1. Spirit Fanfics >
  2. Intense Love- imagine Minato >
  3. O dia em que tudo mudou.

História Intense Love- imagine Minato - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores,desculpem o sumiço,estou com alguns problemas que me geraram uma falta de criatividade,mais pensando nos meus fiéis leitores,escrevi mais um capítulo.

A fanfic esta na reta final,teremos apenas mais seis capítulos,mais não fiquem tristes porque ja estou pensando em outra história com esse loiro maravilhoso.

A música escolhida para esse capítulo é Memories- Marroom 5

Boa leitura❤🍀

Capítulo 24 - O dia em que tudo mudou.


"Lembranças 


Um brinde às pessoas que temos

Um brinde ao desejo de que você estivesse aqui,mas não está

Porque as bebidas trazem de volta todas as lembranças 

De tudo que já passamos

Um brinde aos que estão aqui hoje

Um brinde para aqueles que perdemos pelo caminho

Porque as bebidas trazem de volta todas as lembranças 

E as lembranças trazem,as lembranças trazem você de volta. "


Ainda não havia clareado, não passava das quatro da manhã e Minato estava de pé  frente a janela olhando para a escuridão que dominava tudo. Não conseguiu dormir muito bem a noite,hoje era o dia,o grande dia,e estava ansioso para conhecer a pessoa que mudaria toda sua vida.

Em seu peito habitava uma sensação ruim,como se algo muito terrível estivesse para acontecer,e esse sentimento o estava sufocando,tanto que ficar deitado tornou-se insuportável,a falta de ar que sentia era grande. Olhando a imensidão do resto de noite,e algumas poucas estrelas no céu desejou que tudo ficasse bem e que a chegada de seu filho ao mundo fosse tranquila e feliz.

Olhou para trás e viu sua pequena amada desinquieta na cama,e isso o incomodou bastante,ela deveria estar tendo um sonho ruim. Não sabia se a acordava ou a deixava despertar sozinha,mas não precisou pensar muito porque ela acordou toda suada e desesperada.

-Calma pequena,eu estou aqui- disse o Namikaze se aproximando e a abraçando. 

-Minato- Adri retribuiu o abraço e deixou que algumas lágrimas percorresse sua face pálida- estou com tanto medo.

-Teve um pesadelo amor?- ele se afastou um pouco para observa-la.

- Sim, sonhei que te perdia, eu te vi morrendo- desabou em lágrimas - eu vi meu grande amor morrer e não pude fazer nada.

O desespero da laranjinha era grande,o pesadelo era muito real e sentia em seu interior que aquilo era mais uma premonição. 

-Calma,está tudo bem- Minato tentou acalma-la,secava em vão algumas lágrimas que ela deixava cair- estou bem aqui com você .

O loiro pensou em dizer que também sentia uma sensação ruim,mais não era o melhor momento para isso,precisava tranquilizar a mulher que tanto amava.


☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆


Ja eram 8 da manhã e Minato se preparava para ir ao local onde ocorreria o parto de Kushina,ainda era bem cedo mais ele queria ver se estava tudo bem com ela e com Naruto. Depois daquela hora,nem ele e nem Adri voltaram a dormir,ficaram conversando coisas aleatórias e sobre a chegada de Naruto. 

Minato temia que a laranjinha ficasse enciumada com a situação e a chegada do pequeno,mais pelo contrário,ela o surpreendeu dizendo que eles deveriam comprar um berço e umas coisinhas para quando Naruto fosse para a casa deles.

Desde que Adri despertou do coma,estava morando com o Namikaze,e até mesmo a aldeia tinha se acostumado com isso. Kushina ainda era completamente apaixonada por Minato,mais desde a gravidez esteve focada em seu novo amor que nasceria hoje e até desejava que o loiro fosse feliz.

Adri insistiu para que Minato a deixasse junto com os guardas vigiando o local onde seria realizado o parto,que era afastado da aldeia devido a Kushina ser a portadora das nove caldas, mais o mesmo disse que não. 

Mesmo a contra gosto ela aceitou,mais ficaria em alerta para qualquer emergência. E ao vê -lo pronto para sair,a angústia em seu peito aumentou,ela sabia que algo iria acontecer .

-Minato,fique bem e volte em segurança para casa- a larajinha disse se aproximando dele e selando seus lábios em um curto beijo.

