História Interview with one direction - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Harrystyles, Imagine
Visualizações 194
Palavras 1.004
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiiiiiis Mil desculpas por não ter postado ontem. Minha net deu bugue. Mas tô de volta!!!!!!!!
OBG pelos favsssssssss
É comentários 😍😍😍♥♥👌👌
Sorry por alguns erros.
Buoua leitura 📖

Capítulo 17 - Anjo tatuado. Braço quebrado


Fanfic / Fanfiction Interview with one direction - Capítulo 17 - Anjo tatuado. Braço quebrado



         Who's that shadow holding me hostage?

I've been here for days

Who's this whisper telling me that I'm never gonna get away

I know they'll be coming to find me soon

But I fear I'm getting used to

Being held by you


(Oh!)

Baby look what you've done to me (oh!)

Baby look what you've done now (oh!)

Baby I'll never leave you if you keep

Holding me this way (oh oh oh oh, oh oh)


(Oh!)

Baby look what you've done to me (oh!)

Baby you got me tied down (oh!)

Baby I'll never leave if you keep holding me

This way (oh oh oh oh, oh oh)

          





      Acordo como se tivesse ganhando uma pancada na cabeça. Parecia que iria explodir. Que sensação estranha. Abro meus olhos me acostumando com a claridade do meu quarto. Reconheci por ter uma cortina preta com marrom. (que amo). Estou de camisola, não me lembro como coloquei isso. Aliás, não me lembro de nada. Abro a boca para gritar Sarah, mas acabo grunhido pela dor que está em minha cabeça.


   A porta se abre revelando um anjo com tatuagens e cabelo molhado. Só de calça moletom e meias nos pés. 


          - Que bom que acordou. Tome isso, vai melhorar essa ressaca! - ele me entrega um comprimido e água. Bebo sem hesitar. Observando o mesmo colocar uma blusa branca . 


             -O que aconteceu comigo? - pergunto baixo para a dor não aumentar. 


          - Bom, vou resumir:Eu fui atrás de você em um pub, você estava beijando um carinha lá que se não me engano chama-se Nathan. Pedi se eu poderia falar com você. Mas aí seu namoradinho não gostou e começou a te xingar, te chamou de vadia... Mas aí você começou a discutir com ele. Então arrancou sua roupa na frente de todos no local. Eu não permitir, briguei com ele. Mas depois fomos expulsos do pub. Você estava paralisada, não conseguia falar nada. Só dizia: me leve pra casa, me leve pra por favor. Então te trouxe! - dá de ombros. 


        - Ainda estou dormindo? - coloco minhas mãos no rosto


           Ri curto. - Não, por que? - sinto um lado da cama se afundar.


            Retiro as mãos e olho.

    - Você está sendo legal comigo... Isso é raro! - sorrio torto.


             -Olha... Eu sei que fui um grande marxista, estúpido e muito idiota por ter falado aquelas coisas com você. Mas realmente estava em um dia, ou melhor, estou em dias ruins. Mas me desculpe por que fiz. - olha para baixo.


           Suspiro leve

      - Okay, tá desculpado. - silêncio- mas, por que foi atrás de mim?  


          Éle me olha meio sem jeito.

         -Eu... O Zayn me pediu uma coisa. - sorrio de lado, pois Zayn falou com Harry. Acho que isso é bom, tomara que não estejam brigados. 


            - E ? - incentivo o continuar.


         - Ele me pediu pra convencer a você que nada o que aconteceu foi sua culpa. Por isso pare de pensar que foi! Estamos passando por um momento difícil com a banda. Nada com você, eu... Eu tenho que ir! Até mais (s/n)! - Harry se levanta rápido saindo do quarto. Me levanto também sem me importar como estou e com a dor.


          - Harry espera! - corro até a porta mas no caminho acabo escorrendo no tapete, caio com meu braço virado. A dor ainda maior quando tento me mexer. Grito de dor, meu braço fica dormente.


            - (S/N)! - Harry corre até mim desesperado, me pega no colo com um pouco de dificuldade me ajeito. Me leva para o quarto, me colocando na cama novamente- Você está bem? - pergunta ajeitando o travesseiro.


         - Claro que não! Acho que quebrei o braço. Está doendo muito Harry! - gemo de dor. 


           - Nossa. Hm... Vou te levar para o hospital. Cadê seus documentos?      


        - tá na minha bolsa ali! - faço cara feia. 


         Ele caminha até a mesma pegando minha identidade.  


            - Tá, agora troca de roupa, você está de camisola. - ele ri baixo. 


             Ergo minha sobrancelha. 

            - Não vou trocar de roupa com você aqui. Sai do quarto! - balanço meu pé. (minha mania). 


          -Aah (s/n), para de frescura e troca logo! - cruza os braços. 


            Suspiro nervosa. 

           -Então se vira! - antes que ele reclame, grito- Anda Harry!   


          Éle fecha os olhos de raiva se virando de costas para mim. Pego uma blusa e short que estava na cama. Tiro a camisola com dificuldade pelo braço. Gemo de dor e Harry tenta se virar. 


          - Não se vira ainda! - o repreendo. 


               - Quer que eu te ajude a se trocar? - ele dá um sorrisinho safado.   


         - Não preciso. - respondo fria.- pronto, agora vamos!   


        Éle se vira e se surpreende. 

           - Uau, tá bonita! - não me seguro em sorri de lado. 



  *******

           Até parece cena de filme: Harry entra no hospital comigo em seus braços, seu rosto expressava preocupação. As pessoas se assustaram ao perceber quem estava presente na sala de espera. Murmurinhos como nome de Harry. 


          - Você sabe que consigo andar não é? Meu braço que quebrou. 


        - Quer que eu te ajude ou não garota?! - bufo revirando os olhos-não revire esses seus olhos! Moça o médico tem que atender ela agora! - praticamente grita com a enfermeira. 


     - Harry me coloca no chão, por favor! - reclamo. Ele me olha com cara feia mas faz o que pedi. 


          - O que ela tem senhor? - logo ela se vira se surpreendendo com a beleza de Harry. (que realmente...)


          - Acho que quebrou a braço! Tem como atendê-la depressa!!! - sua paciência era pouco. 


           - Você é Harry Styles? - pergunta toda animada. 


         Harry respira pesado. 

            - Não. Sou o Justin Bieber, e a Madona aqui precisa ser atendida! - ironiza Harry, não consigo segurar e caio na gargalhada. A mulher revira os olhos digitando algo no computador. 


            - Qual é o nome dela? - ela pergunta. 


           -(S/n) (sb/n). - franzo o cenho. 

      

            - Idade? 


           - 19 anos. - oi? 


            - O que você é dela? 


           Ele suspira fundo e fala. 

             - Namorado.     


        





Notas Finais


Eitahh MeoDeusssss...
Comentem aeeeeeee favoritem 🆙😍😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...