História Internato Hellsing - Capítulo 5


Escrita por: e 1ALI3NPERDID0

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 13
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem do capítulo de hoje beijinhos para vocês meus cheiros verdes espero que gostem.

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A


Capítulo 5 - Eu avisei


Fanfic / Fanfiction Internato Hellsing - Capítulo 5 - Eu avisei

Pov's Park Jimin.


Fiquei acordado a noite toda, olhando para aquele pedaço de papel, enquanto várias perguntas surgiam em minha cabeça.

-sera que ele vai matar meus amigos ?

-sera que ele vai vim me matar ?

-sera que ele não vai ser pego ?


Perguntas como essa circulavam minha cabeça enquanto eu encarava o papel praticamente chorando, até que não consegui mais segurar as lágrimas pensando em meus amigos e na S/N. 

Eu chorava de soluços, uma lágrima caia atrás da outra, até que sinto eu ser abraçado pelas costas, olho para trás e vejo S/N ela me abraçava forte, até que peguei ela no meu colo sem malícia nenhuma, apenas queria poder abraçar ela é chorar em seu ombro.

Ficamos ali por alguns minutos até eu me acalmar, quando me soltei dela entreguei o bilhete, ela leu tudo incrédula e assustada.


-vem vamos no quarto dos meninos -ela tira um cartão do bolso.

-mais a porta so se abre do lado de fora, vamos ficar aqui até alguém abrir -falo olhando a porta.

-tenho minhas técnicas, aliás fugia muito do hospício -ela pegou o cartão colocou na fechadura da porta.


Ela estava tentando empurrar a tranca para dentro assim abrindo a porta, no começo achava que era impossível mais ela realmente conseguiu depois de 4 tentativas.

Eu e ela saímos andando nos corredores com cautela já estava de noite e tínhamos que fugir das câmeras, fomos de quarto em quarto reunindo os nossos amigos queria ficar junto deles todas as noites e todos os dias assim evitando tudo.

O último quarto foi o de Hoseok, entramos e fizemos uma reunião lá mesmo, conversando planos e hipóteses para fugir das garras de Min Yoongi.


-vamos nos encontrar todas as noites, não andem sozinhos, isso seria muito perigoso já que ele quer matar todos, precisamos de armas o problema é como vamos conseguir -eu falo pensando em como faremos para conseguir armas.

-podemos usar vidros quebrados, colar eles em um pedaço de madeira para fazer uma faca afinal o vidro é afiado, tem uma cabana que tem várias coisas para conserto lá fora, como S/N é boa com trancas  ela pode tentar abrir a porta para a gente fazer, o que acham disso ? -Taehyung fala.

-eu poderia construir elas com ajuda do Jin e Hoseok assim vamos conseguir fazer rápido -Namjoon fala.

-Eu, Taehyung, Jimin e S/N- podemos ficar de guarda, sei imobilizar as pessoas ja fiz judo -Jungkook fala.

-achei um bom plano para agora vamos pensar só nisso mais depois temos que pensar em um plano pra impedir Min Yoongi de nos matar -falo observando a janela.

-calma vamos pensar tudo com calma Jiminie, ninguém vai morrer -Jin como sempre otimista.

-sim vamos todos nós juntar para conseguirmos ficar unidos e lutar contra esse pé no saco -Namjoon ri.

-vamos fazer um pacto de amizade -Hoseok foi até o seu matérial de pintura quebrando o apontador e tirando a lâmina.

-se tivesse mais apontadores podíamos usar como armas -Taehyung ri.

- vamos todos ficando em pé -Hoseok falou é todos fizemos uma roda.


Hoseok pegou a lâmina e fez um corte em sua mão esquerda, logo se aproximou de Taehyung fazendo o mesmo, logo em seguida Jin, depois Jungkook, depois Namjoon, depois S/N e por fim levou a lâmina em minha mão esquerda assim como de todo mundo. (Quem entendeu a referência comenta rsrs)

Hoseok estendeu as mãos e segurou a mão de Taehyung e a minha, ele acentiu com a cabeça para que nos fizéssemos o mesmo, então dei minha mão para S/N, ela deu as mãos para Namjoon, ele deu as mãos para Jungkook, ele deu as mãos para o Jin e Jin deu as mãos para Taehyung assim fazendo uma rodinha.


