História Into you - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags Bangtan Boys (bts), Namjin, Taegi
Visualizações 36
Palavras 1.558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores!!!
Gente, vcs pegam resfriado fácil tbm? Pq eu, qualquer ventinho já tô morrendo kkkkk
Bom... Sobre a fic, prestem bem atenção nos pequenos detalhes/atitudes/expressões deles, isso meio que ajuda um pouco a entender e tbm QRO VCS MELHOR Q CSI E FBI PRA DESCIFRAR CASOS! Eh isto...
Vamos lá então
Boa leitura crianças e
Nos vemos nas notas finais?!

Capítulo 14 - Capítulo XII


- Mas e se tivesse, Namjoon?

- Seria minha última missão.
 

O moreno permanece com o olhar no castanho, mas nem percebe quando o mesmo fecha a porta. Jin segue até onde o mais novo estava e abre a porta, mas encontra todo o caminho até as escadas vazio, o que faz com que o mais velho volte para o quarto e se sente na cama novamente se perdendo em pensamentos com o olhar baixo.

Namjoon segue para a cozinha e apóia as mãos na mesa, baixa a cabeça e fecha os olhos respirando fundo. A cena que tomou sua mente foi do moreno perto da janela, tratando de algum assunto no telefone e no momento em que o mesmo fica de costas o telefone cai no chão e logo depois seu corpo. O castanho volta a abrir os olhos e fecha o punho batendo uma das mãos na mesa com força, uma das serviçais que passava por ali acaba encarando o maior que apenas ignora e segue para fora.

- Yoongi. - seguia para a garagem - Yoongi!

- Que foi? O que aconteceu?

- O que tem hoje?

- O mesmo de sempre, só mais um show.

- Onde?

- Bom... - enxuga a mão num pano - No mesmo lugar de ontem. Foi dividido em dois dias por o local ser pequeno e a quantidade de pessoa superior ao que cabia lá dentro.

- Tá. Cancela esse show, aquele é um péssimo lugar.

- Aconteceu alguma... - os dois ouvem certos murmúrios vindos do portão - O que é isso?

Os dois segue para o portão e vêem milhares de repórteres com câmeras e tudo o que tinham direito, falavam coisas completamente sem sentido aos ouvidos dos dois por estarem falando todos ao mesmo tempo.

- Chama reforço pra tirar eles daqui, vou ver o Jin.

Yoongi faz o que o castanho manda e o mesmo segue para dentro da casa,  assim que entra encontra o moreno na janela da sala onde conseguiu ver um pouco da movimentação.

- O que está acontecendo?

- Já falei pra ficar longe da janela. - puxa o mais velho pro meio da sala - O que disse para o jornal?

- Você ouviu, eu disse que não falaria sobre nada.

- E por que eles estão aqui?

- Como eu vou saber? Eu só recebi um telefonema e você ouviu o que eu...

- Telefonema...

- O que?

- Telefone... - segue pra mesinha que tinha perto do sofá tirando o fio do telefone da tomada - Te rastrearam. - arruma o ponto/fone no ouvido e puxa o moreno pelo braço - Yoongi, tem alguém no meio que não é repórter.

- Como eu vou saber?

- Só fica de olho - sobe as escadas rápido - Não sai desse quarto e não fica na janela.

- Tá... Espera aí - o castanho para na escada - Cadê meu irmão?

- Entra no quarto! - volta seguindo pro quarto do ruivo e abre a porta sem bater fazendo o maior se assustar - Vem.

- Por que?

Namjoon puxa o ruivo pelo braço e o deixa no mesmo quarto que o mais velho, depois de repetir as mesma instruções novamente segue para as escadas descendo rápido. Assim que da o primeiro passo pra fora da casa ouve um tiro ser disparado e acaba voltando pra perto da porta.

- Que merda. Yoongi... Yoongi!

O loiro até ouvia o chamado do castanho, mas por estar quase sem ar por conta de um mata leão acaba não conseguindo responder. O menor consegue se afastar do golpe e desfere alguns socos no homem que mantinha uma máscara em seu rosto, o loiro consegue pegar a arma que havia sido arremessada um pouco longe e logo desfere um tiro na perna do maior. Namjoon volta pra dentro da casa e cruza a cozinha com toda a calma do mundo, já com a arma apontada pra sua frente e olhando em volta. Já na varanda o mesmo percebe que estava tudo limpo e corre para a garagem encontrando o loiro ajoelhado no chão.

- Você está bem?

- Tô sim. Não deu pra eu responder, desculpa.

- Tudo bem. Ele está...?

- Não. - tira a máscara do homem - Só dei um tiro na perna pra impedir a fuga... Ele desmaiou por conta dos socos.

