História Into You - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Piper McLean
Tags Amor, Annabeth, Deuses, Frank, Hazel, Jason, Leo, Mitologia, Percabeth, Percy, Piper, Romance
Visualizações 358
Palavras 1.102
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Famí­lia, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Parque de Diversão!


Fanfic / Fanfiction Into You - Capítulo 2 - Parque de Diversão!

                                                          ANNABETH POV

Abri os olhos lentamente e vi que eu estava deitada no peito de Percy, olhei pra cima e ele estava dormindo tão calmamente, eu podia ouvir a sua respiração leve e tranquila. Sai de cima Percy devagar pra ele não perceber que eu tinha acordado. Peguei minhas roupas que estavam espalhadas pelo chão e vesti. Desci e fui até a cozinha. 

- Pai, já chegou - Gritei.

Não teve nenhuma resposta. Abri a geladeira e peguei um copo de água.

Subi de novo pro quarto e abri a porta. Percy não estava na cama.

- Percy - Chamei.

Ele saiu do banheiro do meu quarto e sorriu pra mim.

- Percy você está...

- Pelado. - Ele completou.

- Acho melhor você vestir uma roupa antes que alguém veja você assim. - Falei.

Percy pegou um lençol e se cobriu.

- Porquê você não me disse que tinha gente aqui na sua casa. - Ele falou.

- Não tem. - Falei. - Meu pai ainda não chegou.

- Ah, menos mal. - Disse ele. - Que estranho. 

- O quê ? - Perguntei.

- É que é a primeira vez que a gente....você sabe....transa na sua casa. 

- E qual o problema ? - Disse.

- Nenhum. - Ele disse.

Me aproximei dele e coloquei uma das minha mãos no peito dele. 

- Vai tomar, pra gente ir. - Falei.

Tirei a mão do peito dele e caminhei até meu guarda-roupa. Peguei uma toalha e joguei pra Percy.

- Vamos pra onde ?...Ahhh, quase me esqueci. 

Revirei os olhos e ele riu.

- Vá, cabeça de alga.

- Não quer vir comigo ? - Ele perguntou.

- Melhor não, já sei que você vai demorar. - Falei.

- Filho de Poseidon, lembra ? - Falou.

Eu ri e ele entrou no banheiro.

...

Percy como sempre demorou. Depois que ele saiu do banheiro eu entrei e tomei banho.

Quando sai do terminei, Percy estava colocando uma camisa. Estava tão lindo, talvez eu estivesse tão feliz por ele estar comigo. Ele estava com uma calça jeans preta, um all star igualmente preto, uma camisa branca e uma jaqueta preta. 

- Como estou ? - Perguntou.

- Maravilhoso. - Falei colocando os braços em volta de seu pescoço.

Ele colocou as mãos na minha cintura.

- Obrigado. 

Ele me deu um selinho e foi pro banheiro pentear os cabelos.

Vesti uma calça jeans desbotada, calcei uma sandália de salto grosso, uma blusa branca com manga boca de sino e fiz um coque no cabelo.

Percy me olhou de cima a baixo.

- Ficou tão ruim assim ? - Falei.

- C-Claro que não Annie, você tá linda. - Percy falou.

Eu sorri e coloquei a mão no rosto dele.

- Vamos. - Falei.

Percy e eu descemos. Peguei minha bolsa e saímos em direção ao parque de diversões.

Percy pegou minha mão.

- Seu pai não vai ficar preocupado ? - Ele perguntou.

- Eu vou ligar pra ele mais tarde. - Respondi.

- Então, onde fica o parque de diversões ? - Ele disse.

- Calma garotinho, vamos chegar. - Falei rindo.

- Faz muito tempo que eu não vou, e eu tô com uma vontade de ir no carrossel. - Percy disse.

- Percy eu não acredito que você tá me falando isso. - Disse eu.

- Qual o problema ? Sempre gostei de carrossel.

Passei os braços em volta da cintura dele e ele colocou os braços em volta do meu pescoço.

                ...

Quando chegamos no parque, Percy comprou os ingressos e entramos. Percy parecia uma criança. Olhava os brinquedos como se quisesse ir em todos. Fomos juntos na roda gigante, no Kamikaze. Quando descemos da montanha russa eu quase vomitei em Percy. Mas foi muito romântico quando fomos juntos no pedalinho em formato de cisne.

- Percy eu nunca mais volto naqu... - Falei e reparei que Percy estava com os olhos vidrados em alguma coisa.

- Annie... - Ele disse.

- Percy o que foi ?

- CARROSSEL ! - Ele berrou e saiu correndo.

- Percy !  - Tentei falar.

Ele parou em frente a um homem que controlava o carrossel. Me aproximei a tempo de ouvir a conversa.

- Você não é meio grandinho pra ir nesse brinquedo, filho ?. - O homem disse.

- Ahh, que bobagem. Tá aqui o bilhete. - Percy disse entregando o bilhete pro homem.

O carrossel parou e as crianças que estavam nele desceram. Percy correu e montou num unicórnio branco com os cascos prateados e o chifre com as cores do arco-íris. 

Outras crianças entraram e sentaram nos cavalinhos. O homem que monitorava o carrossel ativou e o brinquedo começou a rodar. Percy estava gargalhando e brincando como se fosse uma criança. Vi algumas mães olhando pra ele e fazendo cara feia.

- OLHA ANNIE ! - Ele berrou.

Eu coloquei a mão na testa e ri.

Percy estava rindo tanto que pensei que ele fosse explodir de felicidade. Ele ficou decepcionado quando o homem parou o brinquedo.

- Isso foi incrível Annie, quero ir de novo. - Ele falou.

- EIII ! Acho que já chega por hoje. - Falei. - Vamos.

Fui caminhando e Percy me seguiu. Compramos pipoca e nos sentamos em um banco em frente a um rio. Já estava de noite e os olhos de Percy combinavam perfeitamente com as estrelas.

Eu me aproximei dele e pousei a cabeça no seu ombro.

- Obrigada - Falei.

- Pelo oquê ? - Ele perguntou.

- Por esse dia, por você ter vindo ficar comigo, por me fazer tão feliz. - Disse eu.

Ele sorriu, eu tirei a cabeça do seu ombro e ele se aproximou selando nossos lábios. Um beijo suave e apaixonante, Percy beijou o meu pescoço, o que só me fez desejar mais ele.

- Eu te amo - Percy disse.

- Eu te amo, também. - Falei.

Percy estava se aproximando pra me beijar de novo mas alguma coisa nos fez separar. O banco onde a gente estava começou a se erguer. Percy pulou do banco. Tentei fazer o mesmo, mas quando olhei pra baixo estava a vários metros do chão. 

- PERCY ! - Gritei.

Vi ele sacando contracorrente e correndo. O banco tremeu e eu me segurei firme. Quando olhei um pouco mais abaixo pude perceber que era um lestrigão e dos grandes, fechei os olhos. Senti o vento como se estivesse queimando a minha pele. Quando abri os olhos, eu estava a poucos metros de cair dentro do rio. O lestrigão havia me lançado em direção ao rio.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...