-sei que somos otarios mais... dessa vez os otarios não vão perder, vamos sempre estar juntos, esse pacto para nossa amizade vai durar para sempre, jurem que sempre vamos estar juntos -Hoseok fala.

-juramos -todos falam juntos e soltamos as mãos.

-bom vamos cada um para os dormitórios, tentem ficar atentos fechem a porta com isso -Namjoon entregou um pedaço de madeira para cada um.

-otima ideia -Apanho a madeira ela tem o tamanho exato da porta da para trancar por dentro.


Fomos cada um para o seu dormitório claro tomando cuidado com as câmeras, quando entrei no quarto instantaneamente coloquei a madeira assim travando a porta.


-estamos seguros agora e nossos amigos também -sorrio para S/N.

-perdi o sono posso me deitar com você Jiminie  ? -ela fica levemente corada olhando para baixo.

-p....pode sim -falo sorrindo.


Nos deitamos juntos na cama rindo contando histórias engraçadas, o sorriso dela era lindo, ela é realmente muito fofa, queria guardar ela em um potinho.


-uma vez no Hospício, uma menina vivia me irritando, naquele dia estava dando macarrão lá, quando ela colocou uma colher na boca eu escorreguei e cai na frente dela, quando ela foi rir saiu macarrão do nariz dela, todos foram da cara dela, depois disso ela nem me irritou mais - ela começa a rir freneticamente.

-eca que nojo, mais acho pouco pra ela -começei a rir junto.


Paramos de rir e ficamos nos olhando, ela era linda, aqueles olhinhos me fitando eram tudo de bom queria parar o tempo para estar do lado dela, fechei os olhos e encostei de leve minha testa com a dela e a abraçei, aos poucos fui me aproximando dos lábios rosados dela, podia sentir sua respiração quente.

Me aproximo mais finalmente encostando meus lábios junto com os dela, seus lábios eram quentes e macios, no início foi um simples selinho, mais não me contentei com isso, eu queria mais.

Com calma me aproximei novamente colando nossos lábios, passei minha língua sobre os lábios dela pedindo passagem, ela concedeu abrindo minimamente sua boca, e sua língua foi de encontro com a minha, estávamos em um beijo calmo, um beijo necessitado, era viciante aquele beijo, a cada segundo queria mais e mais.

Coloquei a minha mão na nuca dela aprofundando o beijo, o deixando cheio de desejos, S/N segurava meus rosto com suas mãos frias e macias, fazendo caricias em minha bochecha, ficamos nos beijando até que a falta de ar nos separa, começo a respirar ofegante perto de S/N, e ela também estava bem ofegante.

Ela sorriu e se aconchegou em meu peitoral, apenas abraçei ela com força, fazendo carinho no topo de sua cabeça, ela pareceu amar aquilo, então continuei fazendo carinho nela até ela finalmente pegar no sono, fiquei observando ela dormir, afinal não estava com nem um pouco de sono.

Observei o rostinho dela levemente corado, ela dormia feito um gatinho, com uma mão fechada próxima de sua boca e a outra por cima da braço dela, estava morrendo Horrores de ver aquilo, ela era tão fofa tão linda.

Fiquei observando ela a noite toda até que escutei a porta batendo, me soltei dela indo até a porta, observo mais um bilhete e pego o mesmo, ele dizia.


Por que não abre a porta para seu amigo  ? Que falta de educaçao não abrir a porta para os convidados, parece que todos seus amigos estão trancados mais eles não podem ficar assim pra sempre, vocês vão se separar alguma Hora e eu vou estar de olho para matar cada um com minhas próprias mãos, se cuide Park Jimin, você sera o último que vou me divertir.


Ass:MY.


Esse cara é um lunático só pode, mais que bom que ele não conseguiu ter acesso aos meus amigos, pego o bilhete e rasgo em mil pedaços jogando no lixo, volto para a cama deitando abraçado com S/N.


Meu dia realmente foi cheio preciso descançar...







Continua ?




Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpem se ficou curto to com Bloqueio de criatividade.

Beijinhos de Brigadeiros da Tia Asurah.

Até o próximo capítulo ♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...