História Inversamente Proporcional - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Ladybug, Ladynoir, Marichat, Miraculous
Visualizações 73
Palavras 561
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vai ter o dois ainda hoje
acalma a alma

Capítulo 3 - Um dia de neve pt.1


Fanfic / Fanfiction Inversamente Proporcional - Capítulo 3 - Um dia de neve pt.1

 

-MARINETTE, já está chegando o Natal!

-Sério tikki?- Bocejo- Nem parece, as aulas continuam chatas como sempre.

-Anime-se mais Marinette, talvez no natal seu coração se abra mais e coisas boas possam acontecer.

-Vou tentar ser positiva, mas deixando claro que eu odeio o frio e por causa dessa neve boba a gente vai pra escola, e ainda tem mais! Só a minha sala que vai por causa que tinha prova hoje... AAAA eu queria ficar em casa

-Vai Marinette, você sabe que a vida não é facil.

Marinette veste uma roupa diferente do casual, colocou uma calça preta e uma bota marrom, uma blusa branca e um suéter azul escuro, alem de suas luvas, e touca pretas. Marinette definitivamente odiava o frio.

Bem distante

Hoje por outro lado, Adrien conseguiu acordar cedo, colocou a roupa de sempre exceto pela blusa branca e o enorme casaco preto que estava usando, na verdade aquela casaco Ladybug havia dado para Chat Noir em um dia de patrulha que também estava frio, Adrien resolveu usa-lo e nem imaginou o que aconteceria neste dia por conta desse casaco.

Armados e prontos para o frio os dois pombinhos vão para a escola, morrendo de sono e frio.

Saindo de casa, Adrien percebeu que estava em época de neve, neve... Como Adrien amava neve... A neve neutralizava toda a dor de não ter  os sentimentos correspondidos de Marinette, mas ele era persistente, e iria ter o que ele queria.

Chegando na escola todos entraram. Ao chegarem na sala ficaram conversando e batendo papo.

-Eai minha gatinha?

-Para com isso Nino- ela sussurrou- Não fala esse apelido aqui na escola... - disse Alya

- ALYA CÉSAIRE! Tem alguma coisa que você não me contou??? - Marinette diz com raiva, muita raiva.

-Porra Nino, ahmm Marinette... Então meio que eu e o Nino estamos... Namorando?

- Eu não acredito que você não me contou! Mas mesmo assim PARABÉNS! Vocês são meu Otp!

Adrien pergunta baixinho para Marinette- Mari... o que é otp?

Marinette ia responder como sempre respondia, só que quando abriu a boca para falar tropeçou em suas palavras:

- É-É otp é tipo... tipo quando você gosta de shippar os outros mas tem... tem... tem um shipp que você shippa mais que os outros, entende? Em russo é One True Paring.

-Mari... haha, não seria em inglês? - disse Adrien rindo da Marinette atrapalhada que ele não conhecia.

-Aaa, desculpa - disse Marinette com vergonha, ela não era de se atrapalhar tão facilmente

Justo quando nossos shipps estavam se entendendo a professora entrou na sala, a essa altura a aula deveria ter começado faz uns 30 minutos.

-Bom dia alunos, tivemos um pequeno probleminha. A prova foi cancelada...

A sala inteira começou a gritar e manifestar sua alegria.

-Porém a neve cobriu as entradas da escola, estamos presos, e ainda esta caindo neve, ou seja o volume vai dobrar, teremos que esperar até a neve derreter.

-Mas professora, não da pra ligar pra alguém vir tirar?

- O sinal dos celulares não chegam, a neve bloqueou toda nossa comunicação. Como um pedido de desculpa por esse inconveniente vocês podem andar pela escola para caso alguem sinta claustrofobia ou algo parecido, as portas da lanchonete também estão abertas caso alguem tenha fome.- Após dizer isso a professora saiu deixando uma sala confusa e em choque.

-Então... estamos presos?

 


Notas Finais


bom dia meus fãs do gatinho mais amado de Paris, e do Brasil tmb
VALEU POR CHEGAR ATE AQUI
ENOIS
você é pika
igual o pikachu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...