1. Spirit Fanfics >
  2. Invasores >
  3. O contato

História Invasores - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - O contato


Fanfic / Fanfiction Invasores - Capítulo 5 - O contato

Depois de dias estudando conseguem fazer um drive semelhante com a nossa linguagem porém um pouco travado e colocam nele:

-"Sou Acgne, um dos scorpcianos não scorptianos como vocês dizem, um dos contra o governo e ideologia Scorpciana, acompanho seu planeta fazem muitos anos, acompanhei a extinção dos dinossauros até grandes guerras, Scorpcianos implantaram o ideal de ódio e totalitarismo no seu planeta, durante mais de 170 anos vi que sua raça é diferente, que não se dá por vencida em hipótese alguma e começamos admirar vocês."

Fico desconfiado e pergunto:

-"Um dos contra? Começamos? O que está acontecendo aqui? Como você ficou assim todo robótico? E como podemos confiar em você?".

-"Contra é como nós denominamos os rebeldes que querem derrubar o governo de Scorpt, eu só estou do lado de vocês só que indiretamente e temos mais um exército de rebeldes, meu corpo foi destruído depois de mim tentar proteger meus companheiros de uma bomba, meu pai vinha trabalhando em um projeto robótico e me usou para testar, deu certo, desde que tentei ajudar meus companheiros há anos atrás sou tratado como lixo e sem honra, no meu planeta isso de ajudar as pessoas mostra que você não forte o bastante para a raça, eu sei como é ser um rato de laboratório com um cientista louco."

Sem pensar muito respondo:

-"hm entendo, você deve estar do nosso lado mas até provar não soltaremos você."

-"eu conheço bem eles e vocês tem as armas, posso ajudar vocês e depois voltar para meu planeta e nunca mais vamor vir para cá."

-"Uma oferta tentadora, terei que pensar."

Após pensar por alguns dias soltamos ele e ele está nos ajudando, disse suas fraquezas o ponto mais fraco são seus olhos, onde poderemos atirar e cegar eles, e que também emitem um som como se fosse ecolocalização para avisarem que vão atirar e não ficar nenhum muito perto, isso nos ajudará a saber quando vão atirar, felizmente esse som é bem fácil de se ouvir, as ondas vibram conforme a velocidade que possamos escutar, supostamente criei um laço de amizade com esse "ciborge".

-"vou te chamar de peep."

-"mas porque?"

-"o pseudo-nome de cantor que eu gostava muito."

-"cantor? o que seria isso?"

-"no seu planeta não tem música?"

-"não sei o que seria isso"

-"música é um conjunto de sons que formam uma coisa agradável que pode nos acalmar ou deixar com raiva, te mostrarei ainda se eu achar algo para tocar."

-"ah sim, tudo bem e obrigado pelo nome, Acgne foi o governo que deu, eu odiava."

-"bom, pelo menos mudou de nome né?"

-"sim, obrigado de novo."

-"até que pra um deles você é bem educado."

-"eu praticamente convivi com seu povo a quase minha vida toda."

-"então quantos anos você tem?"

-"876"

-"O QUE?"

Fiquei muito surpreso com o relato.

-"nós vivemos por cerca de 900 anos ou até nossa fonte de calor acabar."

Logo penso "uau esse cara é bem interessante, mas agora preciso saber dos rebeldes."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...