1. Spirit Fanfics >
  2. Into You >
  3. Mal consigo respirar

História Into You - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oiee aproveite este capitulo e qualquer erro me desculpem. Vejo vcs no próximo sábado.

Capítulo 3 - Mal consigo respirar


Fanfic / Fanfiction Into You - Capítulo 3 - Mal consigo respirar

Wade on.

Eu não sei oque é mais desde a primeira vez em que o vi eu senti algo por ele. Eu nunca acreditei em amor a primeira vista mas se tiver algo a ver com a vista eu tinha uma privilegiada daquele ser de pura ternura, beleza e bunda, muita bunda, minha nossa! Eu não me importaria nem um pouco de fazer aquela bunda de travesseiro. Uma coisa é certa eu criei um amor por aquela raba'.

Se antes eu amava Educação Física, agora eu a venero pois se a cada vez em que formos para a quadra precisarmos ir para o vestiário nos trocar e eu poder presenciar aquele corpo só de cueca eu não me importaria de vim para essa aula nem se fosse feriado! E aquela boca maravilhosa e carnuda que ele tinha, ah! Só de pensar que eu poderia beija-la eu viveria mil anos esperando para poder beija-la. E era essa bendita boca que eu estava de frente neste exato momento eu queria tanto me aproximar só um pouco mais pra frente e toca-la, ''eu acho que eu estou ficando perdidamente pirado nesse baixinho'' pensei. Mas não cheguei a fazer oque pretendia, queria , mas não o fiz.


-Eu...Eu queria saber se...-suspirei encostando minha cabeça no armário ao seu lado. -Eu queria saber se eu poderia ter o seu numero de celular. -mentira, mas verdade, eu de fato quero o numero dele, mas naquele momento eu queria outra coisa, ele.
-Ahn?...Ah s-sim claro. -ele parecia confuso. Só não estava mais confuso do que eu por dentro. -Err...s-seu celular...
-Oque que tem?
-Eu preciso do seu celular pra te passar meu número. -disse como se fosse obvio.
-AH! Claro. -sai da posição que estava e tirei o celular do bolso o entregando. Ele logo digitou algo e me devolveu o celular. -Em hipótese alguma me mande mensagem ou me ligue de madrugada! -Ele disse sério
-Eu não prometo nada.

Guardei meu celular no bolso e saímos para ir para a quadra. Quando chegamos o pessoal estavam se alongando em duplas, como tínhamos nos atrasado nós dois ficamos juntos oque pra mim foi uma boa oportunidade para conversamos. Eu estava sentado segurando suas pernas enquanto ele fazia abdominais. -Então Petey me conte mais sobre você...
-Primeiro de tudo...meu nome é Peter, não Petey...segundo não estou afim...de falar sobre mim. -ele falava pausadamente no momento em que levantava.
-Então que tal usar sua linda boca para outros artifícios? -sorri sugestivo e ele revirou os olhos. -Da próxima vez em que você revirar os olhos e eu estiver segurando suas pernas, com certeza não será de tédio que você fara isso. -falei sussurrando com a voz rouca.
-WADE!!-gritou corado após terminar as abdominais e consequentemente chamando a atenção de todos presente. -cala a boca. -falou um pouco baixo mas audível.
-Na próxima que você gritar meu nome vai ser de prazer e eu só calo minha boca colando na sua. -pisquei ao final da frase e ele me encarou mortalmente.-Ok, ok entendi é você quem manda nessa relação.
-Perfeito! E nós não temos nenhuma relação.
-É oque você pensa Baby boy.
-Quer saber deixa pra lá. Sua vez. -nós invertemos as nossas posições. -O que foi?!-perguntou assim que eu comecei a sorri.
-Ah, nada de mais só estou feliz de poder admirar sua beleza.
-Idiota.-ele disse meio corado. Mas logo depois ele sorriu meio sarcástico enquanto balançava a cabeça. -Você é bem convencido, né?
-Ah, sabe como é né. Tenho que mostrar confiança na frente do meu crush'. -ri e ele também.
-E quem seria o seu 'crush'? -disse se fazendo de desentendido.
-Você! -falei firme parando as abdominais o encarando nos olhos profundamente .Ele se inclinou para frente na intensão de me responder se não fosse atingido por uma bolada e acidentalmente caindo sobre mim. -Ce' se deu corpo inteiro nisso. -eu perco os dentes mais não perco a piada. Mas não obtive resposta só um olhar intenso e um sorriso sincero brotando lentamente de seu rosto. Pareceram que se passaram horas a gente no nosso mundo, não existia mais ninguém naquele momento. Mas só se passaram poucos segundos e tive que nos tirar do nosso devaneio. -Tudo bem Petey?
-Ahn? Claro, claro, claro! T-tudo ótimo! -ele parecia envergonhado.
-Eu não queria mas estamos em local publico, tem como você... sair de cima de mim?-ele pareceu raciocinar um pouco.
-CLARO! -ele, num pulo, saiu de cima de mim corado. Eu ri da cena.

Infelizmente aquele dia terminou e quando eu cheguei em casa todo radiante eu atrai olhares curiosos de Al, minha avó, de Vanessa, minha prima que tenho como uma irmã mais velha .Ao passar pela porta da sala eu deixei um beijo na bochecha de Al e um abraço apertado na Vanessa oque as deixaram mais curiosas ainda quando eu sai cantarolando para o quarto.

Quando eu sai do quarto para jantar, elas me olharam estranho.
-Que foi?
-Você esta estranho! -Vanessa falou sem rodeios.
-Por acaso viu algum passarinho verde? -Al perguntou com uma pitada de humor em sua frase.
-Passarinho não, mas uma mata inteira se for para compara com ele! -suspirei ao lembrar do dona da minha mente nas ultimas horas  enquanto apoiava o queixo em minha mão.
-huuuum, Wade ta' apaixonado, Wade ta' apaixonado! -disse Vanessa batendo palmas.
-Esse dai? Ele se quer tem paixão a própria vida vai ter aos outros!
-Olha Al eu acho que Vanessa ta' certa.-
-Jesus tenha pena do coitado!
-Você é sempre positiva Al. -tinha sarcasmo na voz de Vanessa.

Elas ficaram tagarelando enquanto eu ficava perdido em meus pensamentos. Até o inicio da manha eu não acreditava em amor a primeira vista e essas coisas mas foi só eu bater meus olhos naquele ser que eu fiquei tão afim dele que mal consigo respirar e tudo que eu quero fazer, é ir com tudo.


Notas Finais


esse trecho final é uma parte da música Into You da Ariana Grande que por sinal é o mesmo nome da fic kk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...