como vamos lutar assim? Eu nem consigo me concentrar direito.

— Você sabe o que devemos fazer pra isso diminuir. — Goku fala se aproximando e tocando com o dedo nos lábios de Vegeta.

— Isso é tão humilhante. — Vegeta responde com as bochechas completamente vermelhas.

Goku se aproxima dele e começa a beijá-lo com urgência. Vegeta está tão necessitado que o agarrou com força derrubando Goku sobre ele no chão.

— O-O que vocês pretendem fazer? — Piccolo pergunta completamente vermelho.

— Desculpe Piccolo. — Goku sorri — Não temos outra escolha e vamos precisar da sua ajuda depois. — Goku responde enquanto desamarra a faixa azul na cintura. Piccolo fica paralisado quando vê Goku tirar o membro duro de dentro da calça.

— Vão fazer isso na minha frente?! — Piccolo quase grita colocando as mãos na cabeça. Nesse momento Vegeta se deu conta da presença dele.

— Tá olhando o que? Pare de olhar! — Vegeta fala irritado e Piccolo se vira depressa e tampa os ouvidos, para não ouvir os gemidos, porem sua audição era uma das melhores e ele ainda conseguia ouvir.

Goku tirou a calça de Vegeta e esfregou o pênis na entrada melando com o pré-gozo. Vegeta gemeu suspirando alto, sua entrada estava completamente úmida. Goku empurrou o pênis para dentro e começou a se mover rápido. Os dois se beijavam intensamente, loucamente. Goku apertou os mamilos de Vegeta e agarrou no pênis masturbando-o no mesmo ritmo.

— V-Vegeta como você está se sentindo agora? — Goku pergunta ofegante.

— Você sabe que é bem aaahh! Nhh! Mais rápido. — Vegeta fala entre os gemidos — Essa ligação tá acabando comigo, droga nosso autocontrole foi pro saco depois disso Aahhh!

— Vegeta eu tô quase lá nh! — Goku geme baixo deitando o corpo sobre ele.

Vegeta o abraçou com força, apesar da situação seu corpo queria sentir todo o calor de Goku, o cheiro, o toque, tudo isso o acalmava e fazia toda a coisa ruim desaparecer quando estavam assim.

Continua...


Notas Finais


A surpresa que eu havia citado no capítulo anterior é a aparição do BROLY 😍. Eu não escrevi tudo que queria nesse capítulo, achei que ia dar, mas não deu, o resto vai ficar para o próximo 😏.
Será que o Vegeta se deu conta do que falou 😏 rsrs.
Lembra que falei em fazer uma oneshot com o Broly? Pois então, tive umas ideias e será uma história com mais capítulos. Uma pequena história co. Uns 3 capítulos eu acho rsrs.
Eu tenho uma nova ideia também para outra história kakavege de universo alternativo. Tô ansiosa pra começar ela 😱. Não posso ter ideias novas, porque depois não me aguento até começar escrever 😂.
Muito obrigada por ler. Ainda tem mais alguns capítulos para essa história. Quando ela estiver quase acabando eu vou falar uma ideia aqui na minha cabeça, mas não tem nada ver com histórias que pretendo postar, é oytra coisa 👍.
Ah me lembrei 😱. Recentemente eu vi um filme lgbt que me apaixonei. Apesar dele ser triste no final. Mas eu amei já vi duas vezes e queria ver de novo se eu tivesse conexão Wi-Fi 😭. Ele se chama "Me chame pelo seu nome que te chamo pelo meu" 😍😍 Alguem aí ja assistiu? RECOMENDO. É tão lindo. Descobri que ele é adaptação de um livro. TÔ LOUCA PRA LER ESSE LIVRO JÁ 😱😍.
A conversa foi boa, agora chega rsrs.
Beijinhos e abraços até a próxima 😗😘. Eu volto logo ❤.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...