- Tá... - joga uma algema na direção do loiro - Prende ele em algum lugar.

- Desde quando tem uma algema?

- Desde quando você tem uma faca presa ao tornozelo. - os dois arrastam o homem pra que pudessem o prender em algo - Você precisa aprender a observar mais.

- Tá... - se levanta colocando a arma atrás de si - Só que eu não tenho paciência pra isso. 

Os dois seguem pra frente da casa novamente, já com o fluxo de pessoas mais reduzido já que havia mais de duas viaturas da polícia do lado de fora. Yoongi pede pra um dos serviçais abrir o portão que era automático e logo o loiro acompanha três policiais até onde haviam prendido um dos invasores.

- E onde o Jin está?

- No quarto.

- Tenho que falar com ele.

- Por que? - impede o policial de avançar pra dentro da casa - Ele não teve culpa de nada.

- Soubemos de uma ligação um pouco antes do acontecido, preciso saber sobre o que conversaram.

- Sobre uma entrevista falando dos ataques no fim dos shows. - encarava o homem que fazia algumas anotações - Ele disse não e desligou o telefone.

- Foi só o que ele disse?

- Foi o que eu vi e ouvi.

- Namjoon, estamos do mesmo lado. Pode confiar - tenta novamente seguir pra dentro da casa e mais uma vez é impedido - E o irmão dele? - o castanho não diz nada, mas continua o encarando - Tá bom Namjoon. - entrega a prancheta para o castanho - Assina isso e vamos investigar as ocorrências.

- A ligação foi rastreada né?

- Não temos nenhuma informação ainda.

- Se até vocês souberam, com certeza estavam rastreando. A ligação fica exposta pra qualquer tipo de sinalização. - entrega o documento assinado para o policial e vê os outros três passando com o invasor  - Espera, deixa eu falar com ele.

- Namjoon. - segura o castanho pelo braço - É nosso trabalho, pode deixar.

- A gente deixa. - o loiro para ao lado do castanho - Só que façam direito. Aposto que amanhã mesmo ele está solto de novo.

- Dou a minha palavra de que se houver provas suficientes, ele fica preso.

- Flagrante não é o suficiente?

O policial da de ombros e Namjoon fecha o punho, Yoongi segue os policiais até o portão enquanto o castanho apenas os observava com o olhar. Sabia que a partir do momento que a viatura virasse a esquina, o caso já seria esquecido e em menos de 24 horas aquele cara estaria solto pronto pra outro ataque.

- Era o mesmo dos shows?

- Não. Ele era menor e mais lento, eu consegui alcançar ele na garagem. - os dois seguem pra dentro da casa - Eles são em quantos, ein?

- Não sei.



 

 

- Sai da janela Taehyung!

- Mas todo mundo já foi embora.

O moreno segue para a porta e a abre lentamente, ouvindo a conversa dos outros dois. O mesmo segue para as escadas enquanto Yoongi e Namjoon continuavam conversando.

- Nam...

O maior ganha a atenção do castanho, enquanto Yoongi olha para a mesma direção vendo o mais novo parado um pouco atrás de Jin. O ruivo encara  os dois, mas seu olhar pousa definitivamente no loiro por alguns segundos, o mais novo baixa a cabeça e logo segue pro seu próprio quarto.

- Você está bem? - o castanho afirma - Você também?

- Uhum. - sorri - Vou arrumar a bagunça da garagem.

O loiro segue para a cozinha, mas se lembra do que Namjoon havia lhe pedido e logo para na varanda pegando o celular pra tentar entrar em contato com o organizador do show e cancelar o mesmo.

- Eu não quero sair hoje.

- Não vai. Pedi pro Yoongi cancelar o show, não se preocupe.

- Quem era?

- Não sei Jin, mas ele está preso agora... Espero que esteja.

A última frase saiu mais pra si mesmo do que para o moreno. Namjoon segue pra cozinha em busca de algo para beber e sente ser seguido pelo moreno que se senta à mesa, o castanho pega um jarro de suco de laranja e dois copos logo entregando um pro mais velho.

- Você não parece bem.

- Eu não devia ter passado o telefone pra você.

- Nam. - leva sua mão até a do mais novo - Não foi sua culpa, você não sabia.

- Mas deveria ter uma noção...

- Nam... - deixa o copo de lado e se levanta seguindo até o castanho - Para de se culpar por tudo que acontece de ruim. Ou acha que não sei que o fato do cara ter fugido do show não te fez pensar que a culpa foi sua? - faz o menor o encarar - Não tenha medo das falhas. Eu confio em você. 

 


Notas Finais


E aí? Prestaram atenção? Não? Kkkkkk tô brincando
Então é isso amores
Até o próximo
Bjokas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...