História Into you (Jeno NCT) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Haechan, Jaemin, Jeno, Jisung, Mark, Personagens Originais, RenJun
Visualizações 174
Palavras 1.495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

Desfrutem desse cap

Capítulo 8 - Eight


Fanfic / Fanfiction Into you (Jeno NCT) - Capítulo 8 - Eight


                                                                                                                                       POV's Jeno ON

                                                                                                                             SEUL,05 NOVEMBRO DE 2019

                                                                                                                             07:30 AM 

» Eu ja havia me levantado e estava secando meus cabelos apos o banho, coloco meu uniforme que era preto e branco e pego meus materiais descendo rápido já que me encontraria com Jaemin para irmos juntos já que era seu primeiro dia, vejo meu pai sentado na mesa e perco até meu apetite pego uma maçã e ao me abaixar rápido demais sinto meus ferimentos doerem um pouco. 

 - Ai... - Digo em sussurro enquanto levo a minha mão em meu ombro. 

 - O que aconteceu com você? - Meu pai pergunta sem me olhar. 

 - Nada... - Digo me virando para sair.

 - Até quando você vai continuar me tratando assim? - Ele pergunta finalmente me olhando. 

 - No dia que você voltar a enxergar. - Digo e apenas saio batendo a porta. 

 Hoje não havia neve e as ruas estavam limpas demais, escuto alguém me gritar e cerro meus olhos para tentar ver quem era e era nada menos que Na Jaemin sorrindo, vou até ele correndo e vejo que Annie também estava ali. 

 - Bom dia! - Jaemin diz sorrindo. 

 - Bom dia... - Annie diz tímida como sempre. 

 - Bom dia! - Digo animado abraçando Annie de lado e tocando na mão de Jaemin. 

 - Você está animado hoje. - Annie diz rindo baixo. 

 - É porque eu estou aqui né! - Jaemin diz todo convencido. 

 - Ah claro... Na Jaemin meu deus supremo. - Digo fazendo ambos rirem. 

 Continuamos andando até a escola rindo e conversando aleatoriamente que nem parecíamos os mesmo chateados de ontem a noite, logo chegamos e entramos e vejo os olhares de muitas pessoas em jaemin. 

 - Olha só.. Todas te olhando. - Digo e ele abraça Annie que fica assustada. 

 - Isso é para elas saberem que eu só tenho olhos para a minha Annie. - Ele diz e logo me sinto um pouo estranho e por impulso puxo Annie para mim. 

 - "Minha Annie"? Ata! - Digo e logo escuto uma risada. 

 - Sem briga garotos a Annie é minha!  - Escuto a voz do garoto de ontem Renjun. - Você é o Na Jaemin né? Prazer sou Renjun o líder da nossa turma. 

 - Ah o prazer é todo meu! - Jaemin diz alegre. 

 Q.D.T 

 11:00 AM 

 - Uau essa escola é bem melhor do que a minha antiga! - Jaemin diz enquanto saboreia seu café. 

 - Eu gosto daqui só uma pessoa que eu odeio mas é tranquilo. - Annie diz. 

 - Tranquilo? Ele sempre abusa de você nessa escola. - Digo e ela abaixa a cabeça. 

 - Quem? - Jaemin pergunta. 

 - Aquele ali. - Renjun diz apontando para Chenle. 

 - Chenle? - Jaemin diz. - Eu conheço ele! 

 - O que? - Annie pergunta. 

 - Sim, ele é meu meio irmão. - Ele diz rindo. - Tipo a mãe dele é casada com meu pai, mas como eu moro com min ha mãe vejo ele raramente. 

 - Meu deus que horrivel... - Renjun diz. 

 - Mas ele faz algo com você? - Ele pergunta olhando para Annie. 

 - Na verdade ele só não gosta muito de mim... - Ela diz com certo receio. 

 - Mentira, ele coloca o pé para ela cair e varias outras coisas... - Digo olhando de relance para Annie e Jaemin suspira. 

 - Ele é um idiota com garotas mesmo, eu só sei que ele gostava de uma garota e ela não quis ficar com ele e ele ficou esse encosto. - Jaemin diz rindo. 


 Meio que agora eramos um grupinho já que Renjun demonstrou querer ser meu amigo e eu não neguei já que ele me ajudou, Annie estava estranha e parecia nervosa ela estava usando aquele cachecol hoje de novo e isso me dava um certo medo. 

 - Annie... - Digo puxando a mesma um pouco para trás enquanto os outros seguem caminho. - Podemos conversar? - Pergunto e ela assente. 

 Puxo ela para um local mais afastado e paro em sua frente e a mesma me olha seria. 

 - Diz... - Ela fala. 

 - Você está bem? - Pergunto e ela começa a mexer seus dedos. - Olha se foi por ontem, por favor me desculpe... 

 - Não tem nada a ver com ontem. - Ela diz sorrindo fraco. 

