1. Spirit Fanfics >
  2. Invader zim or invader witch? >
  3. The rescue

História Invader zim or invader witch? - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - The rescue


Zim narrando

Essa humana não para de se debater, sinceramente já está começando a me irritar, ela não vai usar seus poderes para escapar? Estranho. Se ela é tão poderosa, porque não usa logo seus poderes? Eu preciso estudar mais sobre essa garota.

—Você quer um pastel? Você quer? Você queeeeeer?

Gir estendeu um pastel na frente da cara dela e eu peguei aquele pastel e joguei pra longe, quantas vezes eu vou ter que repetir pro Gir que não é pra ele ser legal com os nossos inimigos?! Mas isso não importa, depois de passar pelos meus pais robóticos eu tiro o meu disfarce, ainda sem soltar a Garota e Bersak parecia bem chocada no começo mas rapidamente se acostumou com a ideia de que eu sou um Irken. Eu me aproximo da privada e Gir para do meu lado tirando o disfarce de cachorrinho.

—É aqui que você vai ficar humana.

—Uma privada? Nojento.

—quieta!

Como ela ousa insultar a minha forma mais eficaz de esconderijo? Não importa, eu vou entrando na privada e tento encaixar Bersak do meu lado, a patética criatura parecia enjoada ao estar dentro da minha privada, mas logo melhorou seu estado depois de logo estarmos descendo. Ela olhou para os lados com um olhar curioso e então eu a joguei com força na maca e rapidamente eu coloquei um monte de fios colado na cara e no corpo dela, e Gir colocou um adesivo de porco na bochecha dela.

—Oque... pra que isso?

—"Isso" humana insolente, é a mais avançada tecnologia Irken, uma tecnologia invejada por inúmeras civilizações que vão descobrir a causa e o estado desse seu... "poder".

—Eu me referia ao adesivo de porquinho.

—Ah isso? O Gir ta em uma fase de colocar adesivos de bichinhos em todo lugar, liga não.

—Eles são bunitinhos!

Gir sorriu com a lingua pra fora e eu só empurrei ele pro lado enquanto ia ver oque as telas tinham pra dizer sobre ela mas... isso era estranho, os resultados estavam bagunçados, parecia que nada do que eu fazia ajustava máquina... que estranho, será que era ela quem tava fazendo isso? Espera Zim... pense bem, se ela não teve força nem pra fugir então ela certamente não teria força pra controlar o computador pra alterar os resultado da pesquisa. Mas é melhor eu interrogar ela primeiro antes de tirar qualquer conclusão precipitada.

—Escuta garota, eu tenho algumas-

Mas que droga! Ela fugiu! Eu olho pro Gir e começo a balançar ele.

—Cade a garota!?

—Ela? Bem... ela disse que precisava usar o banheiro.

—Gir seu cabeça de cocô! AQUI NÃO TEM BANHEIRO!!!

ele ficou um tempo em silêncio e depois virou a cabeça pro lado.

—Porque?

Ok, eu não tenho tempo pra isso, eu tenho que achar a garota e trazer ela aqui devolta não importa o custo! Eu corro até o computador e digito bem rápido tendo acesso as câmeras de segurança, e ela está no meu sofá comendo um pastel, essa garota tem muita ousadia! Ficar aqui depois de ter a chance de poder fugir é muita burrice! Mas é claro. Oque o poderoso Zim poderia esperar desses humanos nojentos e FEDIDOS! Mas não importa, eu subo pelas paredes com o meu pak e chego até a sala onde ela assistia tv.

—Sua humana nojenta! Oque pensa que está fazendo?!

Ela olhou pra mim com aquele olhar de peixe morto mas dessa vez ela sorriu pra mim como se não tivesse feito nada demais.

—apenas assistindo o programa da porquinha feliz. Aproposito! Quer um pastel? O Gir que fez estão deliciosos

Eu jogo o pastel pra longe em um acesso de raiva e aponto o dedo na cara dela.

—Quem você pensa que é pra zombar da cara do grandioso Zim?!

Ela apenas sorriu mais ainda e andou passando por mim e parando.

—Tá afim de fazer uma pequena aposta?

●●●●●●●●●●●●●●●●●●

Dib membrana

Eu andava correndo até a casa do Zim carregando minha maleta e com a cara mais fechada do que uma porta, esse Zim é mesmo um safado! Imagino os experimentos que devem estar fazendo com a coitada da Bersak! Deve estar fazendo algum experimento maluco ou até mesmo injetando líquidos duvidosos no sangue dela! Eu preciso chegar lá o mais rápido possível, eu corro passando pelo jardim e começo a bater freneticamente na porta, se esse filho puta não me atender agora ele vai se arrepende e muito.

—Zim! Abre essa porta agora e deixa a Bersak ir agora!

Não ouvi nada e antes que eu pudesse me virar eu ouço um grito feminino, parecia ter sido a Bersak! Ok.... eu vou arrombar essa porta em 3...2...1... agora! Eu arrombei a porta e entrei correndo e quando Eu pude ver...

—Isso não vale! Isso é trapaça!

—Você só tá falando isso porque ta perdendo, seu bebê chorão.

Eles estavam jogando twister? Como assim? Bersak estava em cima do Zim com o braço ao redor dele e Zim estava em uma pose surreal com o seu pak com as pernas de metal em várias cores, quando Bersak olha pra mim ela sorriu mas seus olhos ainda não mostravam nenhum brilho.

—Oi Dib! Agente tava jogando, quer me ver derrotando o Zim no twister?

—Há! Me vencendo? Que piada, o grande zim jamais perderia para uma porca imunda como-HAHAHAHA NÃO NÃO NÃO PARA!!!!

Bersak fazia cosquinha nele e ele caiu em um movimento rápido, ofegante o zim se levanta e Bersak sai de cima dele obviamente se vangloriando da sua Vitória, mas eu só estava com raiva e ela saiu andando e eu segui ela e nos saímos indo até a casa dela, mas ela parecia estar com raiva depois que entrou.

—Oque aconteceu me deixou estressada.

—Olha eu não ia falar nada mas... eu tentei te avisar sobre o Zim.

Eu fecho a porta e logo quando me viro eu levo uma travesseirada na cara.

— Não!você! Eu to estressada com você!

—Pera ai comigo? Eu só tava tentando ajudar!

—Você não confia que eu posso me cuidar sozinha, Eu tenho 14 anos, do conta de um alienígena.

Ela vai até o sofá e senta cruzando os braços e parecia bem chateada, acho que pisei na bola...

—Eu sei que você só tava querendo me proteger mas eu não preciso de um herói , preciso de um amigo.

Eu me sento ao lado dela e coloco a mão no ombro dela, e nós sorrimos um pro outro, acho que nós seríamos bons amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...