História Internato High Cooper Stewart - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: e fairyoon

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bruxos, Colegial, Demonios, Interativa, Internato, Lobisomens, Luta, Magia, Poderes, Romance, Vampiros
Visualizações 85
Palavras 1.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


oi nenês! rsrsrs
esse capítulo deveria ter saído antes, masss, como aconteceu uns imprevistos só está saindo agora.
além dos nossos personagens, só apareceram dois dos aceitos, e um desses vocês vão ter que adivinhar, kk, se bem que já tá meio na cara, KKKKKK.

nós iríamos colocar mais aceitos nesse capítulo, mas acabou que ele já tava grande e resolvemos deixar pro próximo, rs.

não se esqueçam de ler as notas finais e comentar!

Capítulo 3 - 01; bad things.


Fanfic / Fanfiction Internato High Cooper Stewart - Interativa - Capítulo 3 - 01; bad things.

Isaac sorriu, desacreditado, enquanto pegava um dos cookies que havia caído em sua inseparável jaqueta de couro, botando na boca a seguir. A garota estava o desafiando? Logo ele? Seria algo interessante de se lidar.

 

[♡]

 

Isaac estava fumando encostado tranquilamente na parede do lado de fora do internato. Especificamente perto do campus. Estava esperando a Princesa das Trevas — apelido que resolveu dar para Afrodite — para então uma briga. Bom, ele não acha que realmente irá ser uma briga já que tem noção da força que tem, e obviamente é um vampiro. É até injusto colocar um humano contra ele, mesmo que a garota seja forte e seja uma bruxa. Ele também não teria coragem de a machucar, mas a dar um susto, é claro que sim.

 

Por outro lado, Afrodite estava completamente enraivecida com a situação que se encontrava, ela ao menos tinha paz para comer, agora?

 

Ela caminhava rapidamente para o lado de fora do internato, olhando atentamente para cada lugar na tentativa de achar o vampiro que havia a incomodado. Não demorou tanto assim para avistar um carrancudo fumando encostado numa parede qualquer. A garota sorriu para si mesma, caminhando em passos firmes até o vampiro.

 

Isaac é claro, já havia percebido que a garota estava vindo em sua direção, mas continuou fumando. Esperaria ela estar perto o suficiente para talvez, quem sabe, jogar seu baseado fora.

 

— Olá, príncipe! — a garota diz da forma mais irônica que podia no momento, dando oportunidade apenas para o vampiro que ali estava se virar antes de dar um belo soco no queixo do mesmo.

 

Isaac se encontrava perplexo. Tinha sentido a ira e a adrenalina da garota de longe, mas não sabia que ela lhe daria um soco. E se soubesse, é claro que teria a acalmado. Sua reação depois de alguns segundos fora apenas rir, se virando para mesma. Seria agora o momento perfeito para lhe assustar. O garoto fechou a mão em punho, e levantou na direção da garota. Seu plano era que quando sua mão estivesse perto o suficiente do rosto bonito da bruxa, simplesmente, começaria a rir e sairia do local. Porém fora impedido por uma mão, segurando seu pulso.

 

— Você iria mesmo bater em uma mulher, cara?! Olha a sua força. Você é um vampiro, caralho! — um garoto consequentemente mais alto que Isaac e com várias tatuagens e piercings diz após entrar na frente da bruxa que estava com o semblante assustado e segurar o pulso do vampiro.

 

— Lógico que não, otário. Eu iria assustar ela, apenas. Ou você acha que eu sou louco? — questionou Isaac, tirando seu pulso bruscamente do aperto do garoto.

 

Antes que qualquer um dos dois garotos ali presente pudessem se pronunciar, Afrodite sai do local onde estava e vai para perto de Isaac, logo após dando um chute no meio das pernas do vampiro, fazendo o garoto tatuado que havia defendido a mesma rir automaticamente sendo acompanhado logo após pela bruxa.

 

Isaac novamente encarou tudo incredulamente. Estavam todos contra si naquele internato? Com certeza absoluta que sim. Observou aqueles dois rindo de si, assim como outros alunos que estavam ali em puro ódio. Se fosse humano, já estaria vermelho de raiva.

 

— Como você se chama? — o garoto tatuado diz dirigindo seu olhar para a menina de cabelos coloridos.

 

Afrodite Barclay, e você? — a garota diz ignorando completamente a presença do vampiro que ali estava com cara de tacho.