 - Mas algo aconteceu que eu sei. - Digo e ela olha para baixo. - Foi seu pai outra vez? - Pergunto sereno já que era um assunto delicado.

 - Não... - Ela responde seria. - Acho que isso pode se tornar um assunto mais delicado que meu pai ainda. - Ela diz sorrindo baixo. 

 - Quando você se sentir preparada me conte... - Digo passando meus dedos por sua bochecha. 

 Q.D.T 
 
 16:00 PM 

 - Então vocês trabalham juntos? - Jaemin pergunta malicioso. 

 - Sim. - Respondo enquanto andamos juntos até o café. 

 - Vou ficar lá agora o dia todo apenas para vigiar você com a minha Annie. 

 - Eu não sou sua. - Annie diz e Jaemin coloca a mão no peito. 

 - Nossa Anniezinha... 

 Começamos a rir com isso e eu ainda tinha para mim que Annie estava muito estranha mas estava evitando perguntar algo. 

 - Atrasados né! - Mark diz ao estrarmos. - Ai não! - Ele diz ao ver a peça Jaemin. 

 - Feliz em me ver? - Ele pergunta rindo. 

 - Não! - Ele diz serio. 

 - Ontem não era tanto amor? - Annie pergunta enquanto coloca seu avental. 

 - Era, depois dele me xingar. - Mark diz enquanto limpa o balcão. 

 - Ai tira esse rancor do coração. - Jaemin diz ainda provocando Mark. 

 - Ele vai jogar esse pano na sua cara, cuidado. - Digo rindo enquanto começo a separar os chás. 

 - Ok vou ficar quieto. - Jaemin diz indo se sentar. 

 Eu e Annie começamos a preparar tudo rapidamente já que esse horário no inverno era o de mais movimento no café, Annie por vezes passava ao meu lado sorrindo enquanto Mark estava no caixa enquanto ficava discutindo com algum fornecedor. 

 - Acho que hoje ele está meio bravo. - Annie diz rindo. 

 - Você acha? - Pergunto e ela ri deixando o café quente cair em sua mão. 

 - Ai! - Ela grita e logo seguro sua mão levando até embaixo da torneira gelada. 

 - Mais cuidado Annie! - Digo e ela abaixa a cabeça. 

 - Desculpa... - Ela sussurra. 

 - Não precisa pedir desculpa. - Digo sorrindo e ela se vira para me olhar e ficamos nos olhando por um momento. 

 - Jeno! - Mark grita atrapalhando esse momento incrível. 

 - A Annie se queimou. - Digo soltando a mão de Annie e Mark pira. 

 - Oh meu Deus! - Mark diz correndo para a área de funcionários. - Passa isso e fica no caixa que eu cuido da sua parte. - Ele diz entregando uma pomada. 

 - Vem cá... - Digo puxando Annie para dentro da área de funcionários. - Só um minuto Mark. - Digo e ele assente. 

 Puxo ela até um banco próximo e faço a mesma se sentar enquanto abro a pomada, pego sua mão e seguro delicadamente e passo a pomada e ela fica me olhando o tempo todo. 

 - Eu digo para ter mais cuidado porque eu me preocupo com você... - Digo e vejo o rosto da mesma corar. 

 - Eu também me preocupo com você... - Ela diz me olhando e logo paro lhe olhando também. 

 - Acho que precismos ir... - Digo guardando a pomada e ela assente. 

 POV's Annie ON 

 Eu estava me apaixonando cada vez mais por Jeno e isso estava me matando, quanto mais eu queria fugir desse sentimento mais eu estava dentro dele. Saímos e logo Mark vem até mim pegando em minha mão. 

 - Está melhor? - Ele pergunta. 

 - Sim, sim... - Digo sorrindo. - Obrigada. - Digo e logo olho para Jeno que estava me olhando. 

 Vou para o caixa como o Mark insistiu e vejo Jaemin se aproximando e sorrindo para mim. 

 - Eu vi que você se machucou... - Ele diz olhando para minha mão. 

 - Foi apenas um susto não se preocupe. - Digo e ele sorri. 

 - Tome mais cuidado não quero te ver machucada. - Ele diz tocando minha bochecha. - Eu também quero pagar o meu café. - Ele diz tirando o dinheiro. 

 - Ah claro. - Digo e ele ri. 

 Cobro e Jaemin pisca saindo e se senta em sua mesa outra vez, começo a rir baixo pelo modo que ele estava andando e olho para Jeno que preparava um cappuccino totalmente focado, a beleza de um Jeno quieto era inexplicável. Seus cabelos que eram extremamente negros realçavam sua pele branca e ele mantinha uma expressão tranquila mas ao mesmo tempo parecia sempre estar bravo e isso era realmente muito atraente porem quanto mais atraente e quanto mais meu coração doía eu dizia a mim mesma para fugir disso.  


Notas Finais


bjosss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...