-Eu voltarei- ele disse virando de costas para sair,quando foi puxado pelo braço e virou-se novamente para a dona de seus melhores pensamentos.

-Eu te amo!- Adri disse e Minato deu um pequeno sorriso. 

-Eu também te amo! - ele depositou um beijo na testa de sua amada e saiu para encontrar a uzumaki.


"Houve um tempo,eu me lembro

Em que eu não conhecia nenhuma dor

Quando eu acreditava no para sempre

E que tudo continuaria igual

Agora meu coração se sente como em Dezembro 

Quando alguém diz o seu nome

Porque eu não consigo criar coragem para te ligar

Mas eu sei que um dia vou conseguir,   sim."


Minato passou na casa de Kushina e eles conversaram por um longo tempo,Minato observou cada detalhe do quartinho preparado para o seu pequeno,estava tudo simples mais encantadoramente lindo. Ele aproveitou que ainda estava cedo para irem ao local marcado e pode almoçar com a ruiva que se encontrava bastante nervosa.

Ele tentou ao máximo acalma-la,a ansiedade também era grande nele, mau podia esperar para segurar o seu filho,queria sentir seu cheirinho e escutar seu choro. E la estavam Minato e Kushina fazendo planos para Naruto. 

-Sabe Minato,eu acho que o Naruto vai ser respondão com seus professores,artioso,vai sair correndo e aprontando por konoha- Kushina disse tudo muito rápido enquanto estavam parados na porta de casa.

-Calma Kushina - Minato tentou mante-la tranquila.

- E além do mais,ele vai sair por aí dizendo que quer ser hokage,o tempo todo dizendo que quer ser hokage- a euforia da ruiva era grande.

- E por que você acha isso?- o loiro perguntou sem entender o porque dela estar tão eufórica. 

-Porque eu sou a mãe dele- nesse momento Minato ficou corado,ele entendeu que ela sendo mãe sentia como seria o filho.

- Ele vai ser um ninja muito bom,Amado por todos,um verdadeiro herói - ele disse com um leve sorriso nos lábios. 

-Por que tem tanta certeza disso? - perguntou olhando intensamente o loiro parado a sua frente.

-Porque eu sou o pai dele.

Naquele instante ambos sorriram um para o outro e um pouco depois o Namikaze saiu,precisava resolver os últimos detalhes para o grande momento.


"Todo mundo se machuca às vezes

Todo mundo ae machuca algum dia

Mais vai ficar tudo bem

Vá e levante um copo e diga."


Kushina caminha junto a esposa do terceiro hokage,ela seria a parteira. No caminho encontrou sua amiga Mikoto com o pequeno sasuke nos braços e parou para comprimenta-los.

-Que lindo,será que ele e Naruto serão amigos? -Kushina fica encantada com o pequeno uchiha.

-Vão ser sim- Mikoto responde com um sorriso.

Kushina se aproxima próxima ao ouvido da uchiha e pergunta:

-O parto doi? 

Nesse momento a esposa do terceiro a chama e ela volta a caminhar para o local designado.



☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆


-Aiiiiiiii isso doi muito- Kushina gritava de dor .

- Ela está bem?- Minato perguntou a parteira enquanto mantinha o selo que aprisiona a raposa estável.

-As mulheres são fortes,se fosse um homem sentindo essa dor,ja teria morrido- respondeu a mulher que estava auxiliando Kushina.

-Aiiiiiiiiiiii- Kushina gritou novamente. 

Nesse momento pode-se ouvir o choro intenso do bebê que acabava de vir ao mundo. A mulher caminha em direção a Kushina e Minato que estava emocionado tenta segurar seu filho mais é empedido.

-A mãe vê primeiro.

Kushina fica emocionada ao ver seu pequeno bebê, exatamente como ela imaginava. A mulher se afasta com a criança dizendo que terão muito tempo depois e Minato vai refazer o selo em Kushina. 

Quando ele começa,escuta um som preocupante,um homem mascarado mata a parteira e pega o seu filho. 

-Se afaste da jinchuuriki- o homem ordenou.

- Quem é você e o que quer?-Minato pergunta.

Nesse momento o mascarado saca uma kunai e joga o bebê para cima,Minato em sua velocidade máxima,pula e pega a criança retirando o manto que continha explosivos. O loiro sai daquele lugar e leva Naruto até um local seguro e volta para buscar Kushina.

Ao chegar se depara com a raposa livre,pronta para matar Kushina,mais ele a tira rapidamente do local e a leva para junto do seu filho. Olhando aquela criança e kushina tão frágil,Minato se sente impotente por não conseguir cuidar melhor deles.

O loiro coloca sua capa de hokage e vai em direção ao enorme chakra sentido. Kurama já estava na vila, e muitas pessoas já haviam morrido. 

Minato estava no monte com os rostos dos hokages, em cima do seu próprio rosto de pedra. Logo foi sentido pela raposa que lançou em sua direção uma bijuudama,que o yondaime mandou para longe usando sua técnica de teletransporte.

Nesse momento o mascarado surge atrás do hokage que tenta o atacar,mais sua kunai atravessa o ninja, que tenta o sugar para outra dimensão,mais usando seu hiraishin Minato sai de la.

Em outro lugar,o mascarado novamente aparece em frente a Minato. 

- Você é realmente rápido- o ninja mascarado diz.

O yondaime parti para o ataque e novamente seu corpo atravessa o mascarado que tenta o prender em correntes,mais em sua velocidade máxima consegue sair sem ser pego.

Percebendo como funciona o jutsu do homem,Minato o ataca novamente,acertando-o com seu rasengan e desfazendo o controle que o mascarado possuía sobre a raposa de caudas.

O mais rápido possível Minato volta para onde a nove caldas estava e com a ajuda de um sapo gigante ele a teletransporta para longe da vila.

Ele usa seu hiraishin e busca Kushina e Naruto,e faz uma barreira para que a raposa não fuja. A raposa ia ataca-los quando a uzumaki invoca correntes que saem do seu corpo e imobilizam a grande fera. 



"Um brinde as pessoas que temos

Um brinde ao desejo de que você estivesse aqui, mas não está 

Porque as bebidas trazem de volta todas as lembranças 

De tudo que já passamos 

Um brinde aos que estão aqui hoje

Um brinde para aqueles que perdemos pelo caminho 

Porque as bebidas trazem de volta todas as lembranças 

E as lembranças trazem, as lembranças trazem você de volta. "


Adri ja sabia que a raposa tinha se libertado,e seu coração ficou ainda mais apertado e isso lhe dizia que o seu pesadelo podia ser real. Ela saiu desesperadamente para o local de onde vinha os barulhos,mesmo estando em pânico,se concentrou ao máximo para encontrar o chakra de Minato e o achou bem distante. Correu o mais rápido que conseguiu e logo chegou no local.

Observou a barreira que ele tinha criado e se lembrou que na adolescência um amigo a ensinou como abrir passagem nesse tipo de barreira além com alguns outros jutsus proibidos.

Ela ja ia usar o jutsu quando viu o loiro invocar uma criatura estranha,ela ja tinha visto aquilo,sabia o que significava e em um momento de desespero gritou.

-Minato não! - ele a olhou e deu um pequeno sorriso e seguiu adiante no jutsu.

Quando Adri conseguiu abrir a barreira,a visão que teve despedaçou seu coração. Minato e Kushina tinham umas das enormes garras da raposa atravessando seu corpo. Minato terminou os últimos selos e assim kurama foi novamente selada.

Kushina e Minato cairam no chão. Adri correu até o Namikaze e pegou em seu pulso para saber se tinha batimentos e sentiu que ele ja ia morrer. Ela rapidamente fez uma selos com a mão e um ceifero um pouco diferente do que o loiro havia invocado apareceu. O ceifero atravessou o peito de Adri levando ao corpo do Namikaze uma áurea azul e logo o jutsu foi realizado por completo. A laranjinha usou um jutsu proibido para salvar seu grande amor,mais isso teria um preço alto,parte da sua própria vida havia sido dada ao homem que amava.

Adri caiu desmaiada no chão e a grande ferida no peito do loiro foi se fechando e ele começou a acordar sem entender o que estava acontecendo .


"Doo-doo, doo-doo-doo-doo

Doo-doo-doo-doo,doo-doo-doo-doo

Doo-doo-doo-doo,doo-doo-doo

As lembranças trazem, as lembranças trazem você de volta. "





Notas Finais


Esse capítulo não é como no anime,eu modifiquei muitas coisas.
Talvez não tenham gostado do que aconteceu e peço desculpas se decepcionei.
Perdão pelos erros ortográficos.
Deixem aqui a opinião de vocês émuito importante.
Até a próxima.❤🌻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...