 

Tyler James Mallory, mas me chame de Tyler. Qual é a sua aula agora? — O garoto diz com curiosidade para a bruxa ignorando o vampiro que ali estava presente assim como a garota fazia.

 

Afrodite então, fala a aula que teria para o garoto, que por coincidência era a mesma dele. Ambos então começaram a caminhar em direção ao interior do Internato, ignorando completamente o vampiro, esse que estava estático com toda a situação. Afrodite no meio do caminho, se virou para trás, e numa expressão debochada, fez tchauzinho com a mão na direção do garoto. Isaac nunca se sentiu tão afrontado como agora.

 

— Não liga pra maconheira não, amorzinho. - Uma garota loira diz surgindo na visão do vampiro que ainda se encontrava com sua cara de tacho.

 

Isaac a encarou, com o cenho franzido. Quem diabos era aquela?

 

— Mas eu também fumo. Automaticamente sou maconheiro também. — respondeu simplesmente, e saiu dali, em passos firmes, e agora então, deixando a loira incrédula.

 

 

[♡]

 

 

Thomas estava encostado no na porta de seu dormitório, pendurando um tipo de chaveiro com um lobinho branco de pelúcia. Era sua representação em brinquedo, sem dúvida. O garoto de mexas rosas se sentia estranho desde que havia pisado no Internato. Sentia que tinha alguém ali, que já o conhecia, e que por algum motivo tinha uma ligação consigo. Mas estava tentando não focar muito nisso. Respirando pesadamente, se ergueu nas pontinhas do pé para poder colocar o "chaveirinho" em sua porta, para em seguida sorrir minimamente.


O garoto se virou de costas para a porta, já que estava planejando ir para a cantina comer alguma coisa, mas acabou dando de cara com um garoto. Franziu o cenho levantando seus olhos até o moreno a sua frente, arregalando os olhos puxadinhos a seguir. Era realmente ele? O garoto que invadia seus sonhos todas as noites fazendo ele acordar no outro dia totalmente quebrado e sem energia nenhuma, como se tivesse corrido uma maratona?  O garoto sentiu suas bochechas corarem ao perceber que sim, era ele. Como não reconhecer aqueles olhos castanhos intensos?


— Te achei — sussurrou sorrindo de canto, fazendo o garoto se arrepiar e engolir em seco. Que diabos ele está fazendo ali? E o fazendo reagir daquela forma? — Olá, Thomas.


O lobo encarou o garoto – que realmente ainda não fazia ideia do que poderia ser – durante o tempo. Deveria fugir enquanto ainda dava tempo, certo? Certo. Mas não conseguia nem sair do lugar, parecia hipnotizado nos olhos do garoto. Queria tocá-lo, mas ao mesmo tempo temia isso. Ver os passado das pessoas algumas vezes pode te perturbar, e mesmo que ele controle isso, algumas vezes quando se encontra aéreo – como agora – acabaria não controlando seu poder.


— Quem diabos é você? — finalmente consegui dizer algo, fazendo o moreno a sua frente sorrir.


— Sou aquele que vive nos seus sonhos. Literalmente. Henrik, ao seu dispor, anjo.

 


Okay, Henrik na verdade era seu inferno particular. Mais que o próprio internato.

 

 

[♡]

 

 


Notas Finais


rsrsrsrs.

desculpem qualquer erro;

AGORA O MOMENTO MAIS AGUARDADO, KK.

personagens principais: https://docs.google.com/document/d/1_k2idr9YeCiWuFR0dAC0JBVMTEyTRPzbH8G3oQOwbJo/edit?usp=sharing

está em ordem alfabética.

aí gente, eu sei que é clichê, mas eu peço que por favor, não fiquem magoados se não forem aceitos, eu e a Lara gostamos de todas as fichas e, inclusive, aumentamos o número de aceitos que estávamos pensando em aceitar, e também o máximo que iríamos aceitar.
talvez os personagens das pessoas que não foram aceitas agora apareçam, mas não como principais; ainda estamos pensando sobre isso!

bom, agora uma coisa em que eu e a Lara estamos muito animadas e esperamos que dê certo: um grupo no twitter com os personagens principais!

para as notas finais não ficarem muito cheias, irei deixar comentários no fixado explicando como será isso, então, não esqueçam de ler e, consequentemente, participar. nós queremos interação com todos!

xoxo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...