1. Spirit Fanfics >
  2. Invasor Zim vs Zilak >
  3. A festa na casa do Keef.

História Invasor Zim vs Zilak - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


a ideia para esse capítulo não é totalmente minha, eu peguei essa idéia de uma fic que eu li, espero que gostem.

Capítulo 9 - A festa na casa do Keef.


Fanfic / Fanfiction Invasor Zim vs Zilak - Capítulo 9 - A festa na casa do Keef.

(Zilak on)

Eu estava na escola conversando com o Dib e a Gaz sobre alguma coisa que eu não me lembro bem mas o importante é que quando estavamos no meio da conversa um garoto chegou perto de nós, Keef era o nome dele eu acho.

Keef- Olá! Eu sou o Keef quero convidar vocês para a minha festa lá em casa, vocês vão vir?

Eu- Acho que sim, e você Gaz?

Gaz- Talvez, Dib?

Dib- acho que eu vou.

Keef- Obrigado te vejo lá!

Então ele saiu para convidar os outros da sala e voltamos a falar sobre aquilo.

Eu- Então vocês vão realmente pra casa do Keef?

Dib- Não sei se vou mesmo.

Gaz- Eu não vou.

Eu- Por que?

Gaz- To sem vontade, e você?

Eu- Sei lá.

Dib- Bem eu tava falando sobre a existência de um multiverso.

Eu- E é real, nós irkens já descobrimos da existência de um multiverso e vários outros.

Dib- Como assim vários outros?

Eu- Olha... existe uma infinidade de multiversos cada um de realidades diferentes. E também existe uma central desses universos que da para entrar em cada um deles.

Dib- Mas dá para entrar nessa central?

Eu- Nós irkens sabemos da existência mas não conseguimos assessar, estavamos perto disso mas o ESTÚPIDO, o LIXO o MERDINHA do Zim destruiu as pesquisas matando toda a armada.

Dib- Nossa você realmente odeia o Zim.

Eu- É normal odiar alguém depois dele ter estragado sua vida.

Gaz- Que papo de nerd o de vocês.

Eu- É... Talvez seja.

(Quebra de Tempo)

Nós estávamos indo para a casa do Keef e quando digo nós é só eu e o Dib a Gaz não veio porque não quis, estávamos andando até o endereço que estava no convite que o Keef nos entregou na escola e quando chegamos perto de uma casa com um monte de luz de festa fomos ver se era a casa e era mesmo. Quando fomos apertar a campainha percebemos que o Keef... MORAVA EM UMA MANSÃO!!! Bem, apertamos a campainha e fomos recebido pelo Keef que disse pra agente entrar e assim fizemos. Algumas pessoas disseram falaram conosco e entramos.

Todo mundo estava lá até o Zim que estava num canto da parede bebendo alguma bebida Irken e eu fui pra cozinha ver se tem algo com açúcar pra eu comer, cheguei lá e fui na geladeira ver se tem algo.

Eu- Vamos ver se tem alguma aqui.- Disse abrindo a geladeira.

Tinha algumas coisas lá como suco, alguma coisa que tinha um rótulo escrito "Fanta" e uma latinha que tinha escrito "Skol" que eu peguei.

Eu- O que é isso?

???- É melhor você não beber.

Eu- ETA PORRA!!!

Keef- Não queria te assustar cara, é melhor não beber isso aí.

Eu- Porquê?

Keef- É cerveja tem álcool cara.

Eu- Álcool?

Keef- É um treco que faz você ficar doidão e tem um gosto horrível.

Eu- Ata, então o que tem pra comer?

Keef- Tem um pacote de rosquinha alí no armário.- Falou apontando para um armário de comida.

Eu- Oh, eu vou lá pegar.- Disse pegando o pacote.

 Keef- Tudo bem obrigado por vim na festa.

Eu- De nada?

Ele foi embora e eu fiquei comendo as rosquinhas até que ouvi um barulho estranho na sala e então eu fui lá e chegando lá vi que estavam formando um círculo com algo rolando no meio e então como sou curioso fui lá ver o que era.

Quando entrei no círculo vi o Dib apanhando para alguém e esse alguém era o Zim e todo mundo tava gritando.

Todos- BRIGA! BRIGA! BRIGA!

Eu- O que está acontecendo?

???- Zim xingou a mãe do Dib e agora eles estam brigando.

Eu- Vô separar!

Então eu entrei no meio e parei a briga entre os dois.

Eu- Parem já com isso! Vamos embora Dib!

Dib- Tá bom eu vou.- Então agente foi embora até ouvir o Zim.

Zim- Seus frangotes! Estão com medo do poderoso Zim!

Eu- Ele ne chamou de que?-Então eu fui pra perto do Zim esmurrar aquele nogócio que ele chama de cara.

Eu- Tu me chamou de que arrombado?!

Zim- Frangote! Não ouviu não?

Eu- SEU FILHO DA PUTA!

Então eu dei um soco na cara dele que retribuiu com uma rasteira fazendo eu cair no chão e ele ficar me batendo até eu quebrar um prato que estava perto na cabeça dele que fez sangrar mas não desmaiou ele como eu imaginava então eu dei um chute na cara fazendo ele parar de me bater e sem querer ativar suas garras e todo mundo ver.

Zim- Merda...

Eu- Se fudeu!

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...