História .inútil. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Haechan
Tags Centric!au, Nct Dream, Nct127
Visualizações 28
Palavras 429
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drabs

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


:c eu só queria superar.

Capítulo 1 - ;; Hoje...



Hyung, o que eu tenho de errado? 

Você me usa, abusa, faz de mim o que quer; temos uma noite maravilhosa, fazemos juras de amor, porém, em seguida, você não está lá. 

  Eu estou sempre de braços abertos, te recebendo, te amando, te aconselhando; estou sempre ativo, louco para te ajudar, louco para te dar carinho. Eu estou sempre aos seus pés. 

 Porém você não me quer. Ou diz que quer, mas não quer. 

 Porquê você diz coisas enquanto estamos juntos e depois finge que não me conhece. 

Tem vergonha de mim? 

Eu sei que não sou o mais bonito, o mais talentoso, ou até mesmo, o mais magro. Eu sei que não sou alguém de se orgulhar, quando está do lado, mas... Por quê, hyung? 

Eu me esforço, me viro e reviro por você. Estou sempre aos seus pés, pedindo-lhe desculpas por coisas banais, que talvez eu nem tenha feito. Isso tudo por medo de te perder. 

Por que faz isso? Por que insiste em me culpar por todas as brigas? Por que me culpa por não ser o suficiente? 

 É por aquele "não" que eu lhe disse, enquanto nos agarravamos? É por aquele dia, em que eu não quis lhe beijar de maneira maliciosa? 

  Hyung, eu só queria te dar carinho, mas você preferia abusar de meu corpo. E eu deixei, para te agradar. 

Nós sempre brigamos, e eu nunca sei o motivo. Mas, a culpa é sempre minha. 

Quando tento me livrar, você faz promessas bonitas e lá estou eu denovo. Louco e trouxa por você. 


Um dia eu acordei e lhe deixei de vez. 

Mas as lembranças ainda continuam aqui. 

Hoje, eu me sinto sujo; sujo pelas suas mãos, que percorriam meu corpo e tomavam a liberdade de violar, por dizer ser seu. 

Hoje eu tenho medo.

Hoje eu me reprimi.

Hoje eu não acredito no amor verdadeiro, pois me lembro dos seus "irei te amar para sempre"; pois me lembro da maneira que me tratava. 

Hoje eu guardo para mim, as vezes em que disse que eu não fazia nada por ti; as vezes em que jogou na minha cara que eu nunca fui o suficiente. 

E, talvez, pelo fato de estar sozinho, seja a verdade. 

Hoje eu te vejo com outro e sinto pena dele, espero que não esteja passando pelo o mesmo. 

Hoje eu só queria superar. 

Hoje eu simplesmente, queria poder me entregar a alguém sem medo de ser violado outra vez; sem medo da agressão verbal; sem medo do abandono. 

Hoje eu só queria esquecer as sequelas que você deixou em mim. 




 



Notas Finais


Tomem cuidado com os relacionamentos abusivos, as sequelas psicológicas são bem maiores do que as pessoas imaginam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...