História Internato Do Amor - Capítulo 18


Escrita por: e suly_bts

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Romance
Visualizações 30
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Adivinha quem resolveu aparecer? Eu mesmaaa haha!! Estava inativa aki, pq tinha umas tarefas da escola p fazer.. E fiquem com a imagem do nosso mochi lindo aaa 😍
Boa leitura!

Capítulo 18 - Capítulo 18


Fanfic / Fanfiction Internato Do Amor - Capítulo 18 - Capítulo 18

2 semanas depois.. 

Sábado, 04h00 da tarde 

Sun Hee 

Essas semanas de férias estavam chatas. Não sai para lugar nenhum quase. E sobre a minha amizade colorida com Jungkook.. Bom.. Dizemos que está indo.. 

Nunca pensei que chegaria a ficar com ele. Jungkook é lindo demais! Socorro! 

Tinha acabado de sair do banho, quando recebo uma mensagem de Emi no meu celular. 

Mensagem On

Emi: Eae! 

Eu: Eae! O que foi? 

Emi: Vamos para a balada hoje? 

Eu: Ah Emi.. Balada? 

Emi: É! Vamos, vai ser legal! 

Eu: Não sei não.. 

Emi: Deixa disso Sun! Te pego as 07:00h 

Eu: Aish! Okay! 

Mensagem Off 

Minha mãe estava em casa. Vesti uma roupa confortável e sai do quarto. Fui para o quarto da minha mãe, e encontrei a mesma acariciando sua barriga, que já estava crescendo um pouco. 

Ela percebeu que eu entrei no quarto e se ajeitou na cama. Se sentei em frente à ela. 

- Mãe, é que a Emi me chamou pra ir pra balada hoje.. - eu disse 

- E você quer ir? - minha mãe perguntou 

Acenti de cabeça baixa. Minha mãe ficou me encarando por alguns minutos, e deu um suspiro. 

- Tudo bem; eu deixo você ir. - minha mãe disse 

- Sério? - perguntei animada 

- Sim. Mas lembre - se: nada de transar! E se for, com camisinha, pelo amor de Deus! Não quero um neto agora! - exclamou minha mãe 

Revirei os olhos e deu um beijinho na minha mãe. Fui para a cozinha procurar alguma coisa pra comer. 

07:00h da noite, mesmo dia 

Jeon Jungkook 

Eu estava já arrumado para ir para balada. A galera da nossa turma, marcou de irmos para uma noitada. Todos da sala estariam lá. 

Sai do quarto e desci as escadas, encontrando meu pai lá. 

- Vai pra onde Jungkook? - meu pai perguntou 

- Para balada. - eu disse 

- Hum.. Não chegue tarde. - meu pai disse 

- Okay pai. - eu respondi 

Logo a campainha tocou e eu vi Jimin e Hoseok na porta. 

- Eae Jungkook! Vamos? - Jimin perguntou 

Acenti sorridente. Assim que fechei a porta, vi Emi, Melissa e Sun na frente da casa de Sun. Elas estavam bonitas mais Sun estava linda demais! 

Ela usava um vestido preto, que estava um pouco colado e destacava bem sua cintura. Deixava sua coxas amostra e um salto alto. Estava de cabelos soltos e uma maquiagem que a deixava mais linda. 

- Jungkook?! - Hoseok me chamou, estralando os dedos na minha frente 

- Hã.. Oi.. - eu disse 

- Entra logo no carro! - Jimin disse

Entramos e Jimin deu partida. 15m depois chegamos, já que a balada não era tão longe dali. Jimin estacionou o carro e descemos. Confirmamos nossos nomes e entramos, encontrando já alguns colegas lá. 

00:00h, mesmo dia 

Park Jimin 

Eu estava já bêbado e entregue as bebidas. Estava no balcão do bar, observando as meninas dançarem. Eu observava bem Kyung Soon, que descia até o chão. 

A cada movimento que ela fazia, me deixava excitado. Vi que a mesma dava olhares maliciosos para mim. Fui até a pista e me aproximei dela. 

Ficamos dançando um pouco, e a puxei para um beijo quente e cheio de fervor. A mesma cedeu, e passou os braços em volta do meu pescoço. Senti sua língua entrar em sintonia com a minha, e sentir o sabor de álcool.  

- Vamos para um lugar mais reservado. - Kyung disse 

Saímos da pista e saímos da balada. Fomos para o carro, e entramos no banco de trás e começamos mais um beijo quente. Kyung foi descendo a mão até meu membro, e colocou a mão dentro da mimha cueca. 

A mesma começou a "acariciar" meu membro, já ereto. Eu gemia entre o beijo quente. Em poucos minutos estávamos semi nuos. Kyung estava apenas de sutiã e calcinha; e eu apenas de cueca. 

Minha glande estava enchada e necessitada. Nos separamos e eu peguei a camisinha no porta - luvas do carro. Kyung logo tirou seu sutiã e sua calcinha. Em seguida tirei minha cueca, e meu membro saltou para fora. 

Coloquei a camisinha e pedi para Kyung ficar de quatro, e ela ficou. Aah que bela visão! Aquela entradinha apertadinha e necessitada.. Penetrei sem aviso, mas devagar. Kyung deu um gemido baixo. 

Comecei a dar lentas estocadas na mesma, a fazendo gemer ali. A sorte, é que o carro estava estacionado um pouco mais longe da balada. 

- Aaa Jimin.. - Kyung gemia 

- Isso baby.. Gemi pra mim vai! - eu disse 

Aumentei a velocidade das estocadas e fui mais rápido. Puxei os cabelos de Kyung para trás, tendo a visão de todo seu maxilar e pescoço. Comecei a trilhar beijos por ali, sentindo seu cheiro doce. 

Kyung gemia mais e mais dentro do carro. Nossos corpos começaram a suar pelo calor do automóvel. 

Fui mais fundo. Eu e Kyung gemiamos em sincronia, fazendo apenas escutar os nossos gemidos. 

- Aah baby, você é tão apertadinha.. Aah.. - eu disse em meio de gemidos 

- Hm.. Awn.. Hmm.. 

Aqueles gemidos eram como uma música pra mim. Sai de dentro de Kyung e a virei fazendo encara - la. Comecei outro beijo por cima dela. Kyung inverteu as posições, ficando por cima de mim sem quebrar o beijo. 

A mesma colocou meu membro em sua intimidade apertadinha. Ela começou a quicar em meu membro, gemendo junto comigo. 

- Isso.. Quica vai.. - eu disse 

- Aaa Jiminnie.. Aaa.. - Kyung disse em meio de gemidos também 

Coloquei as mãos em sua cintura, fazendo ela ir mais fundo. Logo chegamos ao ápice. Kyung saiu de cima de mim e nos sentamos ofegantes. 

- Você não era mais virgem certo? - eu perguntei 

- Não. - ela respondeu 

Nos vestimos e saímos do carro. Entramos na balada novamente, e fomos para pista, nos juntar com os outros. 

Horas mais tarde.. 

04:30h da manhã, domingo 

Emi Sakura 

Eu e Tae estávamos em um canto afastado da balada. Eu estava bêbada e já bem louca. Eu e Tae estávamos nos beijando. 

Taehyung pegou a minha cintura e me trouxe mais para perto. Nos separamos, já que estavamos ofegantes. 

- Que hora é? - perguntei

- Quatro e meia já. É melhor nós irmos. - Tae disse 

- Ah não Tae! - eu disse fazendo biquinho 

- Vamos Emi. É melhor! - Tae disse 

Saímos da balada e Taehyung me colocou no carro. 20m depois, chegamos em casa e Taehyung abriu a porta pra mim. Ele me colocou no sofá. 

- Dormi comigo aqui amor. - eu pedi manhosa 

- Eu não posso amor. Seus pais não deixam! - Tae disse 

- Só hoje amor.. - eu pedi fazendo biquinho 

- Mais o que está acontecendo aqui? - alguém perguntou

Olhei para o lado e pude perceber meu pai. 

- Eu vim trazer a Emi senhor. - Tae disse 

- Ah obrigada Taehyung. Me desculpe se ela causou qualquer problema. - meu pai disse 

Taehyung me deu um selinho e saiu. Meu pai me pegou e me levou pro meu quarto. Me deitou na cama e saiu do quarto. 

Fiquei encarando o chão, até pegar no sono. 


Notas Finais


Um hotzin hoje 🌚 (o hot tá uma merda)
Vocês viram a intro do Jin que saiu hoje?
Eu vi e mano.. AQUILO EH UM HINO AAAA!! Jin eh mt lindo plmds ❤
Estão gostando da história?
Bjs e até o próximo